Cam Newton ironiza repórter com comentário machista em entrevista

Em um mundo onde o espaço para o machismo está cada vez menor, o quarterback Cam Newton, do Carolina Panthers, deu um exemplo de como não se portar com uma mulher. Conhecido por não ser o mais simpático dos jogadores em entrevistas coletivas, o MVP de 2015 causou polêmica ao responder a pergunta da repórter Jourdan Rodrigue, do portal The Charlotte Observe. Questionado sobre as rotas do WR Devin Funchess, o QB ironizou a jornalista.

Cam Newton vem sendo duramente criticado por atitude em entrevista coletiva

Engraçado ouvir uma mulher falar sobre rotas. É engraçado – disse Newton em tom sarcástico antes de responder a pergunta com sinceridade.

O fato não soou bem na hora e ganhou uma repercussão extremamente negativa nas redes sociais. Rapidamente, o Carolina Panthers, através de sua assessoria de imprensa, divulgou nota dizendo que o Cam Newton procurou a jornalista após a coletiva para pedir desculpa. Já Jourdan Rodrigue, em release enviado pelo jornal que trabalha, garantiu que não houve pedido de desculpas por parte do jogador.

Eu fiquei consternada com sua resposta, porque não apenas me desprezou, mas inúmeras outras mulheres diante de mim e que trabalham assim como eu. Eu procurei o Sr. Newton após ele sair do vestiário minutos depis. Ele não se desculpou pelo que falou.

A NFL reconheceu que os comentários de Cam Newton foram extremamente desrespeitosos e errados, que não foi sentido apenas pela repórter, mas por todas as mulheres que trabalham na cobertura do dia-a-dia da NFL. 

Nesta temporada, pela primeira vez na história uma mulher comandou a transmissão de uma partida. No Monday Night Football entre Broncos e Chargers, na semana 1, Beth Mowins entrou para história ao narrar o confronto e quebrou paradigmas. No Brasil, perfis nas redes sociais comandados por mulheres são cada vez mais comuns e influentes, como o NFL Luluzinha Club, que faz uma grande trabalho de divulgação da Liga.

Rivalo Apostas Esportivas

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários