Em um dos piores jogos de sua história, Saints caem em casa para os Bengals

Ainda novato, Hill teve mais um ótimo jogo.

Ainda novato, Hill teve mais um ótimo jogo

New Orleans Saints e Cincinnati Bengals se enfrentaram nesse domingo, 16, no Mercedes-Benz Superdome, o resultado foi uma impressionante vitória do QB Andy Dalton e companhia por 27 a 10. É a primeira vez, desde 2009, que os Saints de Sean Payton perdem duas partidas consecutivas em casa. Vale lembrar também que 2009/10 foi uma temporada espetacular para New Orleans, que acabaram sendo campeões naquele ano. Mas desta vez parece diferente. Destaque da partida vai pro RB novato Jeremy Hill, que vai fazendo boa temporada, mostrando diversas qualidades e suprindo a falta do titular Gio Bernard.

A verdade é que os Bengals entraram em campo com mais ímpeto que os Saints. Ambos os times haviam perdido suas partidas anteriores. Porém, estava claro que Marvin Lewis queria tirar a péssima impressão deixada após a derrota para os Browns, em casa, pelo Thursday Night Football.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

Na primeira campanha da partida, New Orleans abriu o placar com FG do K Shayne Graham, após um drive de mais de seis minutos. Logo em seguida, campanha também longa de Cincinnati, que terminou num touchdown bisonho do TE Jermaine Gresham. Dalton lança para o recebedor na linha de cinco jardas, que tenta se esticar para cruzar o plano de goal e acaba sofrendo fumble. Porém, mesmo caído, chuta a bola para a end zone e recupera o passe. Completamente bizarro.

No início do segundo quarto, os Saints ainda estavam na sua segunda posse da partida.O time avançava com certa facilidade, até parar a uma jarda da end zone. Payton arriscou a conversão de quarta descida, mas não teve sucesso. Os Bengals recuperam a posse e fazem um excelente drive, que terminou em FG do K Mike Nugent. O QB Drew Brees e companhia ainda receberam a bola com quase três minutos para terminar o quarto, mas não fizeram nada produtivo, entregam a bola para Cincinnati faltando 50 segundos. Ajoelhar na bola? Não. Os Bengals ainda queriam jogo. Com apenas um tempo para pedir, Lewis chamou jogadas terrestres com sucesso. Hill conseguiu uma corrida de 62 jardas e posicionou o time na linha 24 jardas. Depois de pedir o último tempo que restava com apenas um segundo no relógio, Nugent aumentou a vantagem com mais um field goal.

Gresham segurando a bola do TD, ou da discórdia

Gresham segurando a bola do TD, ou da discórdia

O New Orleans Saints não ia para os vestiários com apenas três pontos desde 2010. Pra piorar, quem pontua primeiro no terceiro quarto é Cincinnati. Com mais um TD de conexão Dalton -> Gresham. O tigh end ainda tentou presentear uma torcedora dos Bengals com o souvenir, mas um torcedor dos Saints roubou a bola de suas mãos e não devolveu.  No início do último quarto, Brees ainda achou o WR Kenny Stills na end zone. Mas na campanha seguinte veio o balde de água fria, com mais um TD lançado de Dalton, agora para o WR A. J. Green, decretando a vitória dos visitantes.

Péssimo jogo dos Saints. Dava para se perceber o abatimento de todos com a derrota e eles sabem que não estão jogando como um time de playoffs, mesmo tendo elenco para isso. O jogo da semana 12 será contra os Ravens, no próximo Monday Night Football, ainda no Mercedes-Benz Superdome. Os Bengals voltaram a apresentar o bom futebol das primeiras semanas. Cuidando bem da bola, Dalton não fazendo besteiras, ótimo jogo corrido e defesa firme. No próximo domingo, dia 23, enfrentam os Texans, novamente fora de casa, com chance de fazer tudo certo novamente.

Durante a partida, o New Orleans Saints acabou presenteando a torcedora dos Bengals com um novo souvenir. Aplausos para a franquia. E que o torcedor de New Orleans ache um bom lugar para guardar a bola do touchdown que o Gresham anotou no time dele, em uma das piores atuações dos Saints. Parabéns.

Comentários