Saints batem o desorganizado Chicago Bears e retomam ponta da NFC South

Cutler sofreu sete sacks da defesa dos Saints

Cutler sofreu sete sacks da defesa dos Saints

Certamente muita coisa vai mudar no Chicago Bears em 2015. O time mais uma vez foi ridículo no Soldier Field, desorganizado e sem comando técnico. Mesmo com um contrato longo, a cabeça do técnico Mark Trestman deve rolar. Quem não tem nada a ver com isso é o New Orleans Saints, o time venceu o Monday Night Football desta segunda feira (15) com autoridade por 31 a 15,  retomou a ponta da nivelada NFC South.  Drew Brees mais uma vez foi o destaque do jogo, lançou 375 jardas e três touchdowns.

O começo do duelo traduziu bem o momento ruim que os dois times vivem em 2014. Nenhum dos dois conseguiu pontuar, apesar de se tratar de duas das piores defesas da NFL em campo (New Orleans 30º e Chicago 32º). Tudo bem que o frio ajudou no placar em branco, mas não era fator determinante . Um show de horrores, com dois turnovers, um de cada lado, nos primeiros minutos de jogo. Martellus Bennett não agarrou  o passe de Jay Cutler, a bola desviou nas mãos do tight end e ficou nas mãos do CB Patrick Robinson. New Orleans começou a campanha na beira da end zone, mas devolveu a posse logo em seguida, o WR Nick Toon sofreu um fumble a alguns passos da linha de goal.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

Apesar do fumble, New Orleans mostrava mais qualidade, principalmente no ataque. do outro lado, Cutler mais uma vez sofria para mostrar algo de positivo. Os Saints dominaram o primeiro tempo inteiro, tanto em posse de bola como em pontos. Mesmo com o kicker Shayne Graham errando um field goal de 51 jardas, foi os Saints que abriram o placar, uma linda conexão de Brees com o TE Josh Hill na primeira jogada do segundo quarto.

Nada funcionava pelos lados de Chicago. Como sempre o que se via em campo era um time apático, sem poderio defensivo algum e muito desorganizado dentro de campo. Provavelmente em sua última temporada no comando dos Bears, Mark Trestman arriscou um bizarro fake punt em uma quarta para três jardas, óbvio que não deu certo. Mais eficientes, os Saints ampliaram o placar antes do intervalo, clássica conexão de Brees com Marques Colston, 67º TD da dupla. Cutler tentou produzir algo nos segundos finais da primeira etapa, mas tudo que conseguiu foi lançar uma interceptação nas mãos do calouro Pierre Warren. Com exatas 83 jardas totais no ataque, os Bears foram ao som de muitas vaias no Soldier Field perdendo por 14 a 0.

Mark Ingram correndo para o touchdown

Mark Ingram correndo para o touchdown

New Orleans seguiu dominando no segundo tempo. Mesmo longe do confortável Superdome, Brees seguia explorando a fraquíssima defesa dos Bears. Com espaço para seus recebedores trabalharem, ele é mortal. O camisa 9 comandou uma linda campanha no começo do terceiro quarto, mais uma vez conectou um touchdown com Josh Hill, praticamente já matando qualquer chance de virada dos torcedores de Chicago. Os Saints capitalizaram o turnover com um field goal de 25 jardas dde Graham.  A única coisa que Cutler fez no período foi lançar mais uma interceptação, mais uma vez nas mãos do calouro Warren, Chicago foi para o último período zerado, com o torcedor abandonando o Soldier Field.

Os Bears começaram a jogar no último período, muito por conta da defesa dos Saints administrar a confortável vantagem de 24 a 0. O time da casa teve a melhor campanha na noite, impulsionado por um ótimo retorno de Marc Mariani. Depois de três interceptações, Cutler lançou seu primeiro touchdown na noite para o jovem Marquess Wilson, ainda converteu uma tentativa de dois pontos com o TE Bennett.

Desesperado, o time de Chicago arriscou uma quarta para oito jardas logo em seguida, mas não teve sucesso. Os Saints aproveitaram a ótima posição de campo para matar definitivamente o duelo, o RB Mark Ingram precisou de três jogadas para entrar na end zone. Os Bears descontaram no famoso “garbage time”, um passe para TD de Cutler para o ótimo Alshon Jeffery.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo(21), duelos em casa dentro de suas respectivas divisões: New Orleans faz um duelo decisivo contra os Falcons, os Bears procuram complicar a vida do rival Lions no Soldier Field.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários