Ataque deslancha no segundo tempo, e Titans batem Seahawks em casa

Em um jogo onde os ataques deslancharam na segunda etapa, o Tennessee Titans provou seu valor e bateu o Seattle Seahawks por 33 a 27, no Nissan Stadium. Com três touchdowns seguidos no terceiro quarto, os donos da casa arrancaram no placar e abriram o caminho para a vitória. A sólida atuação dos Titans superou uma das melhores partidas de Russell Wilson em termos de passe. Os quatro touchdowns aéreos do quarterback de Seattle não foram suficientes, já que a forte defesa dos Seahawks não conseguiu segurar o potente e versátil ataque comandado por Marcus Mariota.

Em protesto, os dois times não ficaram em campo no Hino dos EUA

Com o triunfo, os Titans lideram a AFC South com duas vitórias e uma derrota, empatados com os Jaguars, mas superando os rivais nos critérios de desempate. Seattle, por sua vez, é apenas o terceiro da NFC West com apenas uma vitória, ficando a frente apenas do fraco 49ers.

Desde a primeira campanha do jogo, o cenário de uma partida estudada e truncada se estabeleceu. Enquanto o forte ataque dos Titans esbarravam na famosa defesa dos Seahawks, a contenção de Tennessee superava a fraca linha ofensiva de Seattle e, assim, os punts se acumulavam drive após drive. Depois de quarto three-and-outs seguidos, o time da casa enfim conseguiu engatar uma campanha produtiva e entrou na red zone. O ataque, porém, parou na linha de duas jardas e precisou que Ryan Succop entrasse em campo para chutar um field goal. O kicker converteu a tentativa de 24 jardas e tirou o zero do placar no Nissan Stadium. Na campanha seguinte, Succop disparou da linha de 37 jardas e colocou 6 a 0 no placar.

Em vantagem, os Titans pareciam estar cada vez mais próximo de anotarem o primeiro touchdown do jogo, enquanto Seattle seguia apático. No entanto, o ataque comandado liderado por Russell Wilson surpreendeu. Em uma campanha relâmpago com duas big plays, o camisa 3 achou Doug Baldwin na endzone e virou o jogo.  No entanto, a alegria dos visitantes durou pouco e antes do final do primeiro tempo, os donos da casa voltaram à frente com outro field goal de Succop, desta vez para 47 jardas.

As seguidas pontuações no fim da primeira metade de jogo foram um prenuncio para o que seriam os terceiros e quarto períodos. Com os ataques se mostrando mais eficientes, o jogo melhorou e ficou bem aberto. Logo na primeira campanha da parcial final, a Russell Wilson voltou a liderar a ofensiva de Seahawks a um bom desempenho. Ficando no campo mais de quarto minutos, o quarterback encerrou o drive encontrando Chris Carson na endzone e colocou Seattle na frente novamente.

Atrás do placar, o time de Marcus Mariota não sentiu a desvantagem. Pelo contrário, foi neste momento que o time acordou de vez. Mostrando um forte poderio ofensivo, o ataque ignorou uma das melhores defesas da liga, anotou três touchdowns consecutivos e colocou 16 pontos de frente no placar. No primeiro, o QB dos Titans se beneficiou de uma free play para castigar a defesa dos Seahawks. Rishard Matthews foi acionado em um passe curto e disparou pelo meio do campo até romper a endzone. Depois, um punt ruim de Jon Ryan cedeu a Mariota uma ótima posição de campo. Começando na linha de 46 da defesa, o ataque dos Titans precisou de pouco mais de dois minutos para anotar o segundo TD da franquia no jogo, com um lançamento de 24 jardas para Jonnu Smith. O terceiro veio com DeMarco Murray, em corrida gigante de 75 jardas.

Rishard Matthews foi um dos destaques dos Titans na partida contra os Seahawks

Com o placar marcando 30 a 14 para os donos da casa, Seattle caminhava para uma derrota iminente. Mas, quem tem Russell Wilson nunca pode desistir. Mesmo com uma linha ofensiva fraquíssima, o camisa 3 chamou a responsabilidade e mostrou porque merece ser considerado um dos melhores da liga. Se virando com o pouco tempo que tinha para lançar a bola, Wilson conseguiu conectar bons passes em sequência até achar Luke Willson dentro da endzone. Porém, o quarterback não conseguiu executar a conversão de dois pontos e os Seahawks seguiu perdendo por dez.

Na sequência, Mariota e companhia voltaram a campo e não deram tranquilidade a Seattle. Com uma outra boa campanha, os donos casa invadiram a red zone e deixaram Succop confortável para anotar o quarto field goal dele na partida. Chutando de 35 jardas, o kicker foi perfeito mais uma vez e deixou os Titans vencendo por 13. A desvantagem causou uma pane nos Seahawks, que na campanha seguinte chegaram a arriscar uma hail mary. No entanto, o lançamento de Russell Wilson não encontrou o alvo na endzone e Seattle deixou o campo com um turnover on downs. Os Seahawks até anotaram mais um touchdown, mas a reação parou por ai.

 

Na próxima semana, às 14h (de Brasília) do domingo, o Tennessee Titans visita o Houston Texans no NRG Stadium para um confronto direto na divisão. Mais tarde, no Sunday Night Football, às 21h30, é a vez do Seattle Seahawks receber o Indianapolis Colts no Century Link Field.

Comentários