Seahawks batem os Niners em Seattle e eliminam o rival da briga por playoffs

Defesa dos Seahawks avassaladora em Seattle

Defesa dos Seahawks avassaladora em Seattle

Apesar de um início claudicante, o Seattle Seahawks vem crescendo de produção a cada rodada que passa. Esse time certamente vai dar trabalho se for aos playoffs, não estranhe ver os comandados de Pete Carroll mais uma vez vencendo a NFC. Com atuação de gala da defesa, o time bateu o San Francisco 49ers por 17 a 7 no CenturyLink Field, de quebra eliminou o rival da briga por uma vaga na pós-temporada. A “Legion of Boom” limitou o ataque dos Niners a 281 jardas neste domingo (14), o RB Marshawn Lynch acordou no segundo tempo e foi fundamental na conquista da décima vitória em 2014.

Como já é tradicional nos últimos anos, o duelo entre Niners e Seahawks mais uma vez foi caracterizado por uma batalha entre duas fortes defesas. Foi um primeiro tempo de poucos pontos, mas não de pouca emoção. Muito equilíbrio nas ações, com o ataques dominados por dois grupos defensivos espetaculares. Após três punts, o time da casa abriu o placar em Seattle, Steven Hauschka acertou a tentativa de field goal de 38 jardas. Foi um bom drive dos Seahawks, o time caminhou 62 jardas em nove jogadas e três minutos.

-> CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2014
-> VEJA OS PRÓXIMOS JOGOS DO SEU TIME

San Francisco descontou logo em seguida, teve a melhor campanha do time no primeiro tempo. Por incrível que pareça, foi correndo com a bola, o jogo terrestre pífio nas últimas semanas avançava contra a terceira melhor defesa contra corridas em 2014. Impulsionado por um lindo avanço de 30 jardas de Kaepernick, os Niners foram caminhando com Frank Gore, o RB entrou na end zone em uma quarta descida para uma jarda e anotou o primeiro TD do duelo no CenturyLink Field.

O time da casa tinha muita dificuldade para encaixar o jogo corrido, o melhor time correndo com a bola em 2014 ficou limitado a 47 jardas terrestres na primeira etapa. Russell Wilson até conectava algumas jogadas longas, mas é muito difícil anotar touchdowns sendo unilateral. Seattle teve uma ótima campanha nos minutos finais, foi avançando com lindos passes de Wilson. Com oito segundos para o fim do primeiro tempo, os Seahawks já estavam posicionados para um field goal de 41 jardas, mas Pete Carroll queria o touchdown. Resultado: Wilson lançou uma interceptação já com o cronômetro zerado, por pouco o safety Carlos Hyde não retornou para TD. Com exatas 178 jardas totais para cada lado, San Francisco foi para os vestiários vencendo por 7 a 3.

Jermaine Kearse recebeu 78 jardas

Jermaine Kearse recebeu 78 jardas

O domínio defensivo seguiu na segunda etapa. Entretanto, o jogo terrestre de Seattle começava a encaixar, a defesa dos Niners sentia demais a ausência do LB Chris Borland, que saiu contundido. Sem a marcação do calouro, Marshawn Lynch achava alguns espaços para fazer o que sabe de melhor. No melhor estilo “beast mode”, ele correu em cinco das dez jogadas da campanha do time, a última delas entrou com estilo na end zone em um avanço de quatro jardas. Virada que fez explodir o CentutyLink Field!

A defesa dos Seahawks seguia dominando, limitou o ataque dos Niners a exatas seis jardas no terceiro período. Enquanto isso, o ataque de Seattle seguia pontuando. O time da casa ampliou a vantagem no começo do último período, mais uma vez com um bom drive de Wilson. O camisa 3 foi avançando com bons passes, fechou a campanha com um passe de 10 jardas para o calouro Paul Richardson dentro da end zone. A “Legion of Boom” deu um show até o fim, anulou completamente o ataque dos Niners e garantiu a imponente vitória em casa.

San Francisco volta a campo no próximo sábado, isso mesmo, sábado, no Levi’s Stadium contra o San Diego Chargers. Seattle vai a campo no dia seguinte (21), faz o Sunday Night Football fora de casa diante do Arizona Cardinals.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários