As melhores e as piores jogadas da semana 4 da NFL

Mais uma rodada para nenhum fã de futebol americano botar defeito! Teve lambanças na semana 4 que custaram vitória ou mesmo desequilíbrio nos jogos. Também não faltaram jogadas espetaculares! Tem corrida animalesca do Philadelphia Eagles, drop inacreditável de Josh Doctson e muito mais! Veja agora as três melhores e as três piores jogadas da semana!

‘MELHORES JOGADAS DA SEMANA’

Nem o torcedor mais pessimista do New England Patriots esperava um recorde de 2-2 ao término da Semana 4 – com ambas as derrotas em seus domínios. Desta vez o time caiu para o Carolina Panthers por 33 a 30, mas houve o que comemorar no jogo. O kicker Stephen Gostkowski anotou um field goal de 58 jardas na saída para o intervalo e deu um novo ânimo para a equipe em busca da virada.

Esse FG foi o mais longo acertado por Gostkowski na carreira e o maior da história da franquia. Por coincidência, justamente um field goal derrotou os atuais campeões. Que fase!

O Philadelphia Eagles lidera a difícil divisão NFC East com 3-1 – com uma vitória a mais do que os rivais Washington Redskins e Dallas Cowboys. Já o New York Giants, bem, melhor pular isso. O jogo que deu esse status de líder para os Eagles foi contra o Los Angeles Chargers: belíssima vitória fora de casa por 26 a 24.

O running back LeGarrette Blount literalmente parecia voar como uma águia no campo, na primeira posse de bola da equipe no último quarto. Ele correu nada menos que 64 jardas e só foi parado no quinto tackle dos rivais. Bela corrida!

Já o Buffalo Bills estava atrás no placar contra os Falcons quando o QB Matt Ryan sofreu um fumble. o cornerback Tre’Davious White rapidamente recuperou a bola correu para a end zone!

Foram 52 jardas corridas para virar o jogo naquele momento. O calouro foi draftado em 27º na 1ª rodada pela universidade de LSU. Foi o seu primeiro TD na liga. Também já tem uma interceptação na NFL.

‘PIORES JOGADAS DA SEMANA’

Teve queda de invicto em casa na Semana 4! Isso porque o Atlanta Falcons perdeu para o Buffalo Bills, no Mercedes-Benz Stadium. Perdendo por 14 a 10 no terceiro período, os Falcons buscavam a virada e Matt Ryan tentava tirar um coelho da cartola com o braço.

Depois de a oval viajar mais de 60 jardas no ar, o safety Micah Hyde interceptou o lance – que foi fundamental para  os Bills assumirem a liderança da sua divisão de forma isolada pela primeira vez desde 2011.

No Sunday Night Football, frente a frente estava um time sem seu quarterback titular, Andrew Luck, contra um Russell Wilson tentando sobreviver atrás de sua capenga linha ofensiva.

O jogo seguia equilibrado até o fim do 3º quarto, até Jacoby Brissett sofrer um fumble que matou as chances dos visitantes. O DE Marcus Smith bateu na bola, ela quicou para as mãos de Bobby Wagner, que foi running back no College, escapar dos tackles e anotar um TD defensivo.

A “grande” jogada negativa desta semana 4 da NFL aconteceu nos últimos segundos da rodada. No Monday Night Football realizado no Kansas entre Chiefs e Washington Redskins, vimos uma dolorosa derrota para o time da capital americana.

Faltando 57 segundos no cronômetro e perdendo por 20 a 17, o quarterback Kirk Cousins fez um lançamento de 44 jardas para end zone, mas o que parecia uma recepção com o controle da bola no ar do o wide receiver Josh Doctson, não aconteceu.

Isso porque Doctson, ao se encontrar com o chão, acabou soltando a bola no último segundo. Na posse de bola seguinte, o Kansas City Chiefs anotou um FG com o kicker Harrison Buttker, substituto de Cairo dos Santos machucado. Aposto que o jovem WR nem dormiu à noite.

 

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários