Na prorrogação, Chargers viram pra cima dos 49ers e seguem na briga

Gates foi um dos destaques da partida

Gates foi um dos destaques da partida

Quem esperava um sábado fraco, com dois jogos envolvendo times já eliminados, quebrou a cara lindamente. Se a vitória dos Redskins sobre os Eagles teve emoção, o triunfo do Chargers pra cima dos 49ers por 38 a 35, em San Francisco, não ficou para trás. O time visitante foi buscar uma diferença de 21 pontos, forçando a prorrogação e garantindo a vitória dramática no overtime, que mantém as chances de playoffs para San Diego.

O San Francisco 49ers que o torcedor queria ver desde o início da temporada mostrou as caras no primeiro tempo da partida desse sábado, tanto que o time precisou de apenas quatro jogadas para entrar na endzone pela primeira vez, após jogada de 52 jardas de Frank Gore, que quebrou vários tackles.

O segundo período foi totalmente dominado por San Francisco. Logo na primeira campanha, Kaepernick, que foi um dos destaques da noite, conectou Bruce Ellingon na endzone. Na campanha seguinte e com o ataque dos Chargers já no meio de campo, Antoine Bathea interceptou passe de Rivers e retornou para o touchdown e abriu 21 a 00. A resposta de San Diego veio com um touchdown na sequência, após passe de 15 jardas de Rivers para Royal. No entanto, no encerramento do primeiro tempo, Ellington correu uma jardas e fez 28 a 07 para os Niners.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

A defesa dos Chargers resolveu aparecer no terceiro quarto e parou o adversário em uma quarta para duas jardas e depois em um punt. No ataque, Rivers comandou boa campanha, convertendo quarta descida na redzone, antes de achar Antonio Gates em passe de uma jardas para touchdown. Na campanha seguinte dos Niners, Kaepernick conectou uma bomba de 63 jardas com Vernon Davis, mas uma falta anulou o TD. Na jogada seguinte, fumble dos Niners e recuperação de San Diego na endzone, tirando o jogo de 35 a 14 para 28 a 21 em apenas duas jogadas.

Corre, Kaepernick… Corre

Mas o momento ruim mudou de lado bem rapidamente. E o responsável por isso foi o vilão da temporada: Colin Kaepernick. Com uma corrida brilhante de 90 jardas, o QB fintou a defesa e anotou um belo touchdown, deixando o jogo 35 a 21 no último quarto. Mas antes de terminar o período, Rivers foi interceptado pela terceira vez na partida.

Nos 15 minutos finais, precisando tirar 14 pontos de diferença para salvar a temporada, San Diego mostrou muita valentia para buscar o empate. Primeiro em conexão de Rivers com Gates em passe de 21 jardas, deixando o jogo em sete pontos. Após a defesa segurar Kaep e companhia, os Chargers empataram nos segundos finais, após converterem duas quartas descidas, novamente em passe do QB, mas desta feita com conexão de Malcom Floyd, deixando tudo igual em Santa Clara.

Na prorrogação, a primeira posse foi dos Niners, mas ela durou apenas duas jogadas. Quinton Patton conseguiu uma reversão, mas sofreu o fumble e deixou os Chargers em grande posição de campo. Rivers não perdoou e deixou Nick Novak em condições de anotar um FG de 40 jardas para vencer o jogo: 38 a 35!

Os dois times encerram a campanha na temporada regular no próximo domingo. Os Chargers visitam os Chiefs, às 16h (de Brasília), enquanto os 49ers recebem os Cardinals, às 19h25.

Comentários