Prévia da temporada 2018: Como será o ano do Cleveland Browns

Hora do Cleveland Browns sair do fundo do poço

Depois de vencer apenas um jogo em 2016, veio uma temporada desastrosa em 2017 com 16 derrotas consecutivas. Dono de um recorde lamentável de 1-31 nos dois últimos anos, chegou a hora do Cleveland Browns sair do fundo do poço! Apesar da manutenção do técnico Hue Jackson, o time trouxe um novo general manager, John Dorsey, que já chegou abalando as estruturas em Ohio. Será que veremos uma equipe mais competitiva em 2018?

Podem apostar! Além de ‘abrir os cofres’ e trazer bons nomes do mercado, a expectativa é de que várias escolhas altas dos últimos dois Drafts comecem a render o esperado em um elenco mais equilibrado. Para se ter uma ideia, a expectativa é de que mais de 50% do elenco deste ano seja composto por caras novas! A expectativa é de um Cleveland Browns mais experiente em posições importantes – a meta é de uma defesa mais consistente contra o passe e de um ataque que não sofra tantos turnovers. Honestamente, não é tão difícil fazer um papel mais digno do que os dois anos anteriores.

Ataque muito mais talentoso

Muito do fracasso retumbante dos últimos anos passa por uma lista interminável de quarterbacks sem condições começar um jogo na NFL. Para 2018, Cleveland se livrou de DeShone Kizer, uma máquina de turnovers, e trouxe uma dupla mais promissora: o veterano Tyrod Taylor veio em uma troca com os Bills e Baker Mayfield foi selecionado, com alguma controvérsia, na primeira escolha geral do último Draft. A tendência é de que o veterano comece como titular na semana 1 – especialmente por proteger muito bem a bola.

Seja quem for o QB, terá um elenco bem mais talentoso a sua volta. Jarvis Landry foi o jogador que mais recebeu passes na história nos quatro primeiros anos de NFL e chega para ser aquele WR1 que carrega o corpo de recebedores nas costas. Quando estiver apto psicologicamente, Josh Gordon também deve contribuir bastante.

O grupo de running backs também recebeu alguns reforços bem interessantes: Carlos Hyde e o calouro de segunda rodada Nick Chubb devem fazer um belo trio junto com Duke Johnson e tornar esse grupo muito mais dinâmico e eficiente. A grande baixa no ataque foi a aposentadoria do lendário Joe Thomas – Joel Bitonio deve assumir o posto de left tackle.

>>>Veja a nossa página com todas as prévias da temporada 2018

Secundária totalmente reformulada

Myles Garrett é a grande atração defensiva em Cleveland

Não é exagero dizer que apenas uma coisa funcionou nos Browns de 2017: a defesa contra o jogo corrido. Mesmo sofrendo com uma concussão e uma torção no tornozelo, Myles Garrett teve alguns flashes de genialidade e deve ser a base de uma linha defensiva mais eficiente ao lado de Emmanuel Ogbah e Larry Ogunjobi. Mais atrás, a tendência é que o trio de linebackers Joe Schobert, Christian Kirksey e Jamie Collins permanecam como titulares em 2018 – com Mychal Kendricks, campeão do Super Bowl com os Eagles, correndo por fora.

Agora, não era segredo para ninguém que uma das secundárias mais fracas da história precisava de uma reformulação total! Não a toa o time deu um ligeiro ‘reach’ no último Draft para buscar Denzel Ward – o melhor prospecto da posição de cornerback. O setor foi totalmente mudado – a tendência é que EJ Gaines seja o companheiro do calouro na semana 1. A chegada de Damarious Randall para a posição de safety será fundamental para deslocar o free safety Jabrill Peppers em uma posição mais confortável próxima da linha de scrimmage.

Favoritismo em 2018

Para se ter uma ideia do ‘upgrade’ dos Browns na intertemporada, a equipe não aparece mais nas últimas posições na lista de candidatos ao caneco nas casas de aposta! Segundo dados do Oddsshark.com, se o Cleveland Browns engrenar e conquistar o Super Bowl 53 você recebe R$81 a cada real investido.

Vai até onde?

É inegável que o Cleveland Browns possui um elenco melhor em 2018 – nos dois lados da bola oval. Se o ataque conseguir estabelecer o jogo terrestre e a secundária não ser o queijo suíço do ano passado, certamente o time vence alguns jogos em 2018! Claro que é MUITO cedo para falar em playoffs, mas certamente não vão passar a vergonha dos últimos anos. Quem sabe ficar na frente dos Bengals na AFC North? Não é nada impossível.

Previsão: 3º da AFC North

Comentários