Bradford brilha na estreia, Vikings batem os Packers e vencem 1º na nova casa

Que partida para o torcedor do Minnesota Vikings guardar na memória: o time venceu possivelmente seu maior rival, o Green Bay Packers, e comemorou a primeira vitória da história do US Bank Stadium – sua nova casa! E que estádio espetacular! Além do campo, outra estreia que chamou a atenção foi a de Sam Bradford – parecia que o quarterback estava há anos no comando do ataque! As 286 jardas e dois TDs foram fundamentais para a vitória por 17 a 14 no Sunday Night Football! Pior para os Packers, que viu a chance de vitória escapar com uma rara interceptação de Aaron Rodgers. O único porém para o torcedor dos Vikes foi Adrian Peterson: o RB saiu de campo contundido e a primeira impressão não é nada boa.

Os dois times da NFC North voltam a campo no próximo domingo (25) às 14h: os Vikings viajam até Charlotte para encarar os Panthers… uma pedreira! Já os Packers recebem o Detroit Lions no Lambeau Field.

vikings-packers-grande

A vitória fez a alegria de muita gente nas casas de aposta, visto que os Vikings eram considerados azarões no confronto. Quem investiu no time de Minnesota se deu muito bem! Segundo dados da Oddsshark.com/br, o triunfo dos Vikes mais do que dobrou o investimento: odd de 2,10! Ou seja, 10 reais investidos em Sam Bradford e companhia se transformaram em 21!

Bradford brilha na primeira etapa

vikings-packers-2Que clima sensacional na inauguração do US Bank Stadium – sem dúvidas um dos estádios mais lindos e modernos do mundo. A atmosfera criada pelo torcedor dos Vikings foi espetacular, mas o time não fez grande coisa no primeiro quarto. A defesa até começou o duelo forçando um turnover, mas o safety Andrew Sendejo retribuiu a gentileza sofrendo outro fumble na mesma jogada. Os Packers bloquearam um punt de Jacob Schum e tiveram uma belíssima posição de campo – cenário perfeito para Aaron Rodgers castigar. O camisa 12 liderou uma boa campanha e ‘estreou’ a nova casa do rival com um lindo passe para TD de Jordy Nelson. O primeiro TD do estádio foi dos Packers!

A defesa dos Vikes se encontra em uma fase sensacional, mas o ataque… O time computou 28 campanhas sem touchown: 13 punts, sete field goals, três field goals  errados e três turnovers. Que fase! Seca que acabou no primeiro drive do segundo quarto! Adrian Peterson computou -3 jardas somando as primeiras cinco corridas, mas o time contava também com a estreia de Sam Bradford no comando do ataque! O camisa 8 carregou o bom drive com ótimos passes – o último deles achou o TE Kyle Rudolph dentro da enz zone! Finalmente um touchdown do ataque dos Vikings!

vikings-packers-1Já o setor ofensivo dos Packers pouco fez além da campanha do TD, Aaron Rodgers encontrava muita dificuldade para furar a defesa dos Vikes: a secundária fazia um grande trabalho na marcação e o pass-rush não dava a A-Rod tempo suficiente para lançamento. O time visitante teve apenas 65 jardas no primeiro tempo – segunda pior marca da história dos Packers em jogos que Aaron Rodgers foi titular.

Sam Bradford sim vinha em uma noite muito feliz – parecia que ele estava há alguns anos como QB de Minnesota. Ele liderou outra boa campanha, mas os Vikings tiveram que se contentar com os três pontos do field goals – esse convertido por Blair Walsh. Minnesota foi para os vestiários vencendo por 10 a 7.

A-Rod lança interceptação no fim e decreta derrota

adrian-peterson-vikingsApós um primeiro tempo trágico, o ataque dos Packers tentou dar a volta por cima no começo do segundo tempo. O time até entrou na área de field goal, mas resolveu arriscar uma quarta descida pensando no touchdown. Resultado: a defesa de Minnesota apareceu e Green Bay saiu de campo zerado. Já o ataque dos Vikes seguia muito bem, obrigado: Sam Bradford castigava a secundária visitante com lindos lançamentos – principalmente com o jovem Stefon Diggs. Foram 167 jardas para o WR ainda no terceiro período! Foram oito recepções, entre elas uma linda conexão de 25 jardas para touchdown!

A alegria só não era maior no US Bank Stadium por uma lesão preocupante de Adrian Peterson: o camisa 28 foi carregado de campo sem conseguir apoiar o joelho no chão. A suspeita de um rompimento de ligamento chega a ser assustadora. A preocupação aumentou com o crescimento dos Packers na partida, Rodgers tirava alguns coelhos da cartola e ia avançando seu ataque. A-Rod manteve a campanha viva com uma linda conexão de 39 jardas para Jordy Nelson – três jogadas depois correu 10 jardas para o touchdown! 17 a 14 para os Vikings!

A feroz defesa dos Vikings forçou o quarto fumble no começo do último quarto – o primeiro que o time conseguiu recuperar. O prejuízo não foi dos maiores pois Minnesota não conseguiu transformá-lo em pontos. Green Bay teve e bola de volta com 4:38 no relógio para, pelo menos, buscar um field goal que empatasse o jogo. Quantas mil vezes vimos Aaron Rodgers sendo o herói com drives mirabolantes? Pois é, dessa vez ele foi o vilão. A-Rod lançou uma interceptação nas mãos de Trae Waynes, praticamente matando o confronto! Foi a primeira dele atuando em Minnesota em 254 passes! Os Vikings gastaram o que restava do relógio e comemoraram a primeira vitória na nova casa!

Todos os resultados da semana 2 da NFL:

New York Jets 37 @ 31 Buffalo Bills
San Francisco 49ers 27 @ 46 Carolina Panthers
Tennessee Titans 16 @ 15 Detroit Lions
Miami Dolphins 24 @ 31 New England Patriots
Baltimore Ravens 25 @ 20 Cleveland Browns
Cincinnati Bengals 16 @ 24 Pittsburgh Steelers
Kansas City Chiefs 12 @ 19 Houston Texans
Dallas Cowboys 27 @ 23 Washington Redskins
New Orleans Saints 13 @ 16 New York Giants
Tampa Bay Buccaneers 7 @ 40 Arizona Cardinals
Seattle Seahawks 03 @ 09 Los Angeles Rams
Atlanta Falcons 35 @ 28 Oakland Raiders
Indianapolis Colts 20 @ 34 Denver Broncos
Jacksonville Jaguars 14 @ 38 San Diego Chargers
Green Bay Packers 14 @ 17 Minnesota Vikings

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários