Quais dos times sem vitória podem chegar aos playoffs?

A temporada 2014 mal começou, mas o sinal de alerta já acendeu para sete franquias da liga. O motivo é bem claro: desde 1990, ano em que o atual modelo de playoffs com 12 equipes foi implantado, somente 11,6% dos times que começaram a temporada 0-2 foram aos playoffs. No ano passado, somente o Carolina Panthers conseguiu a proeza de disputar a pós-temporada após começar com duas derrotas.  Quais dos times sem vitória podem igualar o feito dos Panthers em 2014?

Indianapolis Colts

COLTSDas sete equipes que não venceram ainda, Indianapolis é a que mais tem chance de chegar aos playoffs. O raciocínio usado é a tabela do time: depois de encarar Eagles e Broncos nas duas primeiras semanas, os Colts somente enfrentarão times que foram à pós-temporada ano passado em dois dos próximos quatorze jogos. Isso aliado ao talento que o time possui, claro, com o jogo corrido começando a tirar toda carga dos ombros de Andrew Luck. Apesar do fraco pass-rush sem Robert Mathis, não se surpreenda com 10 ou 11 vitórias do time este ano.

New Orleans Saints

saintsNão é surpresa que os Saints possuem sérias dificuldades de vencer fora de seus domínios,  ficou invicto em casa e venceu apenas três dos cinco duelos fora de casa em 2013. As duas derrotas vieram longe do Superdome e de forma dramática, New Orleans podia muito bem ter vencido ambos os jogos. Como dito na prévia do time, vencer fora de Louisiana é fundamental, a margem de erro de Sean Payton acabou. O ponto principal para voltar ao caminho das vitórias é ajeitar a defesa, o grupo de Rob Ryan lembra muito mais a pior defesa da história da NFL em 2012 do que a quarta melhor em 2013.

Kansas City Chiefs

chiefsA chance dos Chiefs retornar aos playoffs em 2014 é bem pequena. Além das várias lesões de jogadores importantes (três Pro Bowlers) e das baixas do time do ano passado, Kansas City possui uma tabela muito complicada, cruzando com a forte NFC West. Para voltar a vencer, a equipe precisa executar o que funcionou tão bem ano passado: ficava muito tempo com a bola e não cometia turnovers. Infelizmente, o time não possui talento para colocar em prática essa teoria.

New York Giants

giantsA mudança de coordenador ofensivo até agora não surtiu o efeito que o New York Giants esperava, Eli Manning continua como líder da NFL em interceptações (4) no novo esquema de Ben McAdoo. Vale ressaltar que a linha ofensiva não vem fazendo seu trabalho como deveria. A defesa também não se sobressai ao capenga ataque, será mais um longo ano para o fanático torcedor dos Giants. Nessa toada, deve ficar em último na NFC East.

Oakland Raiders

raidersO veterano Charles Woodson resumiu bem o seu time após a derrota do último domingo: “we suck”. Sim, o time é muito ruim. Os vários veteranos contratados, especialmente na defesa, não estão produzindo o esperado, os Raiders sofrem com o esforçado Derek Carr na posição de quarterback. Não que ele seja horrível, mas alguns erros normais de um QB calouro estão custando caro. Provavelmente a equipe não vai conseguir uma campanha melhor do que o 4-12 dos últimos dois anos.

Tampa Bay Buccaneers

buccandeersMuito difícil esperar playoffs de um time que perdeu as duas primeiras partidas em casa para QBs reservas. Sim, os Bucs vão melhorar drasticamente, mas não tão já. Novo técnico, novo quarterback, nova linha ofensiva, novos esquemas… Vai levar algum tempo para Lovie Smith acertar essa equipe. Competência ele já mostrou que possui, agora não é em um passe de mágica que se transforma um grupo cheio de defeitos em candidato a pós-temporada.

Jacksonville Jaguars

jaguarsOs Jaguars também devem melhorar nos próximos anos sob a batuta de Gus Bradley, mas por enquanto a inexperiência dos atletas está pesando bastante. O time é disparado a pior defesa, cedeu 75 pontos em apenas dois jogos. A jovem linha ofensiva também está um desastre, Chad Henne sofreu dez, isso mesmo, dez sacks no último domingo contra o Washington Redskins. A promessa Blake Bortles mostrou na pré-temporada que tem talento suficiente para aguentar o tranco e ser titular nesse time, a questão é colocá-lo em risco sob a proteção de uma das piores, se não a pior, linha ofensiva da NFL.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários