Mesmo com colapso no fim, Chargers batem os Broncos em San Diego

O time do San Diego Chargers merece ser estudado… O que será que acontece no último período das partidas? Foi por muito pouco que o time não levou outra virada inexplicável nesta quinta-feira! Vários torcedores devem ter deixado o Qualcomm Stadium de ambulância! Pela quarta vez este ano os Chargers tiveram uma pane nos quinze minutos finais de jogos – só não perderam o duelo dessa vez porque o Denver Broncos estava em uma noite desastrosa! Mesmo aos trancos e barrancos, San Diego venceu o Thursday Night Football por 21 a 13 e se mantém vivo na divisão! Os Broncos não foram nem sombra da equipe forte das primeiras semanas – e mesmo assim podiam ter saído com a vitória se não fossem as 12 faltas cometidas. Vitória muito comemorada por San Diego e que dá ao técnico Mike McCarty um respiro para as próximas semanas!

Os Chargers terão uma pedreira na semana 7 – encaram os Falcons em Atlanta no dia 25 de outubro às 18h05. No dia seguinte, os Broncos recebem o Houston Texans em Mile High no Monday Night Football às 22h30.

chargers-broncos-2

Domínio total dos Chargers no primeiro tempo

O que San Diego fez no primeiro tempo foi algo assustador – chargers-broncos-3parecia que os Chargers eram o time 4-1 e os Broncos 1-4! O time da casa foi espetacular nas duas primeiras campanhas – Denver mal encostou na bola! O primeiro drive foi algo de almanaque: em 12 jogadas os Chargers gastaram sete minutos do relógio e saíram de campo com o touchdown! Os pontos vieram em uma conexão curta de Philip Rivers com o TE Hunter Henry – um dos nomes do jogo. Explosão na Califórnia! O que aconteceu minutos depois foi ainda mais surpreendente: a maior campanha de um time em 2015 e a mais longa da carreira de Rivers: dez minutos e 18 jogadas! Dessa vez o TD não veio, o time teve que se contentar com três pontos de um field goal curto!

Foi um dos começos de partida mais horrorosos da história do Denver Broncos ofensivamente – o time teve apenas dois first downs e 60 jardas totais na primeira etapa! O QB Trevor Siemian parecia estar longe de 100% fisicamente e sofria demais para ficar no pocket, já o jogo terrestre mal saía do lugar!  O time só tirou o zero do placar pois os Chargers deram um turnover de presente na metade do segundo período: um fumble no retorno de punt. Brandon McMannus converteu a roubada de bola em três pontos e os Chargers foram para os vestiários vencendo por 10 a 3.

San Diego até tenta entregar, mas Denver não aproveita

chargers-broncos-4A máxima seguiu na segunda etapa – os Broncos até tiveram uma ligeira melhora, mas sacrificavam as campanhas com muitas e muitas faltas! Do outro lado, um Chargers com inúmeras chances de matar o jogo… mas sem sucesso! Incrível a ineficácia do time na red zone: San Diego teve a bola em três oportunidades nas últimas vinte jardas do campo e foram obrigados a chutar field goals. O kicker Josh Lambo converteu os três chutes curtos e mais nove pontos no marcador! Os Chargers ainda computaram um safety no começo do último período – colocando a diferença em 18 pontos a 12 minutos do fim.

Atropelo do San Diego Chargers e vitória tranquila? Nada disso! Denver estava em uma noite lamentável, mesmo assim o time da casa resolveu dar aquela forcinha nos quinze minutos finais de jogo! Na melhor campanha da partida, o contundido Siemian controlou bem as ações e finalizou com uma conexão de cinco jardas para touchdown do WR Bennie Fowler a oito minutos do fim! O momento era todo de Denver… O time logo recuperou a posse e até chegou a anotar o segundo TD consecutivo, mas uma falta de holding anulou a bela corrida do RB CJ Anderson. Os Broncos até tentaram, mas um fumble de Demaryius Thomas acabou com  drive a três minutos do fim.

Jogo resolvido? Nada disso, é o San Diego Chargers! Denver teve a posse de bola em mais uma oportunidade e conseguiu chutar um field goal de 46 jardas a 32 segundos do fim – colocando a diferença em oito pontos. Os Broncos chutaram o famoso onside kick no desespero e acredite… recuperaram a bola! Pelo menos dessa vez o desastre não foi completo, a defesa segurou nos segundos finais e impediu o TD que poderia empatar o jogo! que vitória sofrida dos Chargers no Qualcomm Stadium!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários