Seahawks batem os Steelers em um duelo sensacional dos ataques aéreos

Que partida espetacular na noite deste domingo, Seattle Seahawks e Pittsburgh Steelers protagonizaram um dos melhores, se não o melhor, duelo da temporada. Embate de dois grandes times em Seattle, desempenhos fantásticos dos dois quarterbacks e sete alternâncias na liderança do placar. No final prevaleceu o domínio dos Seahawks jogando no CenturyLink Field, o time venceu por 39 a 30 em Washington. O QB Russell Wilson teve o melhor jogo da carreira lançando touchdowns, foram cinco ao todo sem nenhuma interceptação, 345 jardas. Do outro lado teve um Ben Roethlisberger também inspirado, as 456 jardas aéreas totais que ele computou foi o maior número que a defesa dos Seahawks cedeu a um QB em toda sua história.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo (06): os Seahawks viajam para encarar o forte Minnesota Vikings às 16h em Minneapolis, os Steelers recebem os Colts no Sunday Night Football às 23h30.

grande

Show de TDs no segundo período

steelers seahawks 4Apesar do ambiente hostil do CenturyLink Field, foi o time de Pittsburgh que comandou as ações no primeiro quarto. A defesa dos Steelers anulou totalmente o ataque de Seattle, o setor ofensivo ficou bastante em campo comandando o cronômetro. Mas apesar do domínio, o time anotou apenas três pontos no começo do duelo, Chris Boswell colocou o chute de 44 jardas no “Y” e abriu o placar em Washington.

A primeira jogada do segundo período foi, no mínimo, inusitada. Após outra boa campanha, os Steelers entraram em formação de field goal para converter mais um chute de 45 jardas, mas a jogada era na verdade um passe. A ideia até foi boa, mas a execução péssima, o time demorou demais para fazer o snap e deu tempo para o time de Seattle se organizar. Resultado: um passe horrível do QB Landry Jones, facilmente interceptado por Jeremy Lane. O CB não retornou para TD, mas deu ao ataque de Seattle uma ótima posição de campo. Apagado até então, Russell Wilson precisou de cinco jogada para capitalizar o turnover, lançou um passe de 16 jardas para o WR Doug Baldwin dentro da end zone.

steelers seahawks 3O final do segundo quarto foi eletrizante, foram três touchdowns em um período de sete minutos, em todas as pontuações a liderança no placar se alternou. 12º melhor ataque da liga, os Steelers começaram o show de TDs com uma linda jogada, o WR Martavis Bryant fez uma rota ‘end around’ e correu pelo lado esquerdo para a end zone. Os Seahawks receberam a bola de volta e já deram a resposta, o ataque aéreo totalmente apagado resolveu funcionar. Wilson acertou sete dos oito passes tentados na campanha, o último deles um foguete para o touchdown do WR Jermaine Kearse.

O último dos três TDs foi do time visitante, Ben Roethlisberger encontrava alguns espaços contra a boa secundária de Seattle. Após uma bomba de 41 jardas do QB para a recepção de Markus Wheaton, os Steelers voltaram a assumir a ponta do placar com um touchdown terrestre do RB DeAngelo Williams, ex-Panthers. O técnico Mike Tomlin mostrou agressividade chamando uma conversão de dois pontos, Big Ben acertou o passe para o TE Jesse James e colocou a diferença em quatro pontos. Pittsburgh foi para os vestiários liderando por 18 a 14.

Segunda etapa eletrizante

steelers seahawks 1Assim como no fim do primeiro tempo, os Steelers voltaram fortes para a segunda etapa, a primeira campanha do time teve 11 jogadas e sete minutos de posse. O time bateu na porta da end zone, mas não entrou, o time foi obrigado a se contentar com um field goal curto de Boswell.

Tudo ia bem para os Steelers encaminharem uma excelente vitória fora de casa, eis que os turnovers começaram a aparecer. Por incrível que pareça, ambos foram em interceptações de Roethlisberger, dois passes bem ruins do ótimo quarterback. Para azar de Big Ben, o ataque de Seattle capitalizou touchdowns nas duas posses de bola: um mergulho do RB Thomas Rawls dentro da end zone e uma linda conexão de 9 jardas de Wilson para Jermaine Kearse. Apesar de Seattle retomar a ponta no placar, o time falhou na conversão de dois pontos.

Após dois erros, Big Ben se redimiu, recebeu a bola de volta e voltou a retomar a liderança no placar. Após dois passes curtos, o camisa 7 mandou uma bomba para Markus Wheaton, o recebedor venceu a Legion of Boom e recebeu a bola sozinho para o touchdown de 69 jardas! Dessa vez a conversão de dois pontos não foi boa, mesmo assim Pittsburgh retomou a frente do marcador. Não por muito tempo, que jogaço espetacular em Seattle. A batalha de ataques aéreos seguiu com Russell Wilson acertando quatro passes seguidos, o último deles uma linda conexão de 30 jardas Doug Baldwin para touchdown.

Calma, não perca a conta,  o jogo estava 32 a 27 para os Seahawks com oito minutos para o final. Os Steelers receberam a bola de volta e tiveram uma ótima campanha de mais de cinco minutos liderada por Roethlisberger. Com três minutos para o fim, Pittsburgh estava em uma quarta descida a três jardas da end zone. Ao invés de arriscar, o time resolveu confiar na defesa, chutou um field goal de 22 jardas. E se deu mal. Wilson fechou com chave de ouro uma atuação de gala, ao invés de devolver a posse ele matou o jogo a seu favor, conexão fantástica de 80 jardas, mais uma vez para Baldwin. Duas posses atrás, os Steelers nada pudera fazer, linda vitória de Seattle no CenturyLink Field!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários