Em jogo emocionante, Patriots vencem os Ravens e ficam perto dos playoffs

Não se pode esperar menos que um grande jogo quando Baltimore Ravens e New England Patriots entram em campo. E no Monday Night Football da semana 14 não foi diferente. Na partida em Foxborough, parecia que os donos da casa venceriam fácil, mas a emoção ficou até o fim, quando Tom Brady e decidiu o jogo para os Patriots, que venceram por 30 a 23, no Gillette Stadium.

Brady foi o melhor em campo na vitória sobre os Ravens

Brady foi o melhor em campo na vitória sobre os Ravens

Quarterback com mais vitórias na história da NFL, Brady anotou o passe decisivo para o touchdown de Chris Hogan, em conexão de 79 jardas, jogando um balde de água fria na reação que os Ravens estava conseguindo. O camisa 12 terminou a partida com 25/38 passes completados para 406 jardas, três touchdowns e uma interceptação. Do lado de Baltimore, Flacco ficou com 37/52 passes para 324 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.

O próximo compromisso dos Ravens é no domingo, às 16h (de Brasília), contra os Eagles, em Baltimore. Jogo de vida ou morte para o adversário e de suma importância para os Corvos. Já os Patriots vão até Denver para encarar os Broncos, às 19h25.

Tempos distintos

Mesmo jogando em casa, com o apoio do torcedor, o início de jogo dos Patriots não foi animador. Foram dois three and outs seguidos para o ataque, que terminou duas campanhas sem conseguir a primeira descida. Se o ataque não estava bem, a defesa tratou de abrir o placar ao forçar um safety em tentativa de corrida de Terrance West, que não saiu da endzone. Os Ravens responderam com um bom drive, mas Justin Tucker, que estava perfeito na temporada, teve seu field goal bloqueado por S. McClellin. Ao New England foi pra cima e anotou o touchdown com LeGarrette Blount (seu 14º np ano), em corrida curta, abrindo 9 a 0 no primeiro quarto.

Weedle interceptou Brady na endzone

Weedle interceptou Brady na endzone

Senhor das ações em campo, os Pats dominavam completamente o adversário e chegaram a mais um touchdown, desta feita em passe de Brady para Malcolm Mitchell. Na busca por reduzir a diferença no placar, Flacco buscou Mike Wallace em passe longo, mas acabou interceptado por Devin McCourty. E o passeio poderia ser maior, mas a defesa dos Ravens, uma das melhores da temporada, finalmente apareceu e conseguiu um feito raro: interceptou o QB dos Patriots na endzone. Ainda antes do intervalo, Justin Tucker acertou um chute de 50 jardas e deixou o placar em 16 a 03 para os donos da casa.

O domínio dos Patriots no primeiro tempo seguiu no início do segundo. Após uma rápida campanha ofensiva dos visitantes, Brady conseguiu um belo passe para o TE Martellus Bennett na endzone, deixando New England com 23 a 03 de vantagem e o jogo praticamente ganho. O que os torcedores no Gillette Stadium não contavam era que o Special Team queria emoção. Primeiro com Cyrus Jones, que sofreu um fumble no punt e deixou os Ravens na linha de uma jarda. Resultado: touchdown de Flacco para Waller. No kickoff seguinte, mais um fumble, agora de Matthew Slater, e novo TD de Baltimore, agora em conexão com K. Dixon, deixando o jogo 23 a 17.

Hogan livre para conseguir o TD

Hogan livre para conseguir o TD

Com o jogo equilibrado, o ambiente ficou tenso em New England e cada jarda passou a ser muito disputada. Com o momento todo a seu favor, os Ravens deixaram a diferença em apenas três pontos, faltando 6:39 para o fim do jogo, após novo chute de Justin Tucker. No entanto, ai resolveu aparecer Tom Brady, e bastou uma jogada para ele matar o jogo. Um vacilo da defesa de Baltimore e ele achou Chris Hogan para um touchdown de 79 jardas, fazendo 30 a 20 para os donos da casa.

Baltimore ainda buscou uma reação e conseguiu pontuar com Justin Tucker, que acertou mais um chute na noite fria de Boston, mas parou por ai. LeGarrette Blount conseguiu converter uma primeira descida e garantiu a vitória para os Patriots, que podem carimbar passaporte para os playoffs já na próxima semana.

 

Comentários