Prévia da temporada 2014: Atlanta Falcons

Confira o que esperar do Atlanta Falcons na temporada 2014

Draft
Jake Matthews – OL
Ra’Shede Hageman – DT
Dezmen Southward – FS
Devonta Freeman – RB
Prince Shembo – LB
Ricardo Allen – CB
Marquis Spbruil – LB
Yawin Smalwood – LB
Tyler Starr – LB
Estatísticas em 2013 (Média por jogo)
Jardas aéreas 265.2      (7º)
Jardas terrestres  77.9      (32º)
Jardas aéreas cedidas 243.6     (21º)
Jardas terrestres cedidas 135.8     (31º)
Líderes em 2013
Passe Matt Ryan  – 4515 jardas
Jogo corrido Steven Jackson – 543 jardas
Jogo aéreo Harry Douglas – 1067 jardas
Jake Matthews foi a 1º escolha no último Draft

Jake Matthews foi a 1º escolha no último Draft

O Atlanta Falcons foi sem sombra de dúvida a maior decepção dos times da NFC: começou a temporada como um dos favoritos a estar no Super Bowl, terminou com uma campanha pífia de apenas quatro vitórias em 16 jogos. Como explicar tamanho fiasco? A primeira e mais lógica justificativa que vem em mente é como o time foi perdendo peças fundamentais ao longo do ano por conta de lesões. Certamente as contusões dos WRs Roddy White e Julio Jones, do RB Steven Jackson e dos LBs Sean Weatherspoon e Kroy Biermann contribuíram demais para o fraco desempenho. Mas a análise deve ir além disso.

Pressão. Essa é a palavra que melhor resume a temporada dos Falcons. O time foi um dos piores da liga na batalha das trincheiras: terceiro pior equipe em tackles no QB adversário (32) e o décimo que mais sofreu sacks (44).  Não é a toa que a prioridade número um dos Falcons nessa offseason foi arrumar a linha ofensiva. O time trouxe Mike Tice como novo coordenador de linha ofensiva, ele foi o principal responsável por ajeitar a linha do Chicago Bears ano passado.  Além dos jogadores que lá estão, Tice terá os reforços do RT Jake Matthews, um dos melhores prospectos do último Draft, além do consistente RG Jon Asamoah, ex-Chiefs.

Certamente Matt Ryan terá mais tempo para lançar, resta saber se terá seus alvos favoritos a disposição. Roddy White sofreu o ano todo com pequenas lesões, Julio Jones se contundiu na semana 5 de 2013 e não voltou mais.  Saudáveis, devem melhorar significantemente o ataque do time ao lado de Harry Douglas, wide receiver que foi espetacular na ausência das duas grandes estrelas na posição. O jovem deve ser titular no slot mesmo com os dois em campo, pois o lendário TE Tony Gonzalez  anunciou aposentadoria após 17 anos como profissional.

O principal questionamento desse ataque é no jogo corrido. Steven Jackson chegou com status e salário de um running back de elite, mas prática não foi o que o torcedor dos Falcons viu. Jackson vinha de oito anos seguidos com pelo menos mil jardas quando defendia o St. Louis Rams, conseguiu miseras 543 em seu primeiro ano em Atlanta. A principal justificativa de S-Jax foi que uma lesão na coxa o atrapalhou a temporada toda, mas a verdade é que a idade (31) já está pesando para o RB. Por via das dúvidas, a franquia draftou o promissor Devonta Freeman, que será backup de Jackson ao lado de Jacquizz Rodgers.

Jackson veio do Kansas City Chiefs

Jackson veio do Kansas City Chiefs

Os Falcons também trabalharam para aumentar o número de sacks para 2014, trouxeram reforços principalmente na linha defensiva. Embora nada explícito publicamente, Atlanta trocará o sistema defensivo para 3-4 na maioria dos snaps, a chegada de reforços acostumados com esse esquema é um indicativo disso.   O DE Tyson Jackson, ex-Chiefs, vai  fazer dupla com Jonathan Babineaux, junto  também  com o NT recém-contratado Paul Soliai, ex-Dolphins.  Com a mudança, Jonathan Massaquoi e Osi Umenyiora devem ser deslocados para OLBs na maioria dos snaps, ainda mais com o rompimento no tendão de Aquiles que vai tirar Sean Wheatherspoon da temporada inteira. A surpresa Paul Worrilow e Kroy Biermann reforçarão a linha de linebackers pelo meio.

Além da baixa de Weatherspoon por lesão, o único titular da defesa que não permanece para 2014 é o safety Thomas DeCoud, que assinou com o rival Carolina Panthers. A reposição ao que parece não foi a altura, o limitado Dwight Lowery, ex-Jaguars, e o calouro Dezmen Southward devem brigar pela vaga de titular ao lado de William Moore. Pelo menos a posição de cornerback não é problema. Escolhidos na primeira e segunda rodadas do Draft do ano passado, respectivamente, Desmond Trufant e Robert Alford mostraram que podem dar conta do recado, com Robert McClain e Josh Wilson, ex-Redskins, como opções. Javier Arenas, ex-Cardinals, deve ser o nickel dessa secundária.

Previsão Endzone Brasil: O Atlanta Falcons sem sombra de dúvidas vai brigar ferozmente com Saints e Panthers pelo título da NFC South. Espero uma campanha de 9-7 de Matt Ryan e companhia, resta saber se será o suficiente para garantir uma vaga nos playoffs. No ano passado, o Arizona Cardinals mesmo com 9-7 ficou de fora da pós-temporada.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários