Brady cresce, Patriots viram sobre os Jaguars e vão para o Super Bowl 52

Com uma virada brilhante e um quarto período absurdo de Tom Brady, que mostrou estar bem em relação ao problema na mão, o New England Patriots venceu o Jacksonville Jaguars por 24 a 20, na decisão da Conferência Americana, e estará no Super Bowl 52, dia 04 de fevereiro, em Minneapolis. 

Mesmo aos 40 anos, Tom Brady mostrou estar em grande forma. Contra a melhor defesa da NFL, o camisa 12 dos Patriots cresceu no úlimo quarto do jogo e elevou seus números para 26/38 passes completados para 290 jardas e dois touchdowns – os dois no último quarto. Detalhe: Brady jogou a segunda metade da partida sem Rob Gronkowski, que sofreu uma concussão e não jogou a partir do segundo tempo. Do lado dos Jaguars, Bortles teve 23/36 para 293 jardas e um touchdown. Após um começo de jogo muito bom, apagou na reta final e não conseguiu manter o nível alto.

Brady teve mais uma grande tarde e vai jogar mais um Super Bowl

Agora os Patriots esperam o vencedor da final da NFC, entre Vikings e Eagles, para saber quem vai enfrentar no Super Bowl na busca pelo sexto título da história da franquia. O sexto da dupla Brady e Belichick.

Grande jogo na final da AFC

Corey Grant foi um dos destaques dos Jaguars no jogo

New England começou o jogo mostrando sua força e se impondo. Logo na primeira campanha, Brady conseguiu bons passes, convertendo uma quarta descida e já pontuando em um field goal de Stephen Gostkowski, que acertou chute de 31 jardas e abriu 3 a 0. A defesa dos Jaguars, ponto forte da equipe, resolveu aparecer, e com isso o time inteiro cresceu. Com o sistema defensivo segurando a barra, Blake Bortles começou a distribuir passes curtos e virou a partida no início do segundo quarto, em passe para o TE Mercedes Lewis, colocando 7 a 3.

Após mais um three and out dos Pats, Jacksonville respondeu com mais um touchdown, desta vez em corrida curta de Leonard Fournette. Levando 14 a 03 e sem conseguir empolgar a torcida, New England conseguiu um suspiro no final do primeiro tempo. Com mais um bom drive, o time finalmente anotou um touchdown no jogo. Ele veio com James White, em corrida curta, deixando a partida 14 a 10 no intervalo.

Após a pausa, os Jaguars já começaram a segunda etapa conseguindo um field goal de 54 jardas de Josh Lambo – o mais longo da história da franquia nos playoffs. E foi só no terceiro período. No início do último quarto, Lambo mandou um chute de 43 jardas no meio do “Y” e abriu 20 a 10. No drive seguinte, uma boa jogada dos Patriots acabou com o momento todo para os Jags. Danny Amendola fez um passe curto para Dion Lewis, que iria avançando até a endzone, mas Myles Jack conseguiu o tackle, forçou o fumble e recuperou a bola, faltando 12 minutos.

James White iniciou a reação dos Patriots

Ai começou a reação de New England. Tom Brady entrou no jogo de vez e começou a fazer as coisas que sempre fez na carreira, principalmente em momentos decisivos. Praticamente perfeito, o camisa 12 comandou duas campanhas impecáveis, ambas terminando em touchdown, e ambas com Danny Amendola. Em um intervalo de menos de seis minutos, os Patriots anotaram 14 pontos e viraram a partida para 24 a 20.

Atrás no placar, os Jaguars precisavam de um touchdown. Blake Bortles teve uma chance e conduziu o time até o campo de ataque, mas falhou em uma quarta descida, parando em uma linda espalmada de Stephon Gilmore, que evitou a recepção. Com a faca e o queijo na mão, Dion Lewis conseguiu a sua melhor corrida na partida, garantindo a primeira descida e o New England Patriots no Super Bowl 52.

NEW ENGLAND VAI JOGAR AO SUPER BOWL 52!!

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários