O que o seu time vai fazer no Draft – Parte 2

Depois de apresentarmos as necessidades dos oito primeiros times a selecionarem no Draft 2014, que acontece entre os dias 08 e 10 de maio, chegou a hora de darmos sequência na análise para o que cada franquia precisa reforçar com os jovens talentos da NFL.
Agora é a hora de Bills, Lions, Titans, Giants, Rams, Bears, Steelers e Cowboy.
9° Buffalo Bills (6-10)
Principais necessidades: LB, TE, OL
Anthony Barr durante o Combine (CowboysBlog)

Os Bills tiveram quatro jogos perdidos por uma pontuação ou menos. Mais eficiência na defesa imediata, pareando um excelente prospecto como Anthony Barr com Kiko Alonso, uma das maiores surpresas do Draft do ano passado, pode levar o time aos playoffs. Arranjar um complemento para Scott Chandler, que teve somente dois touchdowns e um jogo com mais de sete recepções. Caso escolha adereçar a linha ofensiva, ainda haverão Taylor Lewan e Zack Martin na jogada sendo o último uma das apostas mais seguras desse Draft.

Os Bills só não possuem uma escolha no 6° Round desse Draft e não possuem nenhuma escolha suplementar, mas isso não os impede de tentar uma Big Play e tentarem subir na classificação, quem sabe tentando garanti Khalil Mack antes de alguém que possa pegá-lo. Pra melhorar Khalil Mack é da Universidade de Buffalo, então esse movimento faria todo o sentido, inclusive para o jogador.
10° Detroit Lions (7-9)
Principais necessidades: CB, WR e S
Detroit assinou com Golden Tate, então Megatron ganhou um desafogo grande na função, já não dá mais pra botar dois jogadores em cima dele e deixar o resto no mano a mano, porque Golden Tate liderou a lista dos jogadores que ganharam jardas após o primeiro contato. O que isso indica é que os Lions só devem pensar em WR na 3° ou 4° rodada, deixando a primeira e segundas para reforçar a posição em que foram mais vulneráveis ano passado: Cornerback.
Justin Gilbert é o nome que os Lions querem: ele corre 40 jardas em 4.35 segundos. Ele é um dos melhores prospectos dessa turma, tendo grande habilidade de cobertura. Encaixado no sistema certo, pode transformar o jogo.
11° Tennessee Titans (7-9)
Principais necessidades: S, DL, QB
A defesa dos Titans ano passado foi uma das melhores da liga, apesar de inconstante, e não fosse a lesão de Jake Locker, que vinha jogando bem e dava um dinamismo maior que Ryan Fitzpatrick, quem sabe os Titans pudessem ter chegado aos playoffs. O que os Titans devem correr atrás agora é do melhor safety disponível, para dar maior profundidade e não deixar o cobertor tão curto.
Calvin Pryor deve ser a primeira seleção entre
os safeties disponíveis no Draft 2014 (Eagledelphia)

Para essa função Calvin Pryor é a melhor opção disponível. O free safety de Louisville ataca com ferocidade e é excelente contra a corrida. Caso os Titans ainda pensem em fortalecer sua linha de frente a melhor opção é Aaron Donald, de Pittsburgh. Ele chamou bastante atenção nos Combines devido a sua velocidade e nos confrontos 1 a 1 era imparável. É uma boa decisão nesse ponto do Draft também.

12° New York Giants
Principais necessidades: LB, CB, OL
A defesa dos Giants vem sofrendo uma queda de qualidade nos últimos anos depois da ida ao Super Bowl, após uma recuperação fantástica. Isso se deve, em parte, a defesa que vem perdendo peças para lesões e agora para o Free Agency, como a saída do ícone Justin Tuck para os Raiders. É necessário uma renovação e os Giants devem trabalhar nesse sentido.
CJ Mosley pode ser a solução. O linebacker de Alabama ganhou o prêmio de Defensor do Ano da divisão onde joga o Alabama. Além disso, ganhou o BCS National Championship em 2012 e 2013. O currículo do rapaz é extenso, assim como o potencial para profissional, Giants estão conseguindo uma barbada aqui. Se alguém de seu talento chegar a esse ponto, dificilmente passará.
13° St. Louis Rams (7-9)
Principais necessidades: OL, WR e S
Depois da escolha do ano passado de Tavon Austin, os Rams já garantiram seu recebedor de slot, além de uma arma nos retornos. Parece fazer todo sentido a escolha de um alvo nos lados do campo, um wide receiver forte e que tenha a capacidade de disputar bolas no alto e que possa contribuir para desafogar Sam Bradford.
Mike Evans é apontado como a razão do sucesso de Johnny Manziel, por ser um alvo confiável, que busca as bolas mais difíceis com mãos potentes e potencial de ser alvo de redzone. É o cara pra mover as correntes do Rams. Não tem a mesma velocidade de Demaryius Thomas, mas tem o porte pra ser um jogador do seu estilo.
14° Chicago Bears (8-8)
Principais necessidades: DL, S e OL
Aaron Donald é o jogador para os Bears (NFL)

Os Bears perderam Julius Peppers para Green Bay, mas responderam e trouxeram Jared Allen, o monstro de Minnesota. Mesmo assim a defesa está longe de ser a boa defesa de 2012, que ajudou o time aos playoffs. Chicago precisa refazer sua linha de defesa e começar uma renovação nessa área, já que é uma das mais idosas da liga.

Para garantir uma maior velocidade de chegada ao quarterback, assim como força para parar a corrida, Aaron Donald é o jogador que os Bears precisam. Ele formaria um duo daqueles com Allen, pra não deixar Aaron Rodgers muito tranquilo, assim como os outros QBs da NFC Norte.
Uma outra alternativa seria se proteger contra o passe e Ha Ha Clinton-Dix é o melhor prospecto de safety sobrando. Ele não é o melhor interceptando passes, mas possui o talento para cobertura e tackle que você precisa no fundo da defesa.
15° Pittsburgh Steelers (8-8)
Principais necessidades: OL, S, CB
Os Steelers são um time envelhecido, assim como os Bears. Troy Polamalu, um dos ícones do time, completou 33 anos dia 19 de Abril e já começa a dar sinais de cansaço. Big Ben também tem sofrido muito com uma linha ofensiva devastada por lesões. Proteger o nome da franquia deve ser uma das prioridades aqui.
Taylor Lewan é visto como um Left Tackle com tamanho e agilidade (apesar de não ser
considerado o mais físico dos LTs disponíveis) para um esquema com muita movimentação, onde há bloqueio de zona, como os Steelers podem se adaptar e melhorar no quesito. Podem ser também um dos destinos de Ha Ha Clinton-Dix, visando dar uma folga maior a Polamalu.
16° Dallas Cowboys (8-8)
Principais necessidades: DL, CB, S
O time mais pressionado pelo o Salary Cap, os Cowboys precisam de um novo nome na linha de frente depois da saída de Demarcus Ware para os Broncos. Analistas dos EUA apontam a necessidade de garantir alguém para cobrir esse vácuo deixado por Ware. Outras posições devem ser cuidados depois disso.
Aqui os Cowboys tem uma decisão a fazer: com as maiores estrelas já fora do alcance, eles podem dar uma chance a Kony Ealy, Defensive End de Missouri para encaixar na sua defesa 3-4, a qual ele já tem experiência ou então cuidar de Safety, uma posição que tem sido o inferno dos Cowboys nos últimos anos e alguns podem dizer que é um dos principais motivos do America Team não ter participado dos últimos play-offs. Caso não siga nessa direção, adivinhem, quem pode ser escolhido? Isso aí: Ha Ha Clinton-Dix.
Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários