Giants eliminam os Redskins e colocam Packers e Lions nos playoffs

O Washington Redskins chegou na semana 17 em uma posição muito favorável: vencer o já classificado New York Giants em casa e garantir vaga nos playoffs. Na prática, o que parecia ser algo palpável foi se complicando, muito pela surpreendente intensidade da defesa dos Giants – mesmo com o time já garantido na pós-temporada. Kirk Cousins até teve a grande chance de classificar os Redskins nos minutos finais, mas uma interceptação colocou um fim na temporada de Washington. Os Redskins perderam por 19 a 10 e vão ver os playoffs da televisão! O triunfo de New York de quebra colocou Green Bay Packers e Detroit Lions nos playoffs! Resultado que tirou um pouco da graça do Sunday Night Football – agora os dois times duelarão já classificados e brigando apenas pelo título da divisão (e mando de campo no duelo de Wild Card).

Primeiro tempo todo dos Giants

Quem acreditou em um New York Giants mais reservado e poupando jogadores quebrou a cara… A raça e a vontade que o time mostrou contra os Redskins foi algo surreal se tratando de um time já classificados aos playoffs. Os Giants dominaram amplamente a primeira etapa, principalmente no setor defensivo: limitou o bom ataque dos Redskins a 88 jardas totais! Washington foi para o intervalo com cinco punts e nenhum ponto anotado no primeiro tempo – muito pela forte pressão que o pass-rush dos Blues colocava em Kirk Cousins.

O ataque dos Giants até dominou as ações, com 18 minutos de posse na primeira metade da partida, mas não foi capaz de transformá-la em muitos pontos no placar. Duas das cinco campanhas resultaram em pontos: um field goal muito curto de Robbie Gould no primeiro quarto e um touchdown terrestre em avanço curto do running back Paul Perkins. O desempenho do RB calouro foi um dos pontos mais positivos para o torcedor de New York – melhorou demais um dos piores jogos terrestres da liga em 2016. Sem grandes sustos, os Giants foram para os vestiários vencendo por 10 a 0.

Redskins empatam, mas acabam eliminados

Os Giants seguiram dominando no primeiro drive da segunda etapa – foram mais de cinco minutos de posse – mas saíram de campo zerados por arriscar, sem sucesso, na linha de 16 do campo de ataque. Decisão que custaria caro mais para frente. New York teve mais uma chance de praticamente matar o jogo após uma interceptação de Kirk Cousins… mais uma vez sem sucesso. Quando situações desse tipo acontecem você acaba pagando o preço.

Os Redskins voltaram para a partida! Apático até então, o ataque de Washington foi se encontrando e ganhando ritmo contra uma das melhores defesas da NFL. Kirk Cousins acertou passes cruciais, principalmente com Pierre Garçon, e foi buscar um improvável empate! O QB posicionou o kicker Dustin Hopkins para um chute de 32 jardas no final do terceiro período e lançou um decisivo passe para o touchdown de Jordan Reed dentro da end zone no começo do quarto período. É impressionante como essa dupla aparece nos momentos cruciais! Tudo empatado no FedEx Field!

Eli Manning recebeu a bola com seis minutos no relógio buscando alguma pontuação para colocar o time de volta na liderança. O camisa 10 apareceu no momento certo com um passe maravilhoso de 44 jardas para o desconhecido Tavarres King – segunda recepção dele na temporada! O touchdown não veio, mas o field goal de 40 jardas de Gould colocou New York na frente com pouco mais de dois minutos para o final. Cousins recebeu a bola com uma chance única de levar o time aos playoffs, mas jogou a temporada dos Redskins no lixo com uma interceptação nas mãos de Dominique Rodgers-Cromartie a 1:27 do fim! Lamentável… Os Giants ainda anotaram outro TD com o cronômetro já zerado, recuperando um fumble dos Redskins em uma tentativa de ‘rugby’ milagroso no último snap do jogo. Vitória dos Giants e eliminação dos Redskins!

 

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários