Quem levou a melhor na troca entre Dolphins e Eagles pelo RB Jay Ajayi?

O Philadelphia Eagles está claramente vendo o sonho do Super Bowl cada vez mais próximo. O time de melhor campanha da NFL realmente não está para brincadeira! As Águias movimentaram o mercado esta terça-feira com uma troca surpreendente: trocaram uma escolha de quarta rodada do Draft 2018 com o Miami Dolphins pelo running back Jay Ajayi – um dos melhores da liga e Pro Bowler no ano passado. Qual o impacto dessa movimentação no andamento da temporada? Quem levou a melhor nessa?

Primeiramente, talvez o maior beneficiado seja o próprio Ajayi. O jogador sai de um dos ataques mais ineficientes da liga para uma equipe extremamente bem montada e pronta para dar o próximo passo. Após uma temporada excelente de mais de 1200 jardas terrestres, Ajayi possui apenas 465 em 138 carregadas e ainda não encontrou a end zone em 2017. Isso deve mudar atrás de uma linha ofensiva muito mais estruturada e em um ataque terrestre que já é o quinto melhor da NFL sem ele. Apesar de dividir as carregadas com LeGarrette Blount, ele terá muito mais chances de brilhar.

Olhando pelo lado dos times, parece que os Eagles levaram uma pequena vantagem no negócio. Philly precisa de um bom nome para carregar o piano ao lado de Blount e administrar o relógio após Carson Wentz e companhia abrirem uma vantagem. Tempo de posse é cada dia mais importante na liga – e parece que as Águias sabem muito bem disso. Além do mais, com a lesão do left tackle Jason Peters, o time deve ir um pouco menos para o passe para preservar o menino Wentz.

Quanto ao preço, Howie Roseman fez um bom negócio se levarmos em conta que trouxe a cereja do bolo para o ataque com apenas 24 anos e ainda possui mais duas escolhas de quarta rodada para o próximo Draft. Ótimo trabalho.

Agora, difícil falar que foi uma péssima para os Dolphins. Primeiramente, Ajayi foi uma escolha de quinta rodada, portanto, isso já é algo positivo. Depois, o clima nos vestiários já não estava dos mais amistosos após seguidas críticas do técnico Adam Gase ao seus running backs – especialmente após o vexame diante dos Ravens na última quinta-feira. Claro que essa análise não passa de especulação. Na verdade, só o tempo dirá quem levou a melhor nessa troca.

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários