Wilson brilha, Legion of Boom para Fitzpatrick e Seahawks vencem os Jets

Apesar de ser uma ciência abstrata, alguns fatores diferenciam os quarterbacks bons dos fora de série. A cada jogo que passa o QB do Seattle Seahawks, Russell Wilson, dá indícios de que é sim um dos melhores da atualidade. Ele mostrou muita garra na vitória por 27 a 17 contra os Jets na tarde deste domingo – atuou toda a partida com lesões no tornozelo e joelho e foi muito bem: 23 passes completos de 32 tentados, 309 jardas e três touchdowns. ‘Clutch’ demais! O triunfo no MetLife Stadium dá a liderança provisória da NFC West e rende aos Jets o terceiro revés nas primeiras quatro rodadas de 2016.

O Seattle Seahawks está de folga e não jogará na semana 5, já os Jets terão uma pedreira: viajam a Pensilvânia para encarar os Steelers no Heinz Field às 14h.

seahawks-jets-grande

Wilson brilha e Seattle abre vantagem

Os Jets aproveitaram a empolgação do seu torcedor e começaram com tudo no MetLife Stadium – dominaram o primeiro quarto com mais de 11 minutos de posse de bola. O time até entrou no campo de ataque dos Seahawks em ambas as oportunidades, mas sentiu a força da melhor defesa cedendo pontos em 2016. O touchdown não veio, mas pelo menos o time da casa abriu o placar com um field goal de 34 jardas de Nick Folk no meio do “Y”.

seahawks-jets-1Ao contrário do que muitos previam, Russell Wilson estava dando conta do recado contra a boa linha ofensiva dos Jets. Algo até de certo ponto incrível se levar em conta que o QB sofre com uma torção no tornozelo e uma lesão no joelho. Impressionante a garra desse jogador. O camisa 3 deu um bom ritmo ao ataque e transformou as duas posses de bola do segundo período em touchdowns! O primeiro deles um passe curto para o RB CJ Spiller (sim, ele ainda está vivo e na NFL) e o segundo uma fantástica conexão de 42 jardas com o calouro Tanner McEvoy. Wilson terminou a primeira etapa com um rating perfeito: acertou 10 de 11 passes para 191 jardas e dois TDs.

Após muita posse de bola e pouca eficiência, o ataque dos Jets finalmente decolou (sem trocadilhos) no final do segundo quarto. Com mais emoção do que o normal, Ryan Fitzpatrick foi encontrando alguns espaços na Legion of Boom, principalmente aproveitando o matchup entre Brandon Marshall e Richard Sherman. Foi exatamente assim que aconteceu o touchdown de New York: um lindo back shoulder pass de 17 jardas para o camisa 15 dentro da end zone. Vantagem para Marshall sobre Sherman na primeira etapa: 3 recepções, 72 jardas e 1 TD.  Os Seahawks foram para os vestiários do MetLife Stadium vencendo por 14 a 10.

Legion of Boom breca Fitzpatrick e garante vitória

seahawks-jets-2O duelo voltou truncado no terceiro período, com as defesas pressionando demais os dois quarterbacks. Enquanto Fitzpatrick sofria para ficar em pé em alguns momentos, Russell Wilson mostrava uma mobilidade fora do normal para alguém contundido. Que jogador espetacular! Ele foi fundamental na única campanha em pontos do terceiro quarto – os Seahawks avançaram 41 jardas e chutaram um field goal de 43 jardas, aumentando a vantagem para sete pontos.

Já Fitzpatrick não teve a mesma capacidade… Ele não teve o mesmo dia desastroso de 6 interceptações como no domingo passado, mas lançou duas INTs que acabaram com as chances de New York: Sherman e Earl Thomas agarraram passes do QB dos Jets. Os Seahawks capitalizaram as duas roubadas de bola em pontos e praticamente mataram o duelo! Um touchdown de seis jardas de Russell Wilson para o RB Christine Michael e um field goal de 53 jardas de Hauschka.

O QB dos Jets foi forçado a lançar 41 passes, pois a defesa de Seattle praticamente anulou o RB Matt Forte. O time da casa descontou no último quarto em um lance, no mínimo, inusitado: Fitzpatrick soltou a bola na hora do passe, mas como o braço ainda não estava indo para frente, foi considerado um fumble. A defesa dos Seahawks parou por alguns segundos imaginando um passe incompleto, mas a bola ainda estava viva! O calouro Cherome Peake foi esperto e correu por 42 jardas até o touchdown! Mas a reação parou aí… linda vitória dos Seahawks fora de casa!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários