Defesa anula Osweiller e ataque garante vitória dos Broncos sobre os Texans

Um dos ingredientes mais falados neste Monday Night Football foi o reencontro do QB Brock Osweiller contra o Denver Broncos – time que o escolheu no Draft e foi o seu lar pelos primeiros quatro anos. Lei do ex no Sports Authority Field? Nada disso. Osweiller trocou de time, mas continuou dando muitas alegrias ao torcedor em Denver – que jogo horroroso do camisa 17! Foi a pior performance de um QB que lançou pelo menos 34 passes: 131 jardas e nenhum TD! A defesa dos Broncos dominou e o ataque foi eficiente, principalmente pelo chão. A vitória tranquila por 27 a 9 colocou o time na ponta da AFC ao lado do Oakland Raiders (com cinco vitórias e duas derrotas). Já os Texans, mesmo com a derrota, lideram a AFC South com 4-3.

As duas equipes voltam a campo já no próximo domingo (30): os Texans recebem os Lions no NRG Stadium às 15h e os Broncos encaram os Chargers em Denver às 18h05.

broncos-texans-grande

Broncos viram no segundo período

Broncos Texans FootballApós punts nas quatro primeiras posses, os pontos começaram a aparecer em Mile High. Os Texans não tinham um pleno domínio do duelo, mas mostravam alguns lampejos. Em alguns bons avanços terrestres o time conseguiu posicionar o kicker Nick Novak a duas tentativas de field goal de 43 jardas – em ambas o camisa 8 colocou dentro do “Y”. Placar aberto pelos visitantes em Denver! Já o ataque dos Broncos iniciou o duelo dormindo – o time não teve sequer um first down nos primeiros quinze minutos.

A apatia deu lugar a empolgação no segundo período – o jogo corrido começou a encaixar e deu ao ataque o tempo de posse tão desejado por Gary Kubiak. Foi apoiado em avanços de CJ Anderson e do calouro Devontae Booker que o time da casa foi encontrando espaços na 13º melhor defesa da liga. Foram duas campanhas relativamente longas antes do intervalo – as duas resultaram em touchdowns! Anderson tirou o zero do placar com uma corrida de sete jardas para touchdown; o QB Trevor Siemian, em partida discreta, ampliou a vantagem com um passe curto para Demaryius Thomas na end zone. Virada com estilo! Os Broncos foram para o intervalo vencendo por 14 a 6.

Vitória tranquila no segundo tempo

broncos-texans-2Houston voltou para a segunda etapa um pouco mais agressivo – o ataque se encontrou com corridas de Alfred Blue e se posicionou na red zone adversária (últimas vinte jardas do campo). Porém, mais uma vez um drive que parecia promissor se transformou em field goal – novamente convertido por Novak. Impossível vencer fora de casa quando não se consegue capitalizar nas situações que possui. Quem chuta field goals geralmente leva touchdowns… foi o que aconteceu.

Para complicar ainda mais a vida dos Texans, os turnovers começaram a aparecer. Que desastre. Foram duas entregadas do ataque de Houtson – ambas resultaram em pontos. O primeiro deles um fumble do RB Blue, que até então fazia um bom jogo. O calouro Booker aproveitou a ótima posição de campo e anotou o touchdown em um mergulho dentro da end zone. Domínio total de Denver. O segundo turnover dos Texans veio em uma jogada bizarra de Brock Osweiller – que vinha em uma noite lamentável contra seu ex-time. Dessa vez não teve lei do ex. O camisa 17 sofreu um fumble sem ser encostado, a bola simplesmente saiu da mão dele. Denver capitalizou a roubada de bola com um field goal de Brandon McMannus e praticamente fechou a conta no começo do último quarto. O kicker ainda converteu um último field goal nos minutos finais e deu números finais ao jogo: 27 a 9 Denver!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários