Mais uma troca na NFL! Brandin Cooks deixa os Patriots e vai para os Rams

Será que o Los Angeles Rams ainda não cansou de agitar o mercado da NFL nessa offseason? Acredite se quiser: temos mais uma movimentação de peso envolvendo a equipe da Califórnia! Após trazer Aqib Talib, Marcus Peters e Sam Shields para a secundária e buscar Ndamukong Suh para uma dupla letal com Aaron Donald, o time fez uma troca com o New England Patriots pelo WR Brandin Cooks! LA deu aos Pats sua escolha de primeira rodada (nº23) e mais uma de sexta rodada e recebeu o wide receiver e uma de quarta rodada. Quem levou a melhor nessa troca?

Para quem não se lembra, Cooks foi uma escolha de primeira rodada do New Orleans Saints no Draft de 2014. Jogando ao lado de Drew Brees, ele logo se estabeleceu como uma das maiores ameaças nos passes profundos devido a sua velocidade: passou das mil jardas em todos os três anos e computou 20 touchdowns por lá. Trocado para os Patriots por uma escolha de primeira rodada, ele até foi bem, mas não teve o impacto que todos esperavam ao lado de Tom Brady. Cooks terminou sua passagem por Foxborough com 65 recepções, 1065 jardas e sete TDs.

Vem um substituto para Tom Brady por aí?

Após os Patriots subirem para a 23º posição, os rumores de que a equipe busque um bom prospecto no Draft 2018 para ser o sucessor de Tom Brady aumentam ainda mais. Será? Com apenas Brady e Brian Hoyer no elenco, é óbvio que o time vai escolher algum quarterback no evento do fim do mês. Agora, será que tão cedo?

Falando agora da troca em si, faz total sentido os Pats se livrarem de um wide receiver que jogaria em 2018 com o seu quinto ano de contrato de calouro. No fim do ano, New England teria duas opções: ou dar a ele uma gorda extensão contratual ou colocar a franchise tag. Como se sabe, Bill Belichick não costuma dar contratos grandes e longos a wide receivers.

Rams claramente indo para o ‘tudo ou nada’ em 2018

A troca também faz total sentido se olharmos do viés dos Rams. Após renascer em 2017, o time está arriscando alto para colher um título já em 2018 – o famoso ‘all in’. A defesa recebeu reforços de peso para subir de patamar e o melhor ataque da NFL certamente recebeu um upgrade após a chegada de Cooks. Los Angeles esperava ter essa ameaça em passes longos quando fez uma troca trazendo Sammy Watkins no ano passado, mas o jogador ex-Bills rendeu MUITO abaixo do esperado.

O salary cap está bem apertado, o time começará a escolher apenas na 83ª posição do próximo Draft, mas as peças já estão sendo arrumadas para vencer logo. Será que a aposta vai valer a pena? Veremos em fevereiro do ano que vem

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários