Na prorrogação, Chargers desbancam o Atlanta Falcons, fora de casa

Um dos resultados mais surpreendentes da semana 7, sem medo de errar, foi a vitória do San Diego Chargers para cima do Atlanta Falcons, no Georgia Dome. Com um field goal de 42 jardas de Josh Lambo, na prorrogação, o time da Califórnia selou a vitória por 33 a 30 e venceu a terceira na temporada. Já os Falcons amargaram a segunda derrota seguida, sendo esta extremamente inesperada e fora dos planos.

Gordon foi fundamental na vitória dos Chargers

Gordon foi fundamental na vitória dos Chargers

Atlanta começou com a posse de bola na prorrogação, mas em uma tentativa de conversão de quarta descida para uma jarda, na prorrogação, acabou falhando e deu a vitória de brinde para San Diego, que teve no seu kicker uma grande figura. Lambo acertou todos os quatro chutes tentados (40, 37, 33 e 42 jardas), incluindo o do overtime. Philip Rivers também foi bem, terminando a partida com 27/44 passes completados para 371 jardas e um touchdown, além do RB Melvin Gordon, que correu para dois TDs e recebeu outro. Do lado dos Falcons, Julio Jones terminou com nove recepções e 174 jardas, mas sem touchdowns.

Na próxima semana, os dois times voltam a campo no domingo. Os Falcons jogam contra os Patriots, em Atlanta, às 18h25. Mais cedo, às 18h05, em Denver, os Chargers tem os Broncos pela frente.

Filme diferente

O filme dos Chargers nesta temporada vem sendo de terror para os torcedores, com o time entregando os jogos na reta final. Em Atlanta, no entanto, foi diferente. San Diego abriu o placar com um touchdown terrestre de Melvin Gordon. Os donos da casa responderam com dois field goals, ainda no primeiro quarto. Jogando fora de casa, o kicker Josh Lambo acertou seu primeiro field goal no segundo período. No entanto, a torcida de Atlanta teve motivos de sobra para comemorar, após os Falcons marcarem três touchdowns seguidos e virarem o placar, todos antes do intervalo, fazendo 27 a 10: recepção de 17 jardas de Jacob Tamme, corrida de 30 de Tevin Coleman e fumble retornado para a endzone por Adrian Clayborn.

Rivers teve boa atuação no segundo tempo

Rivers teve boa atuação no segundo tempo

Antes de ir para os vestiários, Melvin Gordon voltou a endzone e anotou seu segundo touchdown da noite, deixando o placar em 27 a 10 e passando o filme na cabeça do torcedor dos Chargers: se costumamos entregar no fim, virar o jogo então?!

Pois bem. A conversa de Mike McCoy surtiu efeito, principalmente na defesa, que passou a pressionar bastante Matt Ryan e dar chance para o ataque crescer. Se o filme era de viradas sofridas na reta final das partidas, desta vez foi o contrário. Foram 13 pontos marcados no segundo tempo contra apenas três sofridos. Josh Lambo anotou dois field goals e Melvin Gordon recebeu passe curto de Rivers para touchdown. O kicker dos Chargers empatou o jogo em 30 a 30 faltando 22 segundos para o fim de jogo. Matt Bryant, dos Falcons, errou um chute de 58 no estouro do relógio e a partida foi para a prorrogação.

No overtime, os Falcons foram os donos da primeira posse e caminharam até uma quarta para uma jarda na linha de 45 do campo de defesa, mas Devonta Freeman não conseguiu a conversão. Com grande posição de campo e precisando de apenas um FG para vencer o jogo, os Chargers avançaram o que conseguiram e Josh Lambo entrou em campo para decidir a partida em field goal de 42 jardas.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários