Principais transações do terceiro dia de Free Agency

Assim como os dois primeiros, o terceiro dia de Free Agency foi bastante movimentado, principalmente pelas decisões do Philadelphia Eagles. O time vem sendo o centro das atenções, com trocas ousadas e muitas mudanças de seus principais jogadores. As Águias assinaram ontem (12) com dois dos running backs mais cobiçados do mercado, formando um trio de dar inveja a qualquer franquia: DeMarco Murray, Ryan Mathews e Darren Sproles! Confira as principais transações do terceiro dia:

DeMarco MurrayDeMarco Murray, do Dallas Cowboys para o Philadelphia Eagles

Quem diria que o destino do cobiçado running back seria um dos maiores rivais da equipe de Dallas. Após contestadas decisões do técnico Chip Kelly, essa deixou o torcedor de Philadelphia contente. O time contratou um ótimo jogador, depois de ver outros talentos irem embora. O camisa 29 assinou por cinco anos com os Eagles, contrato de 42 milhões de dólares, 21 deles garantidos. Murray foi com sobras o melhor RB na liga no ano passado: 1,845 jardas terrestres e 13 TDs em 392 carregadas. Números que fazem dele um baita reforço para o novo ataque de Kelly.

 

matthewsRB Ryan Mathews, do San Diego Chargers para o Philadelphia Eagles

Não satisfeito em contratar o melhor RB disponível do mercado, Philly também contratou Ryan Mathews, fazendo um jogo terrestre que já era bom se tornar espetacular. Apesar do histórico de lesões, perdeu 20 partidas nas últimas cinco temporadas, o camisa 24 é um talento incontestável na posição. Muito bom conseguindo jardas depois do contato, deve ser a opção de Chip Kelly em jogadas para poucas jardas, com Murray carregando o piano e Darren Sproles recebendo passes laterais. Que trio!

 

Chicago Bears v New England PatriotsCB Brandon Browner, do New England Patriots para o New Orleans Saints

O jogador estava no time que venceu o Super Bowl nos últimos dois anos, ótima notícia para os torcedores dos Saints. O cornerback assinou por três anos e 15 milhões de dólares, 7,5 deles garantidos. Mesmo sem ser brilhante em New England, foi bem quando exigido, jogou nove jogos da temporada regular e os três dos playoffs como titular. Ao todo foram 731 snaps em campo, desviou sete passes e teve uma interceptação.  Bom reforço para atuar ao lado de Keenan Lewis, possui um biotipo que se encaixa bem no esquema do coordenador Rob ryan.

 

cromartieCB Antonio Cromartie, do Arizona Cardinals para o New York Jets

Cromartie foi o terceiro cornerback a desembarcar em New York em apenas três dias. O jogador chega para reviver a parceria com Darrelle Revis, ambos defenderam os Jets juntos de 2010 a 1012. Foi muito bem na primeira metade do ano passado, sob o comando do então coordenador defensivo e agora técnico principal dos Jets, Todd Bowles. Caiu de rendimento na segunda metade, assim como todo o time, após a contusão do QB Carson Palmer. O ataque não conseguia ficar em campo, sobrecarregando a boa defesa. O outro recém-chegado, Buster Skrine, deve atuar de nickel, sobrou para o jovem Dee Milliner…

 

cameronTE Jordan Cameron, do  Cleveland Browns para o Miami Dolphins

Mesmo com o histórico de lesões, Cameron foi um alvo consistente enquanto esteve em campo. Foi nisso que os Dolphins apostaram, ao assinarem um contrato de dois anos e 15 milhões de dólares com o tight end.  Ele mostrou ser um ótimo TE nos Browns em 2013, recebeu 917 jardas e sete TDs mesmo em um time fraco, foi para o seu primeiro e único Pro Bowl. Sucesso que foi brecado no ano seguinte, Cameron sofreu para ficar saudável, atuou em apenas nove partidas com um histórico de várias contusões. Fará uma ótima dupla ao lado de Charles Clay.

 

mooreFS Rahim Moore, do Denver Broncos para o Houston Texans

Boa contratação dos Texans, assinaram com o jogador por três anos e 15 milhões de dólares. Apesar da pouca idade, 25 anos, Moore tem bastante experiência na liga, já disputou os playoffs em 2011, 2012 e 2014. Após quase perder a perna em 2013, com uma gravíssima lesão, o safety deu a volta por cima ano passado. Foi titular em todos os 16 jogos, computou quatro interceptações, cinco passes defendidos, 49 tackles e dois fumbles forçados. Acostumado a atuar mais no fundo do campo, deve agora ficar mais próximo da linha, substituindo Kendrick Lewis.

 

forsettRB Justin Forsett renovou com o Baltimore Ravens

O caso de Forsett é algo raro na NFL, um running back que explodiu após seis anos irrelevantes na liga. Após atuar sete jogos como titular nas primeiras seis temporadas, ele foi contratado pelos Ravens para ser um dos backups na posição. Aos poucos foi conquistando espaço no time, assumiu o posto de titular na semana 3 e não saiu mais. Fechou 2014 com 1,266 jardas e oito TDs. Números que renderam um novo contrato com os Ravens, nove milhões de dólares e mais três anos em Baltimore. Apesar dos 29 anos, ele deve ter muita lenha para queimar, visto que praticamente não atuou nos primeiros anos de NFL.

 

knightonDT Terrance Knighton, do Denver Broncos para o Washington Redskins

Escolhido pelo Jacksonville Jaguars na terceira rodada do Draft 2009, o jogador explodiu mesmo quando chegou ao Denver Broncos em 2013. Destaque da defesa no título da AFC daquele ano, manteve a regularidade em 2014, um dos melhores DTs da liga contra corridas.  Assinou com os Redskins por um ano e quatro milhões de dólares, estranho como um jogador como ele não conseguiu um acordo mais longo em outro lugar.

 

allenFS Nate Allen, do Philadelphia Eagles para o Oakland Raiders

Os autos e baixos de Allen dentro da mesma partida impressionam. Ele é capaz de fazer uma jogada espetacular, depois uma burrada gigantesca no snap seguinte. Após um 2012 trágico, ele melhorou um pouco em 2013, mas afundou assim como toda a secundária do time em 2014. Cedeu cinco touchdowns ano passado, números que preocupam os torcedores dos Raiders. Mesmo assim ele teve quatro interceptações, cinco passes defendidos e 51 tackles. Ficará em Oakland por quatro anos.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários