Prévia da temporada 2014 – Green Bay Packers

Confira o que esperar do Green Bay Packers na temporada 2014

Draft
Ha Ha Clinton-Dix – FS
Davante Adams – WR
Khyri Thornton – DT
Richard Rodgers – TE
Carl Bradford – LB
Corey Linsley – OL
Jared Abbrederis – WR
Demetri Goodson – CB
Jeff Janis – WR
Estatísticas em 2013 (Média por jogo)
Jardas aéreas 266.8 (6º)
Jardas terrestres 133.5 (7º)
Jardas aéreas cedidas 247.3 (24º)
Jardas terrestres cedidas 125.0 (25º)
Líderes
Passe Aaron Rodgers – 2536 jardas
Jogo corrido Eddie Lacy – 1178 jardas
Jogo aéreo Jordy Nelson – 1314 jardas

Se havia alguma sombra de dúvida de que o Green Bay Packers era altamente dependente de seu quarterback, ela acabou definitivamente em 2013. Os Packers faziam uma sólida campanha 5-2, até que Aaron Rodgers quebrou a clavícula. O nível das atuações despencou nos oito jogos que A-Rod não esteve em campo: cinco derrotas, duas vitórias e um  empate.

A-Rod após virar a partida contra os Bears

O time chegou na última rodada precisando vencer o confronto direto com o Chicago Bears para ir aos playoffs, partida do retorno de Rodgers. Ele comandou uma linda virada, venceu a NFC North e levou o time à pós-temporada. Mesmo caindo diante dos Niners pela segunda vez consecutiva, o fato da equipe ter conseguido a classificação dramática foi motivo de comemoração.

Moral da história: se Green Bay almeja chegar a algum lugar em 2014, precisa proteger seu quarterback. Ponto. Até porque estamos falando de um dos melhores, se não o melhor, da NFL atualmente.  Fato que torna incompreensível a não renovação com o center Evan Dietrich-Smith, peça fundamental da linha ofensiva ano passado. Pelo visto, a franquia acredita no potencial do jovem JC Tretter, que sequer entrou em campo na sua temporada de calouro. Apesar da baixa, o resto do bom grupo segue o mesmo, ainda com o reforço do RT Bryan Bulaga, recuperado de uma séria lesão no joelho.

Outro jogador que deixou os Packers foi o WR James Jones, substituído pelo calouro Davante Adams, segunda escolha do último Draft. Além dele, A-Rod terá à disposição ótimos nomes como Jordy Nelson, Randall Cobb e a surpresa do ano passado, Jarrett Boykin. O bom jogo corrido promete ser ainda mais forte: Eddie Lacy mais experiente, auxiliado por James Starks e DuJuan Harris.

Na defesa, a chegada do DE Julius Peppers foi uma das maiores surpresas desta offseason. Além de ir contra a política do time de não pagar altos valores para atletas free agents, Peppers foi um dos principais jogadores do rival Chicago Bears nos últimos anos. Longe de sua melhor forma, será deslocado para OLB no esquema 3-4 do time, com o sempre perigoso Clay Matthews na outra ponta. Pelo meio, a linha conta com AJ Hawk e Brad Jones.

Hawk e Jones terão muito trabalho este ano, principalmente na cobertura das corridas. Isso porque o mamute BJ Raji, nose tackle da equipe, rompeu o músculo do triceps há alguns dias e está fora da temporada. Péssima notícia para uma linha defensiva que já não é das melhores. Pelo menos a secundária ganhou o reforço do safety Ha Ha Clinton-Dix, possivelmente o melhor de sua posição no último Draft.

Previsão Endzone Brasil: Impossível não esperar pelo menos 10 vitórias de um time que conta com Aaron Rodgers no comando do ataque, resta saber se ele conseguirá jogar o ano todo sem se machucar. O Green Bay Packers vai brigar jogo a jogo com o rival Chicago Bears pelo título da NFC North, os dois são candidatos a conquistarem pelo menos uma vaga de Wild Card. Agora, se o time almeja ir longe na pós-temporada, a defesa precisa ter um desempenho muito melhor do que o de 2013.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários