Apesar da lesão de Wentz, Eagles batem os Rams e se classificam para os playoffs

Que jogo, amigos! A promessa de um show de pontos dos dois melhores ataques se concretizou: Philadelphia Eagles e Los Angeles Rams fizeram um dos melhores duelos da temporada 2017! Agora, a empolgação do jogo é diretamente proporcional a tristeza da lesão de Carson Wentz. Um dos candidatos a MVP e líder da NFL em touchdowns, o camisa 11 deixou o gramado machucado no final do terceiro período e a suspeita é de rompimento no ligamento cruzado anterior. Vamos torcer! Mesmo de fora no último quarto, ele foi fundamental no triunfo por 43 a 35 no Los Angeles Memorial Coliseum que garantiu as Águias o título da NFC East e classificação para os playoffs.

Wentz venceu a batalha contra Jared Goff no duelo das duas primeiras escolhas do Draft 2016: o camisa 11 terminou com 296 jardas e quatro passes para touchdown. Do lado dos Rams, Todd Gurley foi muito bem contra a melhor defesa da liga contra corridas e terminou com 96 jardas e dois TDs. Um monstro! Mesmo com a derrota, o time de LA foi beneficiado pela derrota dos Seahawks e segue na liderança da NFC West com 9-4.

 

Eagles saem na frente

Os Eagles deram uma resposta aos críticos com um primeiro tempo extremamente competente! Acredite se quiser: os dois ataques entraram na partida empatados com mais pontos na NFL até a semana 14  – exatamente 361. Hora de fazer o tira-teima, certo? Bem, pelo menos no primeiro tempo, a vantagem foi toda das Águias: tiveram quase o dobro de posse de bola e de jardas totais (304 a 167). Apesar do domínio, quem abriu o placar foram os Rams: a defesa interceptou Carson Wentz e Todd Gurley aproveitou a ótima posição de campo para anotar o primeiro touchdown na ensolarada Los Angeles. 7 a 0 Rams!

Muitos quarterbacks sentiriam o peso do erro, mas não o garoto Wentz. Esse camisa 11 é mesmo especial! Apoiado em um bom jogo terrestre, o QB doutrinou a defesa dos Rams e lançou três TDs consecutivos – aumentando ainda mais seu recorde com 32 passes para touchdown em 2017! Todos os três para tight ends: o primeiro para Brent Celek e os outros dois em lindas conexões dentro da end zone para Trey Burton. Águias voando alto!

Meio apagado até então, Jared Goff resolveu dar o ar da graça no segundo quarto e mostrar o porquê de ter sido escolhido antes de Wentz no Draft 2016. Ele logo tratou de levar a diferença de volta a uma posse de bola utilizando Cooper Kupp: um maravilhoso avanço de 64 jardas e um passe de seis jardas para touchdown. Os Eagles ainda tiraram um field goal da cartola nos segundos finais e foram para o intervalo vencendo por 24 a 14.

 

Wentz se machuca, mas Foles garante vitória

Los Angeles voltou para a segunda etapa com outro ânimo – e em apenas cinco minutos virou a partida na Califórnia! Primeiro, Gurley destruiu a defesa das Águias e posicionou Goff para um touchdown curto para Sammy Watkins no meio da end zone. Minutos depois, o time de especialistas apareceu: os Rams bloquearam o punt e retornaram para touchdpown! Virada relâmpago: 28 a 24 Rams.

Eis que começou possivelmente o drive mais triste para os Eagles em 2017. Wentz liderou a campanha por mais de sete minutos e resolveu mergulhar na end zone, entretanto, levou uma bela paulada no joelho esquerdo enquanto caía. Mesmo machucado, ele voltou a campo e ainda lançou o quarto TD dele na partida: uma recepção milagrosa de Alshon Jeffery dentro da end zone. Eagles na frente! Não por muito tempo. Todd Gurley mais uma vez achou buracos na defesa das Águias e anotou o seu segundo TD na noite com um mergulho que cruzou a linha de goal.

Já com Nick Foles em campo, o ataque dos Eagles caminhou o suficiente para chutar um field goal que diminuiu a diferença para apenas um pontinho: 35 a 34. Goff voltou a campo disposto a sacramentar a vitória, mas o pass-rush de Philly finalmente cresceu pra cima dele! Chris Long forçou um fumble e garantiu a ótima posição de campo! Jake Elliott chutou mais um field goal no meio do “Y” e deu aos Eagles a tão sonhada liderança. No desespero, o ataque dos Rams tentou aquela clássica ‘jogada de rugby’ com o cronômetro zerado e acabou sofrendo o fumble – Brandon Graham recuperou a posse e sacramentou a vitória das Águias na ensolarada Califórnia.

Comentários