Com desempenho desastroso, Eagles perdem para os Cowboys em Philly

Um jogo para o torcedor do Philadelphia Eagles simplesmente esquecer. Em um dos piores desempenhos ofensivos da história, o time caiu para o Dallas Cowboys por 20 a 10 em pleno Lincoln Financial Field. O que o ataque das Águias apresentou na tarde do último domingo (20) chegou a ser bizarro: linha ofensiva nula, quarterback muito mal, jogo corrido com jardas negativas e recebedores não agarrando passes. Méritos também da defesa dos Cowboys, pressionou muito Sam Bradford e segurou a bronca mesmo após o time perder o QB Tony Romo por contusão. Apesar da segunda vitória consecutiva, a lesão dá um gosto amargo para o torcedor de Dallas, o time que já não contará com o WR Dez Bryant por muito tempo não terá seu quarterback por no mínimo sete semanas.

O linebacker Sean Lee destruiu o ataque dos Eagles: 14 tackles e uma interceptação

O linebacker Sean Lee destruiu o ataque dos Eagles: 14 tackles e uma interceptação

Um começo devagar na Cidade do Amor Fraternal, foram incríveis nove punts somando as duas equipes no primeiro tempo. A defesa dos Eagles começou bem parando o bom ataque de Dallas, mas o ataque era completamente dominado pela linha defensiva desfalcada dos Cowboys. A melhor campanha do primeiro tempo foi do time visitante, um bom drive de dez jogadas e seis minutos que quase resultou em touchdown. Quase. O TE Gavin Escobar foi derrubado a uma jardinha da end zone, a defesa das Águias apareceu bem e transformou o eminente TD em field goal.

O único first down do time da casa em toda a primeira etapa veio de uma falta, as muitas mudanças do técnico Chip Kelly na intertemporada ainda não fizeram efeito. O ponto chave da ineficiência foi a linha ofensiva, principalmente os guards, péssimos tanto na proteção de Sam Bradford como em abrir os espaços para DeMarco Murray. Mesmo desfalcada, a linha dos Cowboys dominava totalmente. O ataque de Dallas não estava avassalador, mas teve outra boa campanha antes do intervalo. Foram 15 jogadas em cinco minutos, os Cowboys mais uma vez bateram na porta da end zone e tiveram que se contentar com outro field goal curto de Dan Bailey no estouro do cronômetro. Pela apatia do ataque, Philly ficou no lucro ao ir para os vestiários perdendo por apenas seis pontos.

Murray foi muito mal contra o ex-time

Murray foi muito mal contra o ex-time

O touchdown dos Cowboys que tanto custou para acontecer no primeiro tempo veio no começo do segundo, mas não graças ao ataque. O time de especialistas fez um ótimo trabalho bloqueando o punt de Donnie Jones, o LB Kyle Wilber retornou por 26 jardas e anotou o primeiro touchdown da tarde no Lincoln Financial Field. A empolgação do torcedor de Dallas deu lugar à preocupação minutos depois, Tony Romo sofreu um fumble forçado por Jordan Hicks e caiu de forma assustadora no gramado. O quarterback quebrou a clavícula, deve ficar pelo menos sete semanas fora da equipe.

Philly tinha o momento todo à favor, foi avançando no gramado e pela primeira vez na tarde entrou o campo de ataque. O QB Sam Bradford tinha tudo para se consagrar, mas mostrou aquele lado ruim que o torcedor de St. Louis já viu por muitas vezes: péssima visão de jogo e escolhas erradas. Ele tinha dois WR livres, mas lançou a bola no meio da end zone para o TE Zach Ertz totalmente marcado. O monstro Sean Lee interceptou o passe e jogou um balde de água fria na reação das Águias.  Os primeiros pontos do time da casa vieram apenas no começo do último quarto, um field goal de 46 jardas convertido por Cody Parkey.

A esperança de uma improvável virada voltou a aparecer, o CB Byron Maxwell forçou um fumble que o safety Malcolm Jenkins retornou por 34 jardas. A defesa fazia a parte dela, mas o ataque não correspondia. O ataque retribuiu a gentileza e logo no primeiro snap devolveu a posse de bola, fumble em um lance bizarro do center Jason Kelce mandando o snap antes da hora.

A bola até voltou para os Eagles, mas Bradford acabou com qualquer chance de reação com uma interceptação do safety JJ Wilcox. Um reflexo do que foi todo o jogo, com os recebedores do time sofrendo demais para agarrar os passes, Ertz não segurou e a bola ficou no ar para a secundária de Dallas. Reserva de Romo, Brandon Weeden fechou o caixão com uma conexão de 42 jardas para o touchdown do WR Terrance Williams. Com o estádio quase vazio, Philadelphia anotou o único TD da partida com uma conexão de Bradford para o WR Jordan Matthews no famoso ‘garbage time’.

Com um começo desastroso de 0-2, o Philadelphia Eagles retorna a campo fora de casa contra o New York Jets. Sem Romo e Dez Bryant, os Cowboys recebem o Atlanta Falcons no AT&T Stadium. Ambos os confrontos acontecem no próximo domingo (27) às 14h horário de Brasília.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários