Defesa brilha, Vikings vencem os Bears em Chicago e encostam nos Packers

E não é que o Monday Night Football foi um belo de um jogo! Bem, pelo menos no segundo tempo. Após uma primeira etapa extremamente defensiva, os ataques de Minnesota Vikings e Chicago Bears se soltaram e fizeram um grande duelo no Soldier Field. O QB Mitch Trubisky bem que tentou, mas não conseguiu dar a vitória ao time da casa em sua estreia na NFL. Melhor para os Vikings – que foram buscar um field goal nos segundos finais e venceram por 20 a 17 na noite desta segunda-feira (09).

Impossível não destacar a estreia do calouro como principal ponto da partida – até porque ele foi decisivo no placar final. Trubisky teve alguns momentos bons e até chegou a empatar o jogo no meio do último período, mas uma interceptação da segunda escolha geral do último Draft praticamente sacramentou o jogo em favor do adversário. Apesar do turnover, o garoto mostrou que pode ser titular na liga em um primeiro momento. 

 

Defesa, defesa, defesa!

Tudo bem que a promessa era de um duelo com domínio defensivo, mas, no primeiro tempo, as equipes levaram isso um pouco a sério demais. Os ataques não fizeram absolutamente nada! Quem vê o placar de 3 a 2 para os Vikings no fim da primeira etapa pode confundir com um jogo de bola redonda. As duas equipes somaram exatos oito primeiras descidas e os QBs Sam Bradford e Mitch Trubisky, JUNTOS, computaram 125 jardas. Enquanto o QB dos Vikes estava claramente jogando no sacrifício, o calouro fazia uma estreia decente na NFL – mesmo contra uma defesa feroz.

Para se ter uma ideia, as duas únicas pontuações tiveram influência direta das defesas. No primeiro período, Michael Floyd sacou Bradford dentro da própria end zone… safety! No segundo período, o LB Everson Griffin forçou um fumble no novato Trubisky já próximo da end zone – que Kai Forbath transformou nos primeiros pontos dos Vikings no Monday Night Football. Minnesota foi para os vestiários do Soldier Field perdendo por 3 a 2.

 

Trubisky vai do céu ao inferno

Para alegria dos espectadores, os pontos começaram a aparecer no segundo tempo! Do lado dos Vikings, o ataque renasceu quando Case Keenum, saudável, entrou no lugar de Bradford: ele fez mais em poucos snaps do que o camisa 8 em toda a primeira etapa. Acredite se quiser: foram dois TDs de Minnesota no terceiro período! Primeiro, Keenum comandou uma campanha longa e lançou o primeiro touchown da partida para Kyle Rudolph. Pouco tempo depois, Jerick McKinnon encaixou uma corrida maravilhosa de 52 jardas até a end zone!

A diferença no placar não ficou gigantesca pois, no meio dos TDs dos Vikes, o time de especialistas de Chicago fizeram uma jogada bem engraçadinha! No melhor estilo ‘Pegadinha do Mallandro”, o punter Pat O’Donnell fez o famoso ‘fake punt’ e acertou um bom passe para o RB Benny Cunningham anotar o touchdown e manter os Bears vivos no jogo!

Mitch Trubisky entrou no último quarto perdendo por oito pontos e, em apenas 15 minutos, pôde experimentar todos os altos e baixos que um jogador enfrenta na NFL. O calouro foi ao céu ao lançar o seu primeiro TD da carreira, para o TE Zack Miller, e ainda correr na conversão de dois pontos! Tudo empatado no Soldier Field! Minutos depois, ele teve a bola para marcar de vez seu nome na história, mas acabou fazendo bobagem. Trubisky foi interceptado pelo ótimo safety Harrison Smith. A um passo da vitória, Keenum avançou o suficiente para posicionar seu kicker para um chute tranquilo. Forbath colocou a tentativa de 26 jardas dentro do “Y” e deu a vitória aos Vikings!

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (15), às 15h, para duelos bem complicados: os Vikings recebem o rival Green Bay Packers no US Bank Stadium e os Bears viajam a Baltimore para encarar os Ravens.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários