Jets perdem o rumo da nave e caem diante dos Bills

O calouro Preston Brown foi um dos destaques dos Bills

O calouro Preston Brown foi um dos destaques dos Bills

Ok, foi contra um dos piores ataques da NFL atualmente, mas quatro interceptações num jogo certamente ajudam na vitória. Foi o chamado passeio, o Buffalo Bills atropelou o New York Jets por 43 a 23  no MetLife Stadium, em duelo válido pela oitava semana da NFL, no último domingo (26). O QB Geno Smith perdeu a posição de titular, os Bills voltam a sonhar com uma vaguinha nos playoffs, que não vem desde 1999, quando a internet ainda era novidade e todo mundo temia o bug do milênio.

Quem começou “buggado” foi Geno Smith. No primeiro drive, a promessa de West Virginia não conseguiu sequer uma primeira descida, foi varrido do campo. Deixando o show para Kyle Orton e Robert Woods que terminou num TD de 22 jardas, numa campanha razoavelmente rápida, com total ineficiência de New York  para cobrir passes longos. Na jogada seguinte, os Jets decidiram que Percy Harvin deveria fazer sua primeira jogada pelo time. Os Bills perceberam a tendência e não tiraram os olhos do talentoso recebedor. O primeiro passe foi incompleto, o segundo foi parar nas mãos de Stephon Gilmore. O New York Jets é o pior time da NFL no diferencial de turnovers (-13).

Na próxima oportunidade, Smith tentou ser conservador, passando para um alvo confiável no ano passado, o tight end Jeff Cumberland. Mas a cobertura estava apertada, ao número 85 somente restou segurar o interceptador, para dano não ser maior. A jogada seguinte também terminou nas mãos azuis, péssimo dia de Smith, três interceptações no primeiro período.  Com a bola parando na linha de 1 jarda, Buffalo anotou o segundo touchdown do jogo, um passe curto de Kyle Orton para o TE Lee Smith. New York tirou o zero do placar na campanha seguinte, já com Michael Vick no posto de titular. Boa campanha, finalizada com um avanço curto do ótimo Chris Ivory.

Uma  jogada da campanha seguinte dos Bills foi no mínimo pitoresca: um lindo passe de 84 jardas para Sammy Watkins,o calouro comemorou antes de entrar na end zone,  tomou o tackle na linha de 5 jardas. Frank Summers, o fullback de Buffalo, terminou o trabalho de Watkins com um avanço de duas jardas. Michel Vick, no melhor estilo Michael Vick, sofreu um fumble no meio do segundo quarto. Como os quarterbacks dos Jets gostam de um turnover. Buffalo, porém, saiu somente com um field goal.

O time da casa esboçou uma reação no final do primeiro tempo. Utilizando mais o estreante Percy Harvin, Jets foram marchando pelo campo, finalizaram a boa campanha com outra corrida de 2 jardas de Chris Ivory. Os Jets ainda converteram um difícil FG de 55 jardas, para terminar o primeiro tempo com somente 1 posse de bola de diferença.

O terceiro quarto foi bem morno. Bom somente para o kicker Dan Carpenter, que converteu dois field goals: de 36 e 29 jardas. Avvassadores, os Bills anotaram mais dois touchdowns, praticamente matando o jogo no MetLife Stadium: um TD de 61 jardas de Watkins, outro de 12 jardas em passe de Orton para Scott Chandler. A jogada do TD mais longo do jogo teve também um lance meio “unicórnio”, com um ponto extra não convertido. Michael Vick ainda guiou os Jets para um TD de Bilal Powell para 3 jardas, mas o jogo já estava perdido. Só restavam lamentos à Rex Ryan.

Os dois times voltam a campo contra o Kansas City Chiefs. Os Jets viajam até Kansas City, em duelo válido pela semana 9, no dia 02 de novembro. Os Bills também encaram os Chiefs, mas na semana 10, depois da semana de bye. O jogo será dia 09 de novembro, em Buffalo.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários