Divisional Round 2017: pré-jogo de Pittsburgh Steelers x Kansas City Chiefs

Apesar da previsão de frio e chuva para a hora do jogo, o duelo entre Kansas City Chiefs e Pittsburgh Steelers promete ser bem quente. O duelo que encerra o Divisional Round vai definir o segundo finalista da Conferência Americana, para decidir quem encara o New England Patriots, no próximo domingo, às 21h40 (de Brasília), no Gillette Stadium.

A partida começou antes mesmo do kickoff. Por causa da previsão de uma grande tempestade de gelo para a hora original do jogo (16h05), a NFL entrou em contato com os times e autoridades e decidiu alterar o chute inicial para às 23h20, como se fosse um Sunday Night Football para encerrar o Divisional Round e selar as finais de conferência.

Voltando a jogar uma partida de playoffs em casa após seis anos e buscando a primeira vitória no Arrowhead Stadium em pós-temporada desde 1994, quando venceu exatamente o Pittsburgh Steelers, os Chiefs vem de um descanso na última semana. Bom para recuperar peças importantes e deixar o time fisicamente 100%. Kansas City não tem nenhum líder em estatísticas e nem lidera os números por equipe,  mas é um time tão consistente e bem treinado por Andy Reid.

Lesionado no último quarto da partida contra os Dolphins, Ben Roethlisberger não estará 100% em campo. Isto é um fato. No entanto, não tranquiliza em nada o time dos Chiefs, pois o QB dos Steelers já demonstrou outras vezes que pode jogar no sacrifício. Time mais vitorioso da história dos playoffs da NFL, Pittsburgh busca seu 36ª triunfo em pós-temporada longe de casa. A força do trio “BBB” é crucial, mas a defesa também precisa aparecer bem e parar o ataque de Kansas City.

Steelers e Chiefs já se enfrentaram nesta temporada. Foi na semana 4 da temporada regular, em Pittsburgh, e os donos da casa aplicaram um sonoro 43 a 13, com direito a 22 pontos seguidos dos metaleiros no primeiro quarto. Em pós-temporada, este será apenas o segundo confronto entre as equipes. A primeira vez foi em 1994, e Kansas City venceu por 27 a 24, na prorrogação, no Arrowhead Stadium, mesmo palco da partida deste domingo.

Dono do melhor saldo de turnovers da NFL na temporada regular, este será um fator crucial para os Chiefs. A defesa conseguirá produzir erros dos Steelers, mas caberá ao ataque aproveitar esses erros e não devolvê-los para o adversário. Cuidar bem da bola será fundamental para os donos da casa.

Além disso, outra chave é o calouro Tyreek Hill. Com uma velocidade assustadora, ele vem fazendo a diferença para o time e conseguindo jogadas explosivas. A média de jardas em seus 12 touchdowns na temporada é de 44.1 jardas, absurdo. Se em algum momento ele conseguir este tipo de lance no domingo, será importantíssimo para os Chiefs.

No Wild Card, Antonio Brown e Le’Veon Bell foram muito bem envolvidos no plano de jogo e estavam em uma tarde inspirada. E novamente assim terá que ser, caso os Steelers queiram voltar a uma decisão da Conferência Americana após seis anos. O segundo desafoga a pressão no passe, e o primeiro é o principal recebedor do time, que dá tranquilidade para Ben Roethlisberger nos passes longos.

Falando em desafogar o passe, a linha ofensiva terá que ser perfeita. Big Ben não está 100%, e um sack mais forte da agressiva defesa de Kansas City pode complicar muito o futuro dos Steelers na partida e na caminhada até o Super Bowl 51.

Dos jogos do Divisional Round, este é o mais equilibrado nas casas de apostas.  Mesmo fora de casa, Pittsburgh entra como favorito e paga 1.88 pela vitória, enquanto um triunfo dos Chiefs tem odds de 1.96. De acordo com o Oddsshark.com/br, o total de pontos previsto pelas casas de apostas é de 44,5, número que os times devem cobrir, pois a tendência dessas rodada de playoffs são muitos pontos nas partidas. Se confirmar este cenário, uma aposta de R$10 pode render R$19.

BANNERNOVO

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários