Com show de Brady e Hogan, Patriots vencem Steelers e estão no Super Bowl 51

Pela nona vez na história, o New England Patriots vai para o Super Bowl! E a presença no Super Bowl 51, contra o Atlanta Falcons, veio com uma vitória bem tranquila sobre o Pittsburgh Steelers por 36 a 17, no Gillette Stadium, em Foxborough. Tom Brady, mais uma vez, e Chris Hogan comandaram o triunfo dos Pats, que buscam o quinto título da franquia.

Hogan deu show na vitória dos Patriots sobre os Steelers

Tom Brady terminou a partida com 32/42 passes completados para 384 jardas e três touchdowns. O seu melhor alvo foi Chris Hogan, que terminou o melhor jogo de sua carreira com nove recepções, 180 jardas e dois touchdowns. Julian Edelman também passou das 100 jardas recebidas. Nos Steelers, a ausência de Le’Veon Bell, que machucou logo no início do confronto e pouco produziu – apenas seis corridas para 20 jardas. Foram apenas 54 jardas terrestres para Pittsburgh.

Melhor time da AFC durante toda a temporada, a parceria Brady e Belichick vai para mais um Super Bowl. O torcedor pode anotar aí: dia 05 de fevereiro, às 21h30 (de Brasília), contra o Atlanta Falcons, no NRG Stadium, em Houston, no Texas.

Passeio em New England

Brady foi cirúrgico

Jogando em casa, os Patriots foram logo tratando de fazer valer a sua força no Gillette Stadium. Com uma conexão de 41 jardas de Brady para Edelman, o time de New England chegou a primeira vez no campo de ataque, mas saiu de campo com um field goal de 31 jardas de Stephen Gostkowski, abrindo o placar. Após duas rápidas campanhas dos Steelers, Brady e companhia voltaram para campo e ai foram para a endzone. Destaque do primeiro tempo, Chris Hogan ficou livre na endzone e recebeu o passe para o touchdown, colocando o time da casa com 10 a 00 de frente, no primeiro quarto.

Depois de assistir o duelo nos 15 primeiros minutos, Pittsburgh veio para a partida no segundo quarto, já sem o RB Le’Veon Bell. O RB machucou a virilha no primeiro quarto e não voltou mais para o jogo. Os primeiros pontos dos Steelers vieram com DeAngelo Williams, substituto de Bell, que entrou na endzone com uma corrida de cinco jardas. No entanto, os Patriots responderam de uma bela maneira. Com uma linda flea flicker,  Brady matou a defesa adversária e achou Hogan no fundo do campo, garantindo mais um touchdown para o wide receiver e colocando New England com 17 a 06 no placar.

Em desvantagem e buscando uma reação, os Steelers perderam uma grande chance na reta final do primeiro tempo. Com uma primeira para o touchdown na linha de meia jarda, o time não conseguiu anotar o touchdown e se contentou com um FG de Chris Boswell – o mesmo problema do jogo contra os Chiefs, quando venceu sem anotar TDs. Placar de 17 a 09 no intervalo.

New England mata o jogo

Pittsburgh até teve a primeira posse do segundo tempo, mas não conseguiu fazer nada. Em contrapartida, os Patriots mataram o jogo no terceiro período. Primeiro veio um field goal de 47 jardas de Gostkowski, abrindo 20 a 09. Na sequência foram dois touchdowns, primeiro em corrida de uma jarda do RB LeGarrette Blount, e na sequência em passe de Brady para Edelman, após fumble sofrido por Eli Rogers. Com 33 a 09 de frente, New England sacramentou a vitória no período.

O último quarto foi mera formalidade. Os Patriots se aproveitaram de uma interceptação de Ben Roethlisberger, já no desespero, e voltaram a pontuar em chute de Stephen Gostkowski, fazendo 36 a 09. Pittsburgh ainda teve uma última chance de reduzir a vantagem, mas o tempo já era escasso, mesmo com Coby Hamilton recebendo passe para touchdown de Big Ben. Tarde demais para reverter a vitória dos Pats, que triunfaram por 36 a 17.

Edelman comemora o TD recebido na segunda etapa

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários