Relatório aponta que Tom Brady sabia das bolas murchas na final da AFC

Bolas murchas da final da AFC ainda rende

Bolas murchas da final da AFC ainda rende

Já se passaram mais de três meses desde a final da AFC e o Deflategate segue rendendo. A investigação independente do advogado criminal Ted Wells revelou nesta quarta-feira de que é mais provável do que não que Tom Brady e o New England Patriots sabia que as bolas da decisão da Conferência Americana, contra o Indianapolis Colts, estavam murchas.

O relatório, que tem 243 páginas e está disponível para consulta, se baseou em várias entrevistas com membros dos Patriots, gravações telefônicas e mensagens de textos dos envolvidos no relatório.

RELEMBRE
Bola murcha? NFL vai investigar os Patriots por bolas descalibradas na final da AFC

Ted Wells chegou a duas conclusões iniciais e apontou dois responsáveis pelo esquema: Jim McNally, responsável pelo vestiário dos Patriots, e John Jastremski, que controla os equipamentos da franquia de New England. Em um troca de mensagens entre ambos, o relatório aponta que Brady sabia das condições.

texts.0

Logo no início do caso, ainda antes do Super Bowl 49, vencido pelos Patriots, Tom Brady negou qualquer participação no Deflategate, mas se negou a cooperar com as investigações de Ted Wells, que requisitou algumas troca de emails, mensagens de texto e outras comunicações eletrônicas.

– Eu tenho um processo antes de todo o jogo no qual eu escolho as bolas que eu quero usar. Quando eu peguei, para mim estavam perfeitas. Não alterei nenhumas delas de maneira alguma. Eu joguei dentro das regras – afirmou Brady na ocasião.

Vai ter punição?

O relatório não é oficial, então não pode ser levado em conta, mas pode servir para uma base em relação a nova investigação. Uma punição envolvendo escolhas no Draft é a forma de punir mais tradicional na NFL. Como o Draft 2015 aconteceu na semana passada, talvez uma punição financeira ao time é algo que dá para imaginar. Aos envolvidos diretamente, caso uma investigação da NFL confirme isso, também é provável, mas não será nada assustador, levando em conta que o time foi o vencedor do Super Bowl e uma punição muito pesada poderia acarretar até em uma anulação, o que não deve acontecer.

Mais uma polêmica

Este não é o primeiro imbróglio envolvendo os Patriots. Em 2007, a espionagem no Spygate rendeu ao time punições pesadas. O técnico Bill Belichick foi multado em 500 mil dólares, e a franquia em 250 mil dólares, além de perder a escolha de primeira rodada do Draft 2008.

Na ocasião, a NFL afirmou que o New England Patriots agiu de forma deliberada e calculada para burlar as regras da NFL.

Comentários