Em duelo sem TDs, Cardinals batem os Rams e praticamente se garantem nos playoffs

Stepfan Taylor correu 61 jardas

Stepfan Taylor correu 61 jardas

Tudo bem que já era esperado um duelo com predomínio defensivo, mas 60 minutos sem sequer um touchdown anotado foi um pouco demais. Foram 16 punts, seis field goals e nenhum TD, as defesas realmente doutrinaram os ataques no Thursday Night Football desta quinta-feira (11). Mesmo perdendo o quarterback titular no decorrer da partida, que já era o reserva do elenco, o Arizona Cardinals levou a melhor, venceu o St. Louis Rams por 12 a 06 em pleno Edward James Dome. A vitória praticamente garante uma vaga aos playoffs para os Cardinals,  acaba com as pretensões do promissor time dos Rams em 2014.

Jogo de poucos pontos no primeiro tempo, algo mais do que esperado se tratando de duas das melhores defesas das últimas semanas. Os ataques pouco produziram, principalmente pelo chão, domínio total das linhas defensivas na primeira etapa. Arizona controlou o relógio, mas pouco produziu. Foram incríveis quatro first downs somando os dois times no primeiro quarto! A única pontuação foi de St. Louis, um field goal de 24 jardas capitalizado por Greg Zuerlein.

Arizona tinha muita dificuldade em avançar no ataque, o feroz pass-rush dos Rams não dava tranquilidade para Drew Stanton achar seus alvos. Tudo ia bem para o time da casa, até o primeiro turnover da noite aparecer. Um dos bons destaques do jovem time de St. Louis, o calouro RB Tre Mason sofreu um fumble, Arizona recuperou a posse e começou sua campanha em uma ótima posição de campo. Porém, Stanton não transformou a roubada de bola em sete pontos, o time visitante teve que se contentar com um field goal de 23 jardas, convertido pelo kicker Chandler Catanzaro.

Foi a primeira pontuação cedida pela defesa de St. Louis nos últimos dez quartos, os Rams ficaram 146 minutos sem sofrer nenhum ponto! Venceu os dois últimos jogos com autoridade (52 a zero contra o Oakland Raiders e 24 a zero diante do Washington Redskins). Os Cardinals não faziam muito, mas o suficiente para voltarem a pontuar antes do intervalo. Impulsionado por uma conexão de 40 jardas de Stanton com o WR Michael Floyd, melhor jogada ofensiva do primeiro tempo inteiro, Arizona converteu um field goal de 44 jardas, segundo de Catanzaro, antes do intervalo. Os visitantes foram para os vestiários vencendo por 6 a 3.

O “Field Goal Night Football” seguiu na volta do segundo tempo. Após punts nas três primeiras posses, Arizona voltou a pontuar, um field goal de 51 jardas, que Catanzaro colocou no meio do “Y” até com certa tranquilidade. Apesar dos três pontos, foi uma campanha trágica para os Cardinals, pois o time viu seu quarterback, Drew Stanton, sair de campo com uma lesão no joelho. Lembrando que Stanton já é o QB reserva. A curiosidade é que o titular, Carson Palmer, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho na semana 10, justamente no primeiro confronto entre Rams e Cardinals de 2014.

Michael Floyd na jogada mais explosiva do jogo

Michael Floyd na jogada mais explosiva do jogo

A defesa de Arizona seguia doutrinando o ataque dos Rams, o time não teve um first down sequer no terceiro período! Coitado de quem foi ao Edward James Dome esperando muitos pontos. Carregado pelo jogo terrestre, até porque o time visitante tinha o glorioso Ryan Lindley como QB titular, os Cardinals chutaram mais um FG, quarta conversão de Catanzaro no duelo.

St. Louis teve o seu primeiro first down na segunda etapa com dez minutos para o fim da partida. O ataque comandado por Shaun Hill teve um brilhareco, ficou a uma jardinha da end zone adversária. Parecia que o primeiro touchdown da noite seria eminente, mas não aconteceu. Hill não conectou o passe com o TE Jared Cook, o decepcionado torcedor de St. Louis teve que se contentar com um field goal de 19 jardas.

Com seis pontos de vantagem, o que pelas circunstâncias do jogo era uma baita vantagem, Arizona correu algumas vezes com a bola e gastou o relógio.  Shaun Hill recebeu a bola de volta com três minutos para o fim do jogo, precisava avançar 80 jardas para dar a vitória ao time da casa. Mas não conseguiu fazer nada produtivo. Em mais uma grande atuação da defesa, os Cardinals pararam os avanços dos Rams e garantiram a importantíssima vitória fora de casa!

Os dois times retornam aos gramados no dia 20 de dezembro: os Rams recebem o já eliminado New York Giants, os Cardinals fazem um duelo decisivo contra os Seahawks, no Arizona.

Comentários