No frio de Foxboro, Patriots são superiores e vencem os Broncos

Edelman corta a defesa dos Patriots para o touchdown

Edelman corta a defesa dos Patriots para o touchdown

A neve que prometeu cair não deu o ar da graça, mas os ventos sim e eles sopraram muito a favor do New England Patriots e nada forte para o Denver Broncos. No 16º encontro entre Tom Brady e Peyton Manning, o QB dos Patriots levou a melhor e conduziu sua equipe a uma fácil vitória por 43 a 21, em Foxboro. Brady comandou o time com 32 passes, 324 jardas e quatro touchdowns, enquanto Manning terminou a partida com dois touchdowns, mas duas interceptações em 438 jardas e 34 passes completados.

Os dois times se tiveram dificuldades em vencer das fortes defesas adversárias no começo do jogo. Nas três primeiras posses, apenas um first down, que foi conquistado pelos Patriots. A primeira pontuação também foi dos donos da casa, que começaram sua segunda tentativa de ataque já na linha de 39 jardas do Denver Broncos, e contaram com a boa pontaria de Gostkowski para abrir 3 a 0. No entanto, os Broncos não tardaram para reagir, e guiados por Peyton Manning, cruzaram o campo num drive de 80 jardas, virando o jogo, e marcando o primeiro touchdown da partida em corrida de Ronnie Hilmann.

No segundo quarto porém, mesmo começando atrás no placar, o que se viu foi um domínio completo do New England Patriots, que fizeram valer o mando de campo indo para os vestiários vencendo por 27 a 7, com direito grande show de Julian Edelman. Tudo começou logo no início do período, quando Gostkowski acertou novo field goal e diminuiu a vantagem para 7 a 6. Os Broncos receberam a bola e no segundo passe do drive, Peyton Manning foi interceptado por Rob Ninkovoch. Os Patriots então viraram o placar quando Brady encontrou Edelman na endzone. Na jogada seguinte, o Denver Broncos não teve sucesso em sua posse de bola e no punt veio o momento do jogo até então. Julian Edelman retornou 84 jardas e marcou um incrível touchdown, que também se tornou o mais longo retorno de punt da história dos Patriots, colocando o time de New England 20 a 7.

O bom momento não parou por aí. Após drive de 52 jardas, o kicker dos Broncos, Brandon McManus, tentou field goal de 41 jardas a favor do vento, mas mandou a bola oval na trave, não conseguindo diminuir a vantagem do time de Tom Brady. Em sua última posse do quarto, os Patriots ainda marcaram mais sete pontos. Para isso, eles tentaram duas vezes. A primeira, em conexão entre Brady e Edelman, que teve a pontuação cancelada após os juízes anularem a jogada por Edelman não ter tido o controle total da bola. Na segunda, o quarterback do New England passou para Shane Veeren, que recebeu dentro da End Zone e garantiu a vitória parcial dos Pats.

Manning sofreu pressão o jogo inteiro e não esteve bem

Manning sofreu pressão o jogo inteiro e não esteve bem

Na volta após o intervalo, um breve momento de esperança para Peyton Manning e o Denver Broncos. Os Patriots começaram com a bola, mas Tom Brady acabou interceptado por Bradley Roby após Amendola tocar de leve na bola mas não conseguir dominá-la. Na jogada seguinte, os Broncos fizeram sete pontos e diminuíram o placar para 27 a 14 com passe de Manning para Julius Thomas.

Mas este breve momento foi realmente muito breve. Gostkowski marcou três pontos em seu terceiro field goal na partida, e logo depois, Manning foi novamente interceptado, desta vez por Brandon Browner. Brady então, já perto da endone, passou para LaFell e jogou todas as esperanças da torcida visitante no lixo.

Perdendo por 37 a 14, Manning ainda ajudou o time passando para Hillman e marcando um último TD para os Broncos. Mas os Patriots não estavam satisfeitos. Já no último quarto, Brady fez conexão de 20 jardas com Gronkowski, mas novamente, os árbitros mandaram voltar, obrigando o time da casa a marcar em sua segunda tentativa, da mesma maneira que ocorreu no segundo quarto. Brady insistiu com o tight end número 87 e fechou o placar: 43 a 21.

Os Patriots recebem uma folga e descansam na semana 10 da temporada regular, enquanto os Broncos vão até Oakland para encarar os Raiders, que ainda não venceram nesta temporada, no domingo, às 17h05 (de Brasília)

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários