Com primeiro quarto arrasador, Ravens batem os Bucs fora de casa

Flacco celebra um dos TDs com Steve Smith

Flacco celebra um dos TDs com Steve Smith

A vida do Baltimore Ravens em Tampa foi fácil até demais. Já considerado favorito antes da partida começar, os Ravens não tiveram nenhuma dificuldade e encontraram pouca resistência dos donos da casa, que acabaram derrotados por 48 a 17. Somente no primeiro quarto foram 28 pontos dos visitantes contra nenhum dos Bucs, que acumulou a quinta derrota na temporada, enquanto os Ravens conquistaram a quarta vitória.

Foram quatro touchdowns nos quinze primeiros minutos. Quatro passes de Joe Flacco, que teve uma das melhores exibições de sua carreira, com o rating de 146.0 (o máximo é de 158.3), 306 jardas e cinco touchdowns. Torrey Smith foi o alvo favorito do quarterback e fez as duas primeiras recepções que resultaram em pontos para os Ravens.

No segundo quarto, mais 10 pontos para os visitantes, que nessa altura venciam por 38 a 0. Não havia qualquer tipo de reação vinda dos Bucs, que nada conseguiam fazer para parar o avassalador  ataque de Baltimore.

Torrey Smith foi à endzone duas vezes

Torrey Smith foi à endzone duas vezes

Após o intervalo, os Bucs tiveram seus melhores minutos no jogo. Foram 10 pontos no terceiro quarto, mas que de pouco serviram, pois os Ravens marcaram mais sete, sendo este o primeiro e único touchdown terrestre da equipe no jogo, com Bernard Pierce, que correu quatro jardas e entrou na end zone.

No final do jogo, o Tampa Bay ainda marcou mais um touchdown, no que foi o segundo passe para TD de Mike Glennon, e o Baltimore mais três, em chute de Justin Tucker. O placar se encerrou 48 a 17  e a surra história em pleno Raymond James Stadium, casa dos Bucs, local que a equipe ainda não venceu em 2014, ficou para os livros de histórias da NFL.

Os Ravens estão ainda na segunda colocação da conferência norte da AFC, e para continuar a perseguição ao Cincinnati Bengals, recebem o Atlanta Falcons no próximo domingo, às 14h. Os Bucs, por sua vez, terão uma semana de folga para repensar sua vida antes de enfrentar o Minnesota Vikings, novamente em Tampa, no dia 26 de outubro.

Comentários