Prévia da temporada 2014 – New York Giants

Confira o que esperar do New York Giants na temporada 2014

Draft
Odell Beckham Jr – WR
Weston Richburg – OL
Jay Bromley – DT
Andre Williams – RB
Nat Berhe – SS
Devon Kennard – LB
Bennett Jackson – CB
Estatísticas em 2013 (Média por jogo)
Jardas aéreas 224.3 (19º)
Jardas terrestres  83.3 (29º)
Jardas aéreas cedidas 223.3 (10º)
Jardas terrestres cedidas 108.9 (14º)
Líderes
Passe Eli Manning – 3203 jardas
Jogo corrido Andre Brown – 492 jardas
Jogo aéreo Victor Cruz – 998 jardas

Um dos maiores mistérios da humanidade ultimamente é o que aconteceu com o quarterback Eli Manning. Confuso e nada preciso nos lançamentos, não é nem sombra do QB que já venceu dois Super Bowls. Teve o maior número de interceptações da carreira em 2013 (27), começou a temporada passada perdendo os seis primeiros jogos. Para tentar ajudá-lo a soltar a bola mais rápido e mais precisamente, o time contratou um novo coordenador ofensivo especialista no ataque “West Coast”, Ben McAdoo. Mesmo assim o ataque titular vem decepcionando nos primeiros jogos da pré-temporada, meio perdido no novo esquema. Nas três primeiras partidas, Eli completou sete de 16 passes, 49 jardas e nenhum TD.

Eli teve o pior ano da carreira em 2013

A franquia está fazendo de tudo para tentar recuperar a velha forma de seu quarterback. Um possível fator para o péssimo desempenho dele  em 2013 foi a pouca proteção da linha ofensiva, então os Giants trataram de reformular o setor. Foram quatro contratações, a mais relevante delas o guard Geoff Schwartz, ex-Chiefs. Com Will Beatty saudável, o grupo tem tudo para ter um desempenho melhor em 2014, tanto protegendo Manning como abrindo mais espaços para corrida.

Ponto crucial para um ataque terrestre muito fraco, terceiro pior da liga ano passado. A perspectiva de melhora imediata não é das maiores, o grupo de RBs que já não era espetacular perdeu o promissor David Wilson, uma séria lesão no pescoço acabou com a carreira do jovem running back. Coadjuvante em Oakland, o recém-chegado Rashad Jennings terá que ser protagonista dessa equipe, com a ajuda de Peyton Willis e o calouro Andre Williams.

Eli também não pode reclamar da falta de opções para lançar, o time reforçou ainda mais um grupo que já era bom. Odell Beckham Jr, primeira escolha da equipe no último Draft, e Mario Manningham chegam para ajudar Rueben Randle e Victor Cruz. Pelo menos no papel, Manning terá tudo a seu favor para dar a volta por cima na temporada que se aproxima.

O time também reforçou a secundária, disparado o ponto mais forte da defesa. O regular CB Prince Amukamara terá dois companheiros de posição que disputaram o último Super Bowl: Dominique Rodgers-Cromartie, ex-Broncos, e Walter Thurmond, campeão pelos Seahawks. No miolo, Stevie Brown deve disputar com o recém-chegado Quintin Demps uma posição de titular ao lado de Antrel Rolle.

Pelo visto esse grupo vai trabalhar muito, pois o front seven não passa muita confiança ao torcedor. A linha defensiva perdeu Justin Tuck e Linval Joseph, ganhou apenas o reforço do mediano Robert Ayers, ex-Broncos. Longe do que já mostrou em outros momentos da carreira, Jason Pierre-Paul precisa ficar saudável para liderar esse grupo. A posição de linebacker é a mais carente do time. A única aquisição no setor foi o imitado Jameel McClain, ex-Ravens. Para piorar, Jon Beason lesionou o pé e deve desfalcar os Giants nas primeiras semanas.

Previsão Endzone Brasil: O New York Giants procurou de todas as formas minimizar os fatores que levaram as péssimas atuações de Eli Manning, agora cabe a ele mostrar que pode dar a volta por cima. A rapidez na adaptação ao novo esquema será crucial para as pretenções do time em 2014. Se Eli reencontrar a velha forma e a secundária na prática funcionar, a equipe tem chance de brigar pelo título da NFC East. Agora, se continuar do jeito que a pré-temporada está mostrando, será mais um ano longo para a torcida dos Giants.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários