Redskins batem os Eagles e praticamente eliminam o rival da briga por playoffs

Morris teve 83 jardas e um TD

Morris teve 83 jardas e um TD

O jogo pouco valia para o Washington Redskins, mesmo assim o time aprontou para cima do rival Philadelphia Eagles. Os Redskins jogaram muito bem, exploraram os erros dos Eagles e venceram por 27 a 24, praticamente eliminando qualquer chance do rival da Philadelphia ir aos playoffs. Foi um lindo duelo na noite deste sábado (20) no FedEx Field, recheado de viradas e emoção até o fim. Destaque, negativo, para Mark Sanchez, o QB das Águias lançou uma interceptação crucial nos dois minutos finais, quando o duelo estava empatado. Washington capitalizou o turnover com o field goal da vitória praticamente no estouro do cronômetro.

Para quem precisava tanto da vitória para se manter vivo na temporada, a partida não poderia ter um começo pior para os Eagles. Mark Sanchez sofreu um fumble logo na primeira campanha, forçado pelo LB Ryan Kerrigan. Não que isso seja uma novidade para o torcedor de Philly, o time é o que mais sofre turnovers em 2014 (34 com esse). Para sorte das Águias, a defesa apareceu muito bem, o ataque de Washington teve que se contentar com um field goal de 25 jardas. Oportunidades não faltaram: graças a mais uma falta do horroroso CB Carry Williams, empurrando o adversário após a jogada ter terminado, os Redskins tiveram seis jogadas próximas da end zone.

Os Eagles responderam ao FG de Kai Forbath logo em seguida, no melhor estilo rápido do técnico Chip Kelly. LeSean McCoy foi o nome do drive, correu em cinco das dez jogadas de ataque, a última delas um avanço de 11 jardas para dentro da end zone adversária. Entretanto, Philadelphia não ficou na frente por muito tempo. Os Redskins viraram a partida com duas jogadas explosivas: primeiro uma conexão de 51 jardas do QB Robert Griffin III com DeSean Jackson, ex-Eagles, depois uma corrida de 28 jardas  do RB Alfred Morris para touchdown.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

Se a defesa das Águias não estava em seus melhores dias, o ataque estava muito bem, principalmente pelo chão. “Shady” McCoy vinha em uma noite espetacular, fazia o que queria contra a boa defesa dos Redskins contra o jogo corrido (sétima melhor da NFL). Philadelphia teve uma linda campanha no segundo quarto (93 jardas e sete minutos), liderada por McCoy e pelo dinâmico Darren Sproles. Drive finalizado com uma conexão de três jardas de Sanchez para Riley Cooper dentro da end zone. Mais uma virada no FedEx Field!  Os Redskins foram para o intervalo perdendo por 14 a 10.

McCoy foi o melhor jogador do ataque dos Eagles

McCoy foi o melhor jogador do ataque dos Eagles

Turnover dos Redskins já na primeira jogada do segundo tempo, Andre Roberts soltou a bola no retorno do kickoff. Philadelphia recuperou a posse já na red zone adversária, mas saiu de campo zerado. O ataque não capitalizou o turnover em touchdown, o kicker calouro Cody Parkey errou um field goal de 34 jardas. Erro que fez com que os Redskins voltassem ao jogo, o time teve uma linda campanha de mais de sete minutos e voltou a passar a frente no marcador. O FB Darrel Young finalizou o drive com um TD de uma jardinha.

A máxima do segundo tempo se repetiu na metade do terceiro período: field goal errado dos Eagles, touchdown corrido de Darrel Young. Não, não foi replay. Prejudicado pelas muita sfaltas do ataque, Philly teve que ir para um field goal de 46 jardas, que Parkey voltou a errar. Impulsionado por mais uma recepção de mais de 50 jardas de D-Jax, os Redskins ampliaram o marcador com outro TD curto do FB Young. Terceiro touchdown corrido dele em 2014!

Perdendo por dez pontos no começo do último quarto, o sonho de playoff dos Eagles parecia distante. Eis que o time reagiu, na base da raça empatou o duelo no FedEx Field. Uma boa campanha liderada por Sanchez, terminada com um passe do QB para Riley Cooper, segundo da dupla na noite. RGIII foi interceptado na campanha seguinte por Nate Allen, Philly capitalizou o turnover com um field goal de 22 jardas do calouro Parkey.

Mark Sanchez fazia um belo jogo… até ser Mark Sanchez. Ele avançava bem para posicionar seu kicker para a vitória, até botar tudo a perder. Lançou uma interceptação nas mãos do LB calouro Bashaud Breeland, entregando a posse aos Redskins com dois minutos para o fim. O time posicionou seu kicker para um chute de 26 jardas, Forbath converteu quase no estouro do cronômetro e garantiu a surpreendente vitória dos Redskins.

As duas equipes voltam a campo na rodada cheia do dia 28 de dezembro: os Eagles encaram o New York Giants no MetLife Stadium, enquanto os Redskins recebem o rival Dallas Cowboys.

Comentários