Histórico! Patriots arquitetam virada épica e conquistam o Super Bowl 51!

ESPETACULAR, FANTÁSTICO, FORA DE SÉRIE, ÉPICO… Escolha o seus adjetivos! Estamos falando da maior virada da história dos Super Bowls! Quem começou a assistir futebol americano pela partida do último domingo (5) certamente vai virar fã pelo resto da vida… QUE JOGO FANTÁSTICO EM HOUSTON! O que parecia uma surra do Atlanta Falcons se transformou uma batalha dramática no segundo tempo… O New England Patriots foi buscar uma diferença de 25 pontos e levou o duelo a uma improvável prorrogação – a primeira da história dos Super Bowls! Tom Brady arquitetou a maior reviravolta em uma final e James White garantiu o quinto título da franquia com um mergulho para dentro da end zone no overtime por 34 a 28. Que sorte de quem pôde presenciar esse momento único da história do esporte!

O que falar de um senhor chamado Thomas Edward Patrick Brady Jr? Faltam adjetivos para descrevê-lo – difícil não colocá-lo como melhor quarterback de todos os tempos após o dia 5 de fevereiro de 2017. LENDA! Ele mostrou uma frieza absurda na adversidade e foi buscar uma improvável virada: foram 25 pontos consecutivos em 17 minutos! Além de arquitetar a maior virada de um Super Bowl, o camisa doze ultrapassou Joe Montana e Terry Bradshaw e se isolou como o jogador com mais anéis de campeão – cinco vezes Tom Brady!

Começo arrasador dos Falcons

O começo do Super Bowl 51 foi surpreendente: não tivemos pontos no primeiro quarto! Algo totalmente inesperado se tratando dos dois melhores ataques em primeiro período e dois dos melhores times anotando pontos na temporada regular. (Falcons 1º e Patriots 3º). Os dois quarterbacks sofreram muita pressão nesse começo de partida: foram dois sacks sofridos por Brady e um para cima de Matt Ryan. A boa atuação inicial da defesa dos Patriots não foi surpresa, afinal, trata-se da melhor da temporada regular em pontos. O que chamou atenção foi como os Falcons se defenderam bem e conseguiram pressionar Brady sem a necessidade de formações de blitz.

O Super Bowl 51 seguia altamente equilibrado até um turnover mudar totalmente o rumo da partida. Incrível como uma roubada de bola inflama um time e acaba com a moral do outro – efeito potencializado em uma final. Os Patriots caminhavam para anotar os primeiros pontos em Houston quando tudo desmoronou: o calouro Deion Jones arrancou a bola das mãos de Legarrete Blount e devolveu a posse de bola aos Falcons! Empolgado, o time de Atlanta pontuou quase que instantaneamente: Matt Ryan avançou o ataque com duas conexões longas e Devonta Freeman finalizou com um avanço de cinco jardas para dentro da end zone. Primeiros pontos no Texas foram do Atlanta Falcons!

New England sentiu o golpe e os Falcons não perdoaram: foram mais dois touchdowns anotados! Mais solto, Matt Ryan finalmente soltou o braço e acertou ótimos passes – o último deles uma conexão de 19 jardas para o TD do tight end Austin Hooper! Claramente abalado, Tom Brady fez uma leitura errada e lançou a bola nas mãos do cornerback Robert Alford: o camisa 23 retornou por 82 jardas e desfilou até a end zone! Virou passeio! O melhor time da NFL protegendo a bola na temporada regular (11 turnovers em 16 jogos) teve dois na primeira etapa no NRG Stadium.

Os Patriots receberam a bola de volta 21 pontos atrás – maior diferença na história dos sete Super Bowls da era Brady/Belichick. O camisa 12 não conseguiu o touchdown, mas pelo menos garantiu os primeiros pontos no placar: posicionou o kicker Stephen Gostkowski para um tranquilo chute de 41 jardas. Nada que ameaçasse o domínio total e absoluto de Matt Ryan: o QB foi para os vestiários com um rting perfeito de 158.3 – foram oito passes completos de nove tentados, 122 jardas e um touchdown. Atlanta foi para os vestiários vencendo por 21 a 3.

Enquanto os times descansavam, Lady Gaga roubou os holofotes com um show de tirar o fôlego! Playlist muito bem escolhida e execução impecável… que espetáculo é o show do intervalo do Super Bowl!

A maior virada da história dos Super Bowls

Os Patriots venceram a primeira batalha da segunda etapa: forçaram o punt dos Falcons na primeira campanha ofensiva após o intervalo. Entretanto, o ataque seguia irreconhecível. Atlanta recebeu a bola de volta e seguiu a risca o manual de como administrar uma vantagem na NFL: gastou o relógio por mais de quatro minutos e fechou o drive longo com touchdown! Matt Ryan administrou bem demais o ritmo da campanha e a finalizou com um passe de cinco jardas do lado direito para TD do running back Tevin Coleman. Virou passeio no Texas: 28 a 3.

Muitos times se entregariam nesse momento, mas não o New England Patriots. A equipe foi guerreira demais e lutou até o fim! Mas sabe quando você está em uma noite quando absolutamente tudo dá errado? Pois é. Os Patriots finalmente anotaram o primeiro touchdown, mas perderam seis preciosos minutos na campanha. Além disso, o kicker Gostkowski errou o extra point! Os Pats tiveram outra boa campanha no começo do último período e bateram na porta da end zone, mas dois sacks de Grady Garrett transformaram sete pontos em três. Stephen Gostkowski colocou o chute curto no meio do “Y” e levou a diferença para 16 pontos a 12 minutos do fim.

A missão parecia impossível, mas esqueceram de avisar um tal de Tom Brady. Acreditem ou não… Os Patriots empataram o jogo! Tudo começou com Dont’a Hightower forçando um fumble em Matt Ryan e dando uma boa posição para o camisa 12 castigar! Brady precisou de quatro passes para colocar ainda mais fogo no jogo: lançou um lindo touchdown para Danny Amendola! James White converteu os dois pontos e colocou a diferença em uma posse de bola! Foram 17 pontos seguidos… o pulso ainda pulsava! O momento era todo dos Patriots! Em pouco mais de 2 minutos Brady tirou passes espetaculares da cartola e foi buscar o empate: James White mergulhou na end zone e Amendola converteu os dois pontos! Pela primeira vez na história o Super Bowl foi para a prorrogação!

Patriots dominam no tempo extra e conquistam o título

O New England Patriots ganhou no cara ou coroa e não deu a menor chance para os Falcons sequer tocarem na bola. Uma lenda, Brady completou cinco dos seis passes que tentou e colocou os Pats a poucas jardas da glória. Coube a James White a tarefa de avançar duas jardas e mergulhar na end zone para dar aos Patriots o quinto título de Super Bowl. Simplesmente épico! O time de Foxborough é campeão do Super Bowl 51!

Em nome do Endzone Brasil queria agradecer a todos por mais uma grande temporada – fechada com chave de ouro com esse jogo histórico! Fica aqui nosso muito obrigado pela audiência e pelo carinho ao longo de todos esses anos… Vocês são espetaculares!  Ah, uma última coisa: setembro sempre chega! Grande abraço a todos!

Comentários