Bizarro! Como a revanche entre Eagles e Patriots se conecta com o Super Bowl 39

Assim que o Super Bowl 52 entre Philadelphia Eagles e New England Patriots foi definido, imediatamente o Super Bowl 39 veio à tona – o primeiro e único encontro entre os times na grande final da temporada de 2004. Já contamos a história desse jogo aqui há alguns dias: um duelo bem equilibrado e vencido pelos Patriots por 24 a 21 em Jacksonville. Apesar do duelo ter acontecido há 14 anos, chega a ser assustadora a quantidade de coincidências entre essa partida histórica na Flórida e o embate que está por vir em Minneapolis no dia 4 de fevereiro. Algumas delas são bem bizarras! Veja como a proximidade dos confrontos entre Eagles e Pats vai muito além da repetida presença de Tom Brady e Bill Belichick:

>>PÁGINA ESPECIAL DO ENDZONE BRASIL COM TUDO SOBRE O SUPER BOWL 52

– Os Eagles de 2004 terminaram 13-3 e venceram Vikings e Falcons para chegar ao Super Bowl
– Os Eagles de 2017 terminaram 13-3 e venceram Falcons e Vikings para chegar ao Super Bowl

Com um equilíbrio tão grande entre as equipes da NFC, chega a ser quase impossível um time repetir a campanha e ainda encarar os mesmos dois times para chegar à grande final! Em 2004, os Eagles de Donovan McNabb bateram os Vikings de Daunte Culpepper e os Falcons de Michael Vick na final da NFC. Curiosamente, Vick seria o substituto de McNabb após alguns anos na Filadélfia. Depois de seguidas lesões, Vick perderia a posição de titular para nada menos que Nick Foles – QB titular das Águias no próximo domingo.

– Os Patriots de 2004 eram os atuais campeões do Super Bowl
– Os Patriots de 2017 são os atuais campeões do Super Bowl

Os Patriots chegaram no Super Bowl 39 após terem vencido o Carolina Panthers por 32 a 29 no ano anterior. 14 anos depois, eles voltam ao SB 52 como atuais campeões depois daquela virada épica também contra um time da NFC South – o Atlanta Falcons. Quer mais? Se os Pats vencerem no dia 4 de fevereiro, repetirá o feito do time em 2004 vencendo em três dos últimos quatro anos (2001, 2003 e 2004 – 2014, 2016 e 2017).

– O Super Bowl 39 aconteceu na casa do atual vice-campeão da AFC
– O Super Bowl 52 vai acontecer na casa do atual vice-campeão da NFC

A grande final da temporada aconteceu no então Alltel Stadium e atual EverBank Field – ainda casa do Jacksonville Jaguars: time que perdeu a grande final da AFC. No dia 4 de fevereiro, a decisão acontece no US Bank Stadium e casa dos Vikings – atuais vice-campeões da NFC.

– O New England Patriots de 2004 foi o primeiro time a contar com Josh McDaniels e Matt Patricia na mesma comissão técnica
– O New England Patriots de 2017 será o último time a contar com Josh McDaniels e Matt Patricia na mesma comissão técnica

Em 2004, Bill Belichick trouxe McDaniels para ser treinador de quarterbacks e Matt Patricia como assistente do coordenador defensivo da época, Romeo Crennel. 14 anos depois, ambos são coordenadores ofensivo e defensivo e devem assumir postos de técnico principal em 2018.

– Os Eagles de 2004 tinham como principal alvo um talentoso WR free agent e um running back utilizando a camisa 36
– Os Eagles de 2017 têm como principal alvo um talentoso WR free agent e um running back utilizando a camisa 36

Há 14 anos, Philly trouxe o promissor WR Terrell Owens do San Francisco 49ers e ele foi fundamental na campanha da equipe. Hoje, Philly contratou Alshon Jeffery dos Bears e ele vem sendo o mais confiável dos wide receivers – inclusive recebendo dois TDs na final da NFC. Falando dos running backs, a 36 era utilizada pelo ótimo Brian Westbrook, um dos maiores da história da franquia, e hoje é utilizada por Jay Ajayi – que tem talento para escrever seu nome na história da franquia.

– Os Patriots de 2004 eram liderados em recepções e jardas aéreas pelo camisa 87
– Os Patriots de 2017 são liderados em recepções e jardas aéreas pelo camisa 87

Talvez o torcedor mais recente não lembre desse trio, mas teve uma época que os alvos de Tom Brady eram David Givens, Deion Branch e Troy Brown. Givens, que usava a 87, foi o principal recebedor dos Patriots naquela temporada com 53 recepções e 859 jardas. O atual camisa 87 o torcedor mais atual conhece bem: Rob Gronkowski! O TE liderou os Patriots com 69 recepções, 1079 jardas e 8 TDs.

Comentários