A-Rod comanda os Packers em vitória sobre os Lions para o título da NFC North

Aaron Rodgers comandou os Packers em vitória

Aaron Rodgers comandou os Packers em vitória

Frio, pressão e Aaron Rodgers. Sem o seu QB em campo, Green Bay sofreu 14 pontos. Com o camisa 12 comandando a equipe, os Packers marcaram 30, tomou seis e venceu o Detroit Lions por 30 a 20, no Lambeau Field, carimbando o título da NFC North mais uma vez.

O QB 17 de 22 passes para 226 jardas e dois touchdowns. Mas o que fez a diferença foi a presença, que mudou o momento do jogo quando retornou a campo e comandou mais um título da divisão. Do outro lado, Calvin Johnson recebeu só quatro passes, mas foi dois touchdowns.

O frio e a torcida a a favor no Lambeau Field colocaram pressão nos Lions desde o início, tanto que a primeira campanha do time, a inicial do jogo, terminou em punt após três jogadas. Os Packers responderam com uma longa campanha, que chegou até a redzone. Nela Green Bay teve sete chances de anotar o TD, mas foi parada em todas pela forte defesa de Detroit. Se o ataque não anotou pontos, os especialistas não perdoaram o vacilo no punt e Micah Hyde retornou 55 jardas para a endzone: 7 a 0.

No segundo quarto, os Lions fizeram sua melhor jogada até então ao forçar um fumble em Eddie Lacy e recuperar. No entanto, após mais um punt, Rodgers achou Randall Cobb na endzone pela primeira vez na noite e abriu 14 a 00. Mas nem tudo foi festa, já que Aaron Rodegrs se machucou no passe para o TD e foi para o vestiário machucado.

Susto para a torcida em Green Bay

Susto para a torcida em Green Bay

Com pouco tempo antes do intervalo, Detroit conseguiu sua primeira boa campanha no jogo e anotou o primeiro touchdown. Stafford achou Calvin Johnson no meio da defesa para fazer 14 a 07 no intervalo.

Com Matt Flynn de titular, os Packers voltaram para o segundo tempo e nada conseguiram na primeira campanha. No ataque seguinte dos Lions, Reggie Bush comandou o time, Matthew Stafford achou Megatron na endzone novamente e os Lions empataram o jogo. Depois de tomar 14 pontos sem Aaron Rodgers, o QB voltou para o jogo aos gritos de MVP e comandou a reação final do time da casa. Ele foi logo comandando uma campanha de touchdown que terminou em nova conexão com Cobb na endzone, deixando o placar 21 a 14.

O último período começou com os Lions bloqueando uma tentativa de FG de Mason Crosby e recuperando a bola. Mas no lance seguinte, Joique Bell não segurou a bola na tentativa da corrida e devolveu a posse para Green Bay. Ai Aaron Rodgers não perdoou e correu uma jarda para anotar o TD e fazer 28 a 14. Para jogar a pá de cal, os árbitros marcaram um Intentional Grounding contra Stafford, que ainda lançou um touchdown para Theo Riddick, mas parou por ai: 30 a 20 e classificação assegurada.

 

Outros resultados:

– Depois de um primeiro tempo praticamente zerado, o Seattle Seahawks anotou dois touchdowns no último período, venceu o rival St. Louis Rams por 20 a 6 no CenturyLink Field e garantiu a melhor campanha da NFC. Impecável, a “Legion of Boom” mais uma vez foi destaque.

– No último jogo do técnico Jim Harbaugh no comando do San Francisco 49ers, o time venceu de virada o Arizona Cardinals por 20 a 17 no Levi’s Stadium e acabou com a chance do rival conseguir uma folga na primeira rodada dos playoffs. Horas mais tarde, o técnico e o time anunciaram o desligamento de Harbaugh do comando do time.

– O Philadelphia Eagles acabou com a sequência de três derrotas consecutivas, bateu o rival New York Giants por 37 a 26 no Metlife Stadium. Mesmo com uma campanha de 10-6, o time da cidade do amor fraternal está fora dos playoffs.

– Confirmando a notória melhora em 2014, o Buffalo Bills bateu o New England Patriots em Foxborough! Vitória por 17 a 09. Já com a melhor campanha da AFC garantida, os Patriots jogaram apenas para cumprir tabela. Rob Gronkowski nem atuou, Tom Brady foi poupado no segundo tempo.

– O New Orleans Saints fechou a pífia temporada de 2014 com vitória de virada, bateu o rival Tampa Bay Buccaneers por 23 a 20 no Raymond James Stadium. Derrota comemorada em Tampa, o time garante a primeira escolha geral no próximo Draft.

– New York Jets e Miami Dolphins fizeram um excelente duelo em Miami, o time visitante venceu por 37 a 24. O QB Geno Smith foi destaque, passou para 358 jardas e três TDs!

– O Dallas Cowboys confirmou o bom momento, passou o trator por cima do Washington Redskins em pleno FedEx Field, venceu por 44 a 17. Dez Bryant fez o que quis da secundária dos Redskins, recebeu 99 jardas e 2 TDs.

– Em duelo equilibrado, o Minnessota Vikings venceu em casa o Chicago Bears por 13 a 9. O calouro Teddy Bridgewater mais uma vez foi destaque.

– Já classificado, o Indianapolis Colts poupou alguns titulares no decorrer da partida, mesmo assim bateu o Tennessee Titans por 27 a 10 em Nashville.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários