No último jogo da NFL em Londres neste ano, Bengals e Redskins ficam no empate

A NFL se despediu de Londres. Depois de duas partidas na capital da Inglaterra nesta temporada, o último ato aconteceu no Wembley Stadium, que mais uma vez lotado, viu Cincinnati Bengals e Washington Redskins empatarem em 27 pontos, encerrando a NFL International Series. É a primeira vez desde 1997 que temos dois empates na mesma temporada – e os dois foram em semanas seguidas.

Wembley Stadium mais uma vez lotado

Wembley Stadium mais uma vez lotado

Os Redskins tiveram a chance de vencer o jogo na prorrogação, mas o kicker Dustin Hopkins errou um field goal de 34 jardas e desperdiçou a chance da vitória. Os wide receivers deram show na partida. A.J. Green terminou o jogo com nove recepções e 121 jardas, enquanto Tyler Eifert teve 102 jardas e um touchdown. Do lado de Washington, os destaques foram Jamison Crowder (nove recepções, 107 jardas e um touchdown) e Jordan Reed (nove recepções, 99 jardas e um touchdown).

Como jogaram em Londres, os dois times folgam no próximo final de semana e só voltam a campo na rodada 10. No dia 13 de novembro, os Redskins recebem os Vikings, no FedEx Field, às 16h (de Brasília). Já os Bengals entram em campo apenas na segunda-feira, para o Monday Night Football contra os Giants, em New York.

Bom jogo na despedida

GIo Bernardo anotou um TD

GIo Bernardo anotou um TD

O jogo começou pegando fogo em Londres. Primeiro time a atacar na manhã, os Redskins iniciaram a partida com uma campanha de 15 jogadas, que percorreu 80 jardas até a endzone. Variando muitos passes e corridas, Rob Kerley entrou na endzone em corrida curta e abriu o placar. Mas os Bengals responderam de imediato, se aproveitando de um grande retorno do calouro Alex Erickson. Gio Bernard correu oito jardas para deixar tudo igual: 7 a 7.

Se no primeiro quarto os ataque sobresaíram, no segundo as defesas que deram conta do recado. Primeiro a dos Bengals, evitando a conevrsão de uma quarta descida do ataque de Washington e depois forçando um field goal da linha de 20 jardas. O ataque de Cincinnati só conseguiu produzir uma boa campanha, mas Mike Nuggent errou um field goal de 51 jardas. Na sequência, Kirk Cousins tentou lançar um passe longo para DeSean Jackson, que parou nas mãos de George Iloka. Placar do primeiro tempo: 10 a 07.

Assim como foi a primeira etapa, os times começaram com tudo na segunda. Foram 16 pontos no terceiro quarto. As primeiras pontuações vieram com os Bengals, que entraram na endzone duas vezes: primeiro em conexão de Dalton para o TE Tyler Eifert, que segurou seu primeiro TD no ano, e depois o quarterback fez um lindo play action e correu para o touchdown, abrindo 20 a 10. Os Redskins foram buscar a diferença e voltaram a entrar na endzone, desta feita em passe de 23 jardas de Kirk Cousins para Jordan Reed, que fintou a marcação para entrar na endzone.

Kirk Cousins lançou mais de 450 jardas

Kirk Cousins lançou mais de 450 jardas

A primeira liderança de Cincinnati durou apenas até o início do último período. Os Bengals vinham com um bom drive, já perto da endzone, mas Dalton foi interceptado por Will Compton. Os Redskins aproveitaram o turnover e viraram novamente a partida, em conexão de 33 jardas de Cousins para Jamison Crowder, abrindo 24 a 20. Na campanha seguinte, uma recepção gigante de A.J. Green deixou o “time da casa” perto da endzone, e Jeremy Hill completou o drive anotando mais um touchdown, colocando os Bengals na frente por 27 a 24. Precisando de três pontos para empatar o jogo, Washignton conseguiu um field goal de 40 jardas de Hopkins, empatando o jogo em 27 a 27, faltando 1:11 para o fim do jogo e levando a partida para a prorrogação.

No overtime, cada time teve duas chances, mas ninguém pontuou. A melhor oportunidade foi dos Redskins. Em uma campanha de 11 jogadas, o ataque conseguiu posicionar Dustin Hopkins para um chute de 34 jardas, mas o kicker errou e mandou à esquerda do “Y”, mantendo a partida empatada. A última campanha dos Bengals acabou rápido, e Washington não conseguiu responder em tempo.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários