Épico! Rodgers vira jogo no fim e garante vitória dos Packers contra os Cowboys

Épico! Fantástico! É assustador como os duelos entre Green Bay Packers e Dallas Cowboys sempre são espetaculares. Dessa vez não foi diferente: jogaço de múltiplas viradas decidido nos segundos finais! Os dois times tiveram momentos excelentes, mas, no fim, o gênio prevaleceu. Faltam palavras para explicar o que Aaron Rodgers fez no final da partida: o QB arquitetou uma campanha épica e foi buscar o touchdown da virada com 16 segundos para o final! Monstro! Triunfo importantíssimo por 35 a 31 no AT&T Stadium!

No geral, foi um jogaço recheado de jogadas explosivas e viradas. Além de outra atuação épica de A-Rod, o calouro Aaron Jones foi o destaque da equipe com 125 jardas terrestres e um touchown. Do lado dos Cowboys, Dak Prescott teve uma excelente atuação com três passes e mais uma corrida para TD. Entretanto, uma interceptação dele retornada para touchdown pode ter sido o fiel da balança em um embate tão equilibrado.

 

Prescott coloca os Cowboys na vantagem

A expectativa de jogão se concretizou já nas primeiras campanha da partida: dois drives bem consistentes, um de cada lado, que resultaram em touchdowns! O ataque de Dallas já mostrou o seu cartão de visitas logo na primeira campanha do jogo: Ezekiel Elliott achou muitos espaços na defesa de Green Bay e Dak Prescott liquidou a fatura com um passe curto para Cole Beasley no canto direito da end zone. Explosão no AT&T Stadium! Aaron Rodgers recebeu a bola pela primeira vez e logo deu o troco. O camisa 12 acertou todos os primeiros cinco passes que tentou – o último deles uma conexão de 10 jardas para o TD de Davante Adams. Que começo eletrizante!

Aos poucos, os Cowboys foram tomando as rédeas da partida: o ataque terrestre seguia feroz e a defesa colocava muita pressão em Aaron Rodgers – o deixando sentadinho no banco de reservas. Dallas anotou mais dois touchdowns sem muita dificuldade – ambos em passes de Prescott! O garoto estava demais! O camisa 4 voltou a achar Cole Beasley na end zone e, minutos depois, mandou um belo passe para o touchdown de Dez Bryant. As três primeiras campanhas dos mandantes resultaram em sete pontos. 21 a 6 no AT&T Stadium.

Apesar da pressão, A-Rod foi tirando coelhos da cartola e avançando seu ataque no finalzinho do primeiro tempo. O camisa 12 posicionou o time próximo da end zone e o garoto Aaron Jones correu para o primeiro touchdown da carreira! A vantagem poderia estar em apenas sete pontos, mas pasmem: o kicker Mason Crosby errou os dois extra points! Com quase o dobro de jardas totais e tempo de posse, os Cowboys foram para os vestiários vencendo por 21 a 12.

 

Run the table, Aaron Rodgers!

O torcedor que voltou para a segunda etapa não conseguiu ver o Dallas Cowboys em campo – especialmente no ataque. Foi um monólogo dos Packers no AT&T Stadium: o time ficou com a bola em 11 dos 15 minutos do terceiro período! Depois de Mason Crosby finalmente ter ‘colocado o pé na forma’ e acertado um field goal de 22 jardas, Aaron Rodgers comandou um drive excelente de quase oito minutos! O QB dominou a defesa dos Cowboys e virou o duelo com uma conexão de 10 jardas com Jordy Nelson. Packers na frente!

A vantagem não durou muito tempo, pois Dan Bailey converteu um field goal de 43 jardas e colocou os Cowboys de volta na frente: 24 a 22. Dak Prescott seguia firme em busca de uma vantagem mais confortável, mas o jovem QB errou quando não podia. O CB Damarious Randall agarrou um passe do camisa 4 e levou até a end zone! Justiça seja feita, a culpa não foi dele – Terrance Williams não agarrou a bola e ela ficou alguns segundos no ar. Turnovers assim podem decidir uma partida.

Apesar do erro, Prescott não se deixou abalar e foi buscar a virada nos minutos finais! O QB comandou um drive maravilhoso de quase nove minutos e finalizou com uma jogada linda: ele ficou com a bola no read option e desfilou até a end zone. Vitória dos Cowboys? Vamos com calma.

Os Packers tinham apenas 1:13 no relógio para, pelo menos, buscar o field goal que empataria a partida. Difícil? Não quando o seu QB é um dos gênios do esporte. O que Aaron Rodgers fez não está escrito: acertou bons passes, correu com a bola em momentos cruciais e posicionou seu ataque próximo da linha de goal. Com 16 segundos no relógio, A-Rod colocou um toque maravilhoso na bola e encontrou Davante Adams no canto esquerdo da end zone! Touchdown épico que calou o AT&T Stadium! Vitória dos Packers!

 

Próximos jogos:

Enquanto os Cowboys aproveitam a semana de bye e descansam, os Packers terão um desafio e tanto pela frente no próximo domingo (15): Aaron Rodgers e companhia viajam ao hostil US Bank Stadium para encarar o rival Minnesota Vikings às 15h.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários