Panthers vacilam, mas vencem os Colts na prorrogação e seguem invictos

Que final de jogo no Monday Night Football! Tudo parecia encaminhado para uma vitória do Carolina Panthers, mas o Indianapolis Colts foi buscar uma diferença de 17 pontos, levando o duelo para a prorrogação! Os Colts até saíram na frente no tempo extra, mas os Panthers garantiram a vitória com dois field goals longos do kicker Graham Gano. Vitória espetacular por 29 a 26 no Bank of America Stadium, triunfo que mantém o time dos Panthers invicto em 2015! Do lado vencedor, Cam Newton mais uma vez foi destaque, teve frieza nos momentos necessários para liderar a sétima vitória da temporada. Já nos Colts, Andrew Luck teve altos e baixos: foi genial para tirar uma diferença de 17 pontos para levar o duelo para a prorrogação, mas lançou três interceptações ao longo do embate, a última delas deu a posse de bola que os Panthers precisavam para matar o confronto no tempo extra.

panthers colts grande

Chovia demais em Charlotte, mesmo assim o time da casa entrou em campo com uma intensidade impressionante. Junte isso com vários erros dos Colts no início do duelo para um cenário de pesadelo para o torcedor de Indianapolis. As duas primeiras campanhas da equipe visitante resultaram em turnovers, que somados aos outros 15 fazem do time o segundo que mais deu a bola ao adversário, apenas atrás do Detroit Lions (20).

O primeiro deles foi um fumble logo no primeiro minuto de partida, a bola muito molhada pela chuva escapou das mãos do center Jonotthan Harrison. Faltou um pouco de experiência ao garoto apenas no segundo ano na liga, foi o primeiro snap dele como center nos últimos sete jogos. O safety Roman Harper recuperou a bola, os Panthers capitalizaram abrindo o placar com um field goal de 26 jardas de Graham Gano. O segundo turnover foi uma interceptação de Andrew Luck, Charles Tillman agarrou o passe ruim e colocou o time em uma ótima posição de Campo. Eis que o QB Cam Newton apareceu bem, o time converteu duas quartas descidas, na última delas o RB Jonathan Stewart entrou na end zone!

colts panthers 2Um desastre até então, os Colts foram aos poucos equilibrando as ações, o jogo corrido começou a fluir e a defesa tinha sucesso brecando o ataque do time da casa. Aliás, mais do que isso, também forçava turnovers. Indianapolis  teve duas roubadas de bola, ambas no segundo quarto, mas apenas a primeira resultou em pontos: um fumble do RB Jonathan Stewart que se transformou em um field goal de 36 jardas convertido pelo fantástico Adam Vinatieri. O CB Vontae Davis interceptou um passe horrível de Cam Newton, mas os Colts não capitalizaram. O time visitante converteu outro field goal, esse de 47 jardas, antes do intervalo, os Panthers foram para os vestiários vencendo por 10 a 6.

Se o nível do duelo já estava ruim no segundo período, ficou ainda pior depois do intervalo, ataques improdutivos tentando se encontrar no meio de muita chuva no Bank of America Stadium. As defesas dominaram as ações no terceiro período. Newton chegou a bater duas vezes na porta da end zone, mas em apenas uma das oportunidades pontuou. Na primeira ficou a uma jardinha do touchdown, mas sofreu o fumble na hora do snap e perdeu a posse de bola. Após os Colts não capitalizarem, a bola voltou para os Panthers, dessa vez o camisa 1 não perdoou: o QB precisou de duas jogadas para encontrar o TE Greg Olsen no meio da end zone.

panthers colts grandeCarolina aumentou ainda mais a vantagem no início do último quarto, mais uma vez capitalizando os turnovers adversários. Andrew Luck lançou a segunda interceptação da noite, os Panthers computaram em uma campanha rápida de três jogadas, a última delas um passe para touchdown de Cam Newton para o jovem WR Corey Brown. Para surpresa geral, o kicker Graham Gano não converteu o extra point após o TD. Mesmo assim, o time tinha 17 pontos na frente com 10 minutos restantes de partida… Esse erro no chute não faria diferença, certo? Errado.

Luck recebeu a bola de volta com menos de 10 minutos do relógio, precisava de pelo menos dois touchdowns e um field goal para levar o duelo para uma improvável prorrogação. Foi exatamente o que aconteceu! O camisa 12 operou um milagre em Charlotte, tirou 17 pontos da cartola e levou o duelo para o tempo extra! As duas primeiras campanhas tiveram oito jogadas e resultaram em touchdowns, em passes de Luck para o WR Andre Johnson e o TE Coby Fleener, respectivamente. O ataque de Indianapolis ainda retornou a campo e ficou a seis jardas do touchdown que daria a vitória, mas se contentaram com um field goal de 24 jardas praticamente no estouro do cronômetro.

colts panthers grandeO momento era todo a favor dos Colts, o time venceu a disputa de cara ou coroa e ganhou a posse de bola no começo do tempo extra. O ataque de Indianapolis seguiu na mesma toada do último período, avançou o suficiente para posicionar o monstro Vinatieri para um difícil chute de 50 jardas na chuva. O mito de 42 anos colocou dentro do “Y” e deu a vantagem aos visitantes! Com toda a pressão do mundo nos ombros, Cam Newton não sentiu a pressão, também posicionou seu kicker para um chute de 50 jardas que voltou a empatar o duelo.

As duas equipes tiveram a posse de bola no tempo extra, portanto, qualquer outra pontuação vencia o jogo. Luck teve tudo para sacramentar o 10º comeback da carreira, mas deu azar no momento mais decisivo: o TE Coby Fleener não agarrou o passe, a bola ficou no ar e foi interceptada pelo monstro Luke Kuechly! Em ótima posição de campo, Newton posicionou Graham Gano para um chute de 52 jardas, o kicker se redimiu daquele extra point errado e converteu o field goal! Vitória suada que manteve a invencibilidade dos Panthers!

As duas equipes voltam a campo jogando em casa no próximo domingo (8): Os Panthers recebem os Packers, os Colts recebem os Broncos de Peyton Manning no Lucas Oil Stadium.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários