Com três FGs de Cairo Santos, Chiefs atropelam os Texans nos playoffs

“Houston, we have a quarterback problem”. Que patética foi a participação do Houston Texans nos playoffs, ao cair em casa sem anotar um pontinho sequer. O time até tem uma defesa dominante, mas não vai a lugar nenhum sem um quarterback competitivo. Brian Hoyer foi uma lástima e os cinco turnovers dele foram determinantes para o atropelamento por 30 a 0 do Kansas City Chiefsno NRG Stadium, em Houston. Apesar disso, foi uma ótima partida dos Chiefs no duelo de Wild Card da temporada 2015, deram uma aula defensiva e venceram com autoridade. O kicker Cairo Santos teve uma partida excelente, a primeira participação de um brasileiro na pós-temporada foi consistente: dois field goals de 49 jardas, mais um de 33 e três extra points. 12 pontos na pós-temporada: boa, Cairão!

SAIBA MAIS
Confira a tabela dos playoffs da NFL

O adversário do Kansas City Chiefs vai depender do vencedor do próximo duelo de playoffs às 23h15. Se os Steelers vencerem, o time viaja ao Gillette Stadium para encarar o New England Patriots no próximo sábado (16) às 19h35. Caso os Bengals vençam, a equipe sobe as montanhas para encarar o Denver Broncos no próximo domingo (17) às 19h40. A última vez que os Chiefs disputaram um jogo de Divisional Round foi no distante ano de 2003, o time do lendário técnico Dick Vermeil e do TE Tony Gonzalez caiu em casa por 38 a 31 para os Colts de Peyton Manning.

chiefs texans grande

Houston, we have a problem

Que começo trágico para o Houston Texans, o torcedor mal teve tempo de se acomodar nas cadeiras do NRG Stadium e o time já estava perdendo. A primeira pontuação nos playoffs 2016 aconteceu de forma relâmpago, logo no kickoff. Nick Novak chutou dentro da end zone adversária, o RB Knile Davis agarrou a bola, contou com ótimos bloqueios e anotou o primeiro TD da pós-temporada! Avanço de 106 jardas!

chiefs texans 2Essa foi a única pontuação do primeiro período. Os dois times sentiam a intensidade e o peso do jogo, principalmente a equipe da casa. Foram três turnovers consecutivos, dois deles do QB Brian Hoyer. Claramente o veterano de sete temporadas na NFL sentia a responsabilidade em seu primeiro jogo de pós-temporada. Ele lançou a primeira interceptação da noite logo no segundo drive, um passe horroroso que ficou no peito do safety Eric Berry! Que história de superação do camisa 29 após vencer a dura batalha contra o câncer no ano passado. Os Chiefs tiveram a bola de volta e retribuíram a gentileza. Alex Smith lançou um passe pelo meio para Jeremy Maclin, a bola bateu nas mãos do WR e ficou no ar, agarrada pelo LB Brian Cushing.

Hoyer teve a bola de volta e… turnover. Pelo menos dessa vez não foi lançando, ele simplesmente soltou antes, ao que parece a bola bateu de leve no LT Chris Clark e saiu das mãos dele. Eis que, no começo do segundo quarto, o personagem dos Chiefs no primeiro tempo apareceu: Cairo Santos. O brasileiro mostrou uma frieza impressionante na hora da decisão, teve duas tentativas de 49 jardas, colocou ambos os chutes dentro do “Y”, até com certa tranquilidade. É do Brasil!

Se a noite estava iluminada para o brasileiro, estava desastrosa para Brian Hoyer. O QB lançou mais duas interceptações antes do intervalo! O último quarterback teve quatro turnovers em uma metade de jogo nos playoffs foi Eli Manning em 2005. Kansas City foi o segundo melhor time no saldo de turnovers na temporada regular (+10). Pelo menos a forte defesa dos Texans apareceu bem, os Chiefs não computaram as roubadas de bola em pontos. O jogo foi para o intervalo sem nenhum touchdown de ataque, os visitantes podiam ter aberto uma grande vantagem, mas foram para os vestiários vencendo apenas por 13 a 0.

Administração da vantagem

chiefs txans 1O domínio defensivo prevaleceu também na segunda etapa, claro que estamos falando de duas das melhores defesas da liga. Disposto a apagar o primeiro tempo lamentável, Brian Hoyer teve a bola na primeira campanha da segunda etapa. Administrou uma campanha de 11 jogadas e cinco minutos que terminou em punt. Chuva de vaias no NRG Stadium! Os Chiefs tiveram a bola e também tiveram um drive de 11 jogadas e cinco minutos… mas esse acabou em touchdown. Sim, um TD de ataque! Em passe de nove jardas de Alex smith para o WR calouro Chris Conley.

Quando o JJ Watt deixou o gramado mancando no terceiro período, os 71 mil torcedores já começaram a deixar o estádio. Claramente gastando o relógio, Kansas City deu contornos de atropelamento ao embate, com um TD corrido de Spencer Ware no começo do segundo quarto. Brian Hoyer lançou, para variar, mais uma interceptação antes do fim do jogo, a quarta dele na partida, Cairo Santos capitalizou o turnover com mais um field goal, esse de 33 jardas, feio, mas dentro do “Y”. Vitória incontestável dos Chiefs!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários