Bradford é interceptado no fim, Lions vencem e mantém a ponta da NFC North

Em um jogo que vale a liderança da divisão, qualquer erro é crucial. Uma interceptação dentro do Two-Minute Warning do segundo tempo então… E foi assim que o Minnesota Vikings viu o Detroit Lions recuperar a posse de bola e vencer o duelo por 16 a 13, no Ford Field, garantindo a ponta da NFC North até a próxima rodada. Sam Bradford foi interceptado por Darius Slay faltando 38 segundos, posicionando Matt Prater para acertar um chute de 40 jardas e dar a vitória aos  donos da casa.

Stafford liderou os Lions na vitória sobre os Vikings

Stafford liderou os Lions na vitória sobre os Vikings

Embalado pela boa atuação de Matthew Stafford, os Lions venceram sua sétima partida no ano de virada, um recorde da NFL. O QB de Detroit terminou o jogo com 23/40 passes completados para 232 jardas e um touchdown.

Com boa frente na divisão, Detroit volta a campo no próximo domingo, quando vai até New Orleans para encarar os Saints. Já os Vikings entram em campo na quinta-feira à noite, para enfrentar os Cowboys, em Minneapolis.

Interceptação no fim define

Matthew Stafford começou com tudo. O QB acertou todos os seis passes na primeira campanha dos Lions, que foi praticamente impecável, terminando com um passe para touchdown para o WR Anquan Boldin. A resposta de Minnesota veio no drive seguinte. Depois de quase sofrer dois turnovers, um anulado por falta e outro após a revisão da jogada, os Vikings empataram o jogo com um touchdown terrestre de cinco jardas de Matt Asiata.

Boldin abriu o placar no Thanksgiving

Boldin abriu o placar no Thanksgiving

Foram apenas as duas campanhas do primeiro quarto. No segundo período as defesas resolveram aparecer, e a única pontuação veio com um FG de 29 jardas de Matt Prater, abrindo 10 a 07 para os Lions. As defesas estavam muito bem em campo e evitaram duas conversões de quarta descida, uma cada uma, deixando o placar 10 a 07 no intervalo.

Valendo a ponta, o jogo seguiu equilibrado, mas Minnesota voltou bem melhor na segunda etapa, tanto no ataque, como na defesa. Resultado disso foi que o time virou o jogo. Com dois field goals de Kai Forbath, um de 28 e outro de 30 jardas, os Vikings estiveram perto da vitória, principalmente porque o ataque dos Lions caiu de produção. Isto até o fim do último quarto.

Especialista em viradas neste ano, Matthew Stafford pegou a bola com 5:02 para o fim do jogo e liderou uma campanha de FG, completada com um chute de 48 jardas de Matt Prater, deixando o jogo empatado em 13 a 13, faltando 1:45 para o fim. Com tempos para pedir, os Vikings tentaram vencer o jogo ainda no tempo normal, mas Sam Bradford foi interceptado por Darius Slay, faltando 30 segundos para o fim, já no campo de ataque. Ai o Ford Field explodiu e viu Prater acertar mais um chute, vencendo o jogo por 16 a 13.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários