Onze observações sobre a semana 1 da pré-temporada 2016 da NFL

O longo e tenebroso inverno acabou, e a pré-temporada 2016 da NFL teve sua primeira semana concluída na noite de domingo, com o jogo entre Texans e 49ers. Como sempre acontece, a maioria dos times usam as partidas da preseason para observar jogadores e dar rodagem aos calouros, evitando expor muito os atletas em possíveis contatos, que podem ocasionar lesões mais graves para o decorrer do ano.

Alguns calouros estão sendo observados bem de perto, assim como alguns titulares que desejam estar prontos para a semana 1. O Endzone Brasil acompanhou os jogos e lista os destaques da primeira semana de jogos da pré-temporada.

1) Cairo Santos

O Zika das Bicudas mostrou ao que veio logo no primeiro jogo da temporada. Contra os Seahawks, ele não tomou conhecimento dos fortes ventos de Kansas City e mandou logo de cara três field goals no primeiro jogo: 28, 49 e o último de 58 jardas – o maior desta primeira semana de jogos. Apenas Graham Gano, dos Panthers, acertou mais chutes que o brazuca, que está cada vez mais no ritmo e promete ter um grande ano. Apesar da boa atuação de Cairo Santos, seu time perdeu por 17 a 16.

 

 

2) Jimmy Garoppolo

Sem Brady nos quatro primeiros jogos, Jimmy Garoppolo vai ter a pré-temporada para entrar pra valer no ritmo da NFL até o início da temporada regular. Sem alguns dos principais recebedores em campo, como Edelman e Amendola, ele mostrou solidez no jogo contra os Saints, vencido pelos Patriots por 34 a 22. A boa atuação rendeu elogios do titular após a primeira partida. Garoppolo jogou um tempo inteiro, com 11/18 para 168 jardas.

3) Gabbert desperdiça chance

Blaine Gabbert é o favorito para iniciar o ano como titular dos 49ers, e o quarterback poderia ter confirmado isso no primeiro jogo. No entanto, sua atuação foi bem abaixo do que todos esperavam – Colin Kaepernick não jogou a partida, foi poupado. Gabbert não começou bem, mas lançou um touchdown de 43 jardas para Vance McDonald. Algumas jogadas pelo chão mostraram pontos positivos, mas outros passes ruins seguem deixando a pulga atrás da orelha de Chip Kelly. Kaepernick deve ganhar uma chance antes do treinador definir quem será o titular na semana 1.

4) DeMarco Murray

Depois de um péssimo ano na Philadelphia, o novo running back dos Titans deu motivos para a torcida ficar animada. Na vitória por 27 a 10 sobre os Chargers, DeMarco Murray emplacou um touchdown de 71 jardas. Ele terminou o jogo com seis tentativas, 93 jardas e um touchdown. No geral, a franquia do Tennessee conseguiu 288 jardas pelo chão. Derrick Henry também se destacou no quesito.

Murray anotou touchdown após grande corrida no primeiro jogo pelos Titans

Murray anotou touchdown após grande corrida no primeiro jogo pelos Titans

5) Wentz machucado

Não foi a estreia que todos esperavam do calouro, mas Carson Wentz mostrou que tem talento para ajudar o time da Philadelphia, apesar das 89 jardas e uma interceptação na vitória sobre os Bucs por 17 a 09. A torcida dos Eagles gostou do que viu no QB, que pode evoluir muito na NFL, pois mostrou técnica e ser um jogador extremamente atlético. Depois do jogo ficou constatada uma leve lesão nas costelas, que deve tirar o jogador de ação da pré-temporada.

6) Dak Prescott vai bem pelos Cowboys

No retorno da NFL a Los Angeles, quem se deu bem foi o QB calouro Dak Prescott, que segundo o WR Dez Bryant, não jogou como calouro na derrota por 28 a 24 para os Rams. Ele terminou suas duas primeiras campanhas com dois touchdowns e liderou o ataque para um field goal na terceira, terminando o jogo com 10/12 para 139 jardas e dois touchdowns. Nada mal para um quarterback calouro de quarta rodada.

Dak Prescott estreou bem pelos Cowboys

Dak Prescott estreou bem pelos Cowboys

7) Reclamações em Indy

O dono do Indianapolis Colts, Jim Irsay, não gostou muito das diversas jogadas de blitz apresentadas pelo Buffalo Bills na estreia da temporada. Por isso Andrew Luck, que perdeu grande parte de 2015 por causa de lesão, nem entrou em campo no duelo vencido pelo time de Indianapolis por 19 a 18, em Buffalo. Além disso, a chuva que caiu antes do jogo deixou o gramado bem escorregadio, aumentando o risco de lesão.

8)  Estreia de RGIII

O começo foi animador, com um passe de 49 jardas para Terrelle Pryor. No entanto, Robert Griffin III sofreu um fumble na jogada seguinte e depois foi interceptado. Foram apenas oito snaps para RGIII, mas deu para entender que ele ainda precisa entender melhor o jogo do seu novo time e que será o QB titular no início da temporada regular.

9) Olho em Devontae Booker

O running back calouro do atual campeão, Denver Broncos, vem ganhando muito espaço. O início promissor vem agradando a comissão técnica, que deixa o jogador como segundo RB do time, atrás de C.J. Anderson e a frente de Ronnie Hillman na briga pela titularidade para a posição nos Broncos.

10) Osweiler deixa a desejar

Não foi o que o torcedor do Houston Texans esperava ver de Brock Osweiler na sua estreia, na vitória por 24 a 13 sobre os Niners. Contratado a preço de ouro, ele produziu apenas passes curtos, tendo completado 4/7 e produzido três pontos enquanto esteve em campo. Foram dois drives muito rápidos terminando em punts antes de liderar a campanha de FG. A conexão com DeAndre Hopkins precisa ser ajustada.

11) Melvin Gordon: agora vai?

56 jardas em quatro tentativas terrestres e um touchdown de 44 jardas no primeiro jogo em 2016. Depois de um 2015 frustrante, o RB dá sinais de que pode subir de produção em 2016. A jogada do touchdown veio em um passe curto, que Melvin Gordon recebeu bem e arrancou para a endzone, forçando o defensor para dentro da área de pontuação.

BANNERNIKE

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários