Início ruim não é sinônimo de fim de temporada na NFL, mas liga o alerta

Chegar no início da terceira rodada com duas vitórias e nenhuma derrota é perfeito, como disse o WR Odell Beckham Jr após a vitória de domingo: “Nós estamos 2-0 e não tem nada melhor que isso”. No entanto, o outro lado da moeda preocupa, e a ausência de triunfos ligar o sinal de alerta para as oito equipes que estão “invictas ao contrário” até aqui: Buffalo Bills, Chicago Bears, Cleveland Browns, Indianapolis Colts, Jacksonville Jaguars, Miami Dolphins, New Orleans Saints e Washington Redskins.

Desde 1990, quando o atual formato de playoffs foi adotado pela NFL, apenas 12,1% das franquias que começaram a temporada com duas derrotas conseguiram chegar aos playoffs. Ano passado, Houston Texans e Seattle Seahawks começaram perdendo os dois primeiros jogos, mas acabaram alcançando a pós-temporada.

-> CONFIRA AS ESTATÍSTICAS DA TEMPORADA 2016

Dessas equipes, algumas podem almejar algo maior ainda nesta temporada e buscar uma reação, mas para outras já é bom ir pensando em 2017.

Ainda da para sonhar em 2016

BARRA SAINTS

drew-brees-saintsA defesa é uma bagunça e não consegue segurar os ataques adversários há alguns anos, mas o ataque tem Drew Brees e é extremamente poderoso, com bons alvos e um Mark Ingram que pode dar muito trabalho. Apesar do 0-2 até aqui, os Saints podiam estar 2-0, pois perderam dois jogos por menos de um touchdown. Em casa, levaram a conversão de dois pontos dos Raiders, depois foram até o MetLife Stadium e seguraram o ataque dos Giants em apenas um touchdown, perdendo por três pontos. Uma organização maior na defesa e dará para o time brigar por uma vaga de Wild Card, já que bater os Panthers na NFC South será difícil.

BARRA COLTS

Uma situação parecida com a dos Saints, mas com um diferencial que faz a diferença: divisão mais fraca. A defesa é fraca e o ponto fraco do time, apesar de ter mostrando um pouco de evolução da primeira semana para a segunda. O time equilibrou o jogo contra os Broncos em grande parte do confronto, mas acabou falhando. Diminuindo essas falhas, Indianapolis pode brigar pelo título da divisão e repetir os Texans de 2015.

BARRA JAGUARS

A mesma situação acima vale para o outro integrante da AFC South. Os Jaguars fizeram uma boa offseason e entraram na temporada com boas expectativas, mas acumula duas derrotas e jogou bem apenas a estreia. Para poder brigar com os adversários, precisará mostrar uma evolução dos jovens talentos sob o comando de Gus Bradley.

blake-bortles-jaguars

BARRA REDSKINS

Os Redskins foram uma das surpresas dos playoffs na temporada passada, mas não começou bem neste ano. Assim como em 2015, o time demorou a engrenar, mas diferente, ainda não venceu neste ano. Como primeiro da divisão, a tabela é mais complicada para Washington, que tem chances dentro da equilibrada NFC East, mas de todos os times que “Ainda podem sonhar em 2016”, é o que tem menos chances.

Olho na temporada 2017

BARRA BILLS

Mais um ano começou com esperança em Buffalo para o time quebrar o jejum e voltar aos playoffs. No entanto, bastou o ano começar para mudar a situação. Além das duas derrotas, o coordenador ofensivo Greg Roman foi demitido pelo técnico Rex Ryan – fato raro na NFL. E isso mostra a desorganização de um time que dificilmente irá aos playoffs.

barra bears

chicago-bears-jay-cutlerA lesão de Jay Cutler piorou bastante as coisas em Chicago, ainda que o camisa 6 não estivesse bem nos dois primeiros jogos. A defesa mostra diversos erros e John Fox não parece ter a força necessária para comandar o time em uma reação nesta temporada.

 

BARRA BROWNS

Um time que sofre uma grande mudança em seu plantel já entra na temporada com chances menores de ir longe. Quando perde o seu quarterback principal número 1, as coisas ficam ainda mais complicadas. Sem o QB 2, podem ficar ainda piores. Hue Jackson terá muito trabalho para moldar os Browns, que tem muitas escolhas nos próximos drafts e podem montar um bom time daqui alguns anos, não em 2016 para ir aos playoffs.

BARRA DOLPHINS

Se a AFC South, por ser mais fraca, tem dois times com chances (mesmo tendo começado 0-2), a AFC East tem dois sem muitas chances pelo fato da divisão ser mais forte. Os Dolphins mostram fragilidade de temporadas anteriores nos dois setores e Adam Gase ainda não conseguiu emplacar o seu estilo. Ele é bom e tem moral com o elenco, mas até os jogadores se adaptarem pode ser tarde demais.

BANNER BRANDIN COOKS SAINTS

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários