Cardinals sofrem, mas derrotam os 49ers com field goal no último segundo

Fitzgerald fazendo acrobacias

Fitzgerald fazendo acrobacias

Em partida válida pela semana 10 da temporada regular 2016 da NFL, o Arizona Cardinals recebeu o San Francisco 49ers, no University of Phoenix Stadium, em Glendale. Os Cardinals deram muita chance para o azar, sofrendo quatro turnovers durante o jogo. Porém, o limitado ataque dos 49ers não foi capaz de traduzir estes erros em uma possível vitória. Desta forma, mesmo não apresentando o melhor do seu jogo, os donos da casa venceram por 23 a 20.

Com o triunfo, Arizona acumula quatro vitórias, quatro derrotas e um empate, enquanto San Francisco segue com apenas uma vitória neste ano. Além do resultado da partida, Larry Fitzgerald foi um dos destaques do dia. Não apenas por contribuir com 12 recepções na partida, mas também por ultrapassar Terrell Owens na lista dos jogadores com mais recepções na história da NFL. Fitzgerald iniciou o duelo com 1074 e terminou com 1086, oito a mais do que Owens.

Na semana 11, o Arizona Cardinals vai buscar a vitória em Minnesota, contra os Vikings, no domingo, às 16h (de Brasília). Os 49ers tem uma tarefa complicadíssima contra os Patriots, no Levi’s Stadium, às 19h25.

O JOGO

A disputa começou com as duas franquias com fracas performances ofensivas. Mesmo quando os Cardinals sofreram o primeiro turnover da partida – o CB Keith Reaser forçou o fumble de J.J. Nelson na linha de 49 jardas de San Francisco – os 49ers não passaram de mais um three and out. Enquanto os visitantes não aproveitaram, o time de Arizona foi mais efetivo. Primeiro, uma campanha consistente de mais de seis minutos, finalizada com uma recepção de três jardas para TD do running back David Johnson. Cardinals 7 a 0. Mais tarde, após Arizona terminar umdrive sem qualquer first down, o retornador dos 49ers, Jeremy Kerley, falhou na hora do punt. Após um retorno positivo, o wide receiver soltou a bola depois sofrer um tackle de Ryan Quigley, punter dos Cardinals. Gabe Martin recuperou o fumble e deixou Carson Palmer em uma boa posição de campo. Primeiro, uma interferência defensiva deu 38 jardas ao Arizona. Depois, David Johnson entrou novamente na endzone, agora com uma corrida de 18 jardas, para colocar 14 a 0 no placar, já no segundo quarto.

David Johnon foi fundamental

David Johnon foi fundamental

Os 49ers seguiam esbarrando na defesa adversária, tanto que o primeiro first down da franquia veio só na segunda parcial da partida. Entretanto, San Francisco teve um bom desempenho no drive em questão. Com uma corrida e quatro passes precisos, Colin Kaepernick levou os 49ers ao TD – recepção de 17 jardas de Jeremy Kerley, dentro do plano de gol. 14 a 7, Arizona. Antes do final do primeiro tempo, as franquias bem que tentaram buscar o touchdown, mas as defesas prevaleceram e cada equipe teve que se contentar com um Field Goal. Catanzaro para os Cardinals e Phil Dawson para os 49ers – 20 a 10, Cardinals e fim da primeira metade de jogo.

Na volta do intervalo o San Francisco teve duas chances para pontuar. Primeiro outro three and out, entretanto, logo depois outro fumble dos Cardinals. Palmer saiu do pocket e foi derrubado por Eli Harold, linebacker dos 49ers, que forçou o turnover recuperado pelo seu companheiro de defesa, DeForest Buckner. A falha dos Cardinals deu mais uma campanha aos visitantes que anotaram outro Field Goal com Phil Dawson. 20 a 13 no marcador.

Se no primeiro tempo os Cardinals foram cirúrgicos, na segunda parcial o ataque parecia ter sido desligado. Carson Palmer que o diga. Depois de já ter sofrido um fumble na parcial inicial, o quarterback de Arizona foi interceptado duas vezes pela defesa dos 49ers. O primeiro erro não foi aproveitado pelos 49ers. Mas a segunda chance não foi desperdiçada pelo time de San Francisco. No maior estilo Colin Kaepernick, o QB comandou o drive e finalizou a campanha correndo para endzone e empatando o jogo em Glendale, faltando 1m e 55s para o final.

Kaepernick foi um dos destaques da partida por parte dos 49ers. 10 corridas para 55 jardas e TDs terrestre e aéreo, foram o arsenal do QB. Porém, todo esse esforço não foi recompensado com a vitória. Mesmo com menos de dois minutos, Palmer voltou a campo e com a ajuda de David Johnson carregou seu time até a linha de 16 jardas do campo ofensivo. Chandler Catanzaro voltou a campo, chutou para 34 jardas e deu o triunfo ao time da casa. Final de jogo e 23 a 20 para o Arizona Cardinals.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários