Em virada histórica, Lions vencem os Saints em Detroit

Defesa de Detroit contra o jogo corrido é a melhor da NFL.

Defesa de Detroit contra o jogo corrido é a melhor da NFL

Em jogo válido pela 7ª semana de jogos da temporada regular da NFL, o Detroit Lions recebeu o New Orleans Saints, nesse domingo (19), no Ford Field,  venceu de forma espetacular nos últimos minutos de jogo. O placar de 24 a 23 deu aos donos da casa a liderança na NFC North. Por outro lado, os Saints perdem o sétimo jogo seguido fora de casa. Primeira vez desde a temporada 1998-99 que isso não acontecia. Destaque para o WR Golden Tate, que terminou a partida com 10 recepções para 154 jardas e um TD.

A dificuldade dos Saints de jogar fora de casa está cada vez mais clara, especialmente depois da derrota de ontem. O time liderava por 23 a 10 até os seis minutos finais de jogo. Mas o QB Drew Brees e companhia acabaram entregando a vitória facilmente. Tivemos poucas ações nos primeiros quinze minutos. Apenas uma interceptação lançada pelo QB Matthew Sttaford pelo CB Keenan Lewis, nos últimos segundos do primeiro quarto, capitalizada em touchdown no passe de Brees para o FB novato Austin Johnson.

Continuando o segundo quarto, foi a vez da defesa de Detroit aparecer. A melhor da liga contra o jogo corrido (cedeu apenas 73 jardas totais para Nola), forçou um fumble do RB Khiry Robinson através do DT C. J. Mosley, o S James Ihedigbo recuperou a posse para os Lions. O turnover rendeu um field goal fácil do K Matt Prater. A vantagem do duelo aumentaria, quando Brees, de pouco mais de um minuto, posicionou o K Shayne Graham para mais um tranquilo field goal.

Com a vantagem e a bola para a primeira posse do segundo tempo, Brees não perdeu  tempo, para conectou um TD magnífico com o WR Kenny Stills, passe de 46 jardas. Em pouco mais de um minuto os Saints já abririam 17 a 3 no placar. Mas Detroit pareceu não sentir o baque. No drive seguinte, dominando o relógio, os Lions também entram na endz one, em corrida do RB Joique Bell.

Livre de marcação, o calouro agarra o TD da virada

Livre de marcação, o calouro agarra o TD da virada

No começo do último quarto, a vitória dos Saints já parecia ser inevitável. Primeiro com um FG longo de 48 jardas, depois Sttaford seria interceptado mais uma vez, agora pelo S Kenny Vaccaro, e o turnover se concretizaria com mais um field goal de Graham. Com a bola e pouco tempo para virar o placar, os Lions tiveram uma jogada longa que recolocou o time no duelo. O WR Golden Tate recebeu um passe curto, foi driblando os adversários até completar um TD espetacular de 73 jardas.

Os Saints teriam que gastar o tempo, conseguir alguns first downs e sair com a vitória. Mas a defesa de Detroit tinha outros planos. O S Glover Quin interceptou o passe de Brees, ainda no campo defensivo, e retomou a posse para os Lions. Sttaford não decepcionou, achou o calouro WR Corey Fuller no fundo da end zone.

Virada sensacional que dá ainda mais moral para o próximo jogo dos Lions, que será contra os Falcons, em jogo válido pelo NFL International Series, no estádio de Wembley, em Londres. Já os Saints voltam pra casa, onde são praticamente imbatíveis. Mas desta vez a partida será contra os Packers, no próximo Sunday Night Football.

Comentários