Rise up! Falcons destroem os Packers em Atlanta e estão no Super Bowl 51

Independente do adversário da AFC, o Super Bowl LI já promete forte emoções com o feroz Atlanta Falcons em campo em Houston! A franquia jogou DEMAIS na final da NFC e atropelou o Green Bay Packers por 44 a 21 no Georgia Dome. O oitavo maior ataque da história em temporada regular mais uma vez dominou nos playoffs: foram 33 minutos de posse e 493 jardas totais. Em outra noite inspirada, o QB Matt Ryan confirmou o favoritismo ao prêmio de MVP com outra performance épica: o camisa 2 lançou 392 jardas e quatro touchdwns – quarta melhor performance de uma final de conferência. Julio Jones também foi perfeito e teve absurdas 180 e 2 TDs… que dupla mortal! Despedida maravilhosa para o estádio – que será trocado pelo maravilhoso Mercedes-Benz Stadium a partir do ano que vem.

Os Packers bem que tentaram, lutaram até o fim, mas simplesmente não foram páreo para esse ataque simplesmente avassalador. Mesmo sem o anel de campeão, fica de consolo para o torcedor de Green Bay uma arrancada espetacular de praticamente eliminado para a final da Conferência Americana. Já os Falcons chegam com muita moral para o Super Bowl LI no NRG Stadium – onde encaram Pittsburgh Steelers ou New England Patriots no dia cinco de fevereiro às 21h30.

Começo avassalador dos Falcons

O fortíssimo ataque dos Falcons mostrou todas as suas garras logo de cara! Foi um domínio quase que total no primeiro período – Atlanta ficou com a bola em 12 dos 15 minutos possíveis. Matt Ryan distribuiu muito bem a bola para sete atletas diferentes e foi avançando de forma avassaladora! Foram dois bons drives e 10 pontos anotados: touchdown em um maravilhoso shovel pass de Ryan para Mohamed Sanu e um field goal de 28 jardas de outro Matt – o Bryant. Os Packers até deram um sinal de vida no único drive da primeira etapa, mas o herói do último domingo, Mason Crosby, errou um chute até tranquilo de 41 jardas.

A desvantagem de 10 pontos era a pior que os Packers enfrentaram nos últimos nove jogos. Green Bay mais uma vez avançou com autoridade em campo e bateu na porta da end zone de Atlanta, entretanto, o fullback Aaron Ripkowski sofreu o primeiro fumble de sua carreira! Realmente não era a tarde dos Packers… Matt Ryan recebeu a bola de volta e mais uma vez castigou: drive de 80 jardas e três minutos que ele mesmo finalizou uma corrida de 14 jardas para touchdown! O camisa 2 também sai do pocket e decide! 17 a 0 no Georgia Dome.

Rodgers recebeu a bola de volta com três minutos para o intervalo precisando urgentemente colocar os primeiros pontos dos Packers no placar. O QB mostrou todo desespero que cercava o time arriscando uma “Hail Mary” em uma terceira para 21 jardas ainda no campo de defesa! A bola viajou mais de 60 jardas e foi interceptada pelo safety Ricardo Allen. Que lástima! Ryan recebeu a posse de volta e não perdoou: foram nove jogadas em menos de dois minutos e um touchdown curto para Julio Jones no estouro do cronômetro. Virou passeio! Os Falcons foram para os vestiários com um placar assustador de 24 a 0.

Atlanta garante vaga no Super Bowl LI

O domínio de Atlanta seguiu na volta do intervalo – o time mandante voltou a pontuar já na primeira campanha! Julio Jones mostrou que a contusão no pé realmente não está afetando seu desempenho: o WR recebeu o passe em uma rota crossing e correu 73 jardas até a end zone! Avassalador! Ainda meio atordoado, Green Bay reagiu e teve a melhor campanha da partida até o momento: 12 jogadas e 75 jardas percorridas até um passe curto de Rodgers para Davante Adams dentro da end zone. Primeiros pontos dos Packers na partida!

Início de uma reação épica? Não contra esse avassalador time dos Falcons. Em noite inspirada, Matt Ryan comeu mais cinco minutos do relógio no final do terceiro período e castigou – o camisa 2 achou Devonta Freeman e praticamente liquidou o confronto no Georgia Dome. Quarto passe para TD do quarterback dos Falcons! Guerreiro, Aaron Rodgers lutou até o fim e foi buscar mais um touchdown com o incansável Jordy Nelson – que jogou com duas costelas quebradas!

Perdendo por 37 a 15, Green Bay até arriscou um onside kick, mas sem sucesso. Atlanta deu o golpe de misericórdia com mais uma campanha consistente terminada em touchdown – avanço terrestre de Tevin Coleman voando pelo lado esquerdo até a end zone. Praticamente garantido no Super Bowl, Atlanta tirou o pé do acelerador e os Packers aproveitaram: A-Rod lançou o terceiro touchdown dele na noite em passe curto para Jared Cook. Nada que manchasse o passeio dos Falcons – que voam alto até o Super Bowl LI!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários