Com três TDs de AJ Green, Bengals batem os Ravens e lideram a AFC North

Quem diria que o Cincinnati Bengals estaria liderando a AFC North de forma isolada após o fim da semana 2? Essa é a realidade do momento! Após um começo arrasador de 21 a 0, o Cincinnati Bengals conseguiu brecar a reação do rival Baltimore Ravens no segundo tempo e venceu o Thursday Night Football por 34 a 23 na noite desta quinta-feira (13) no Paul Brown Stadium, em Ohio. Essa NFL é mesmo cheia de surpresas!

do lado vencedor, destaque para a conhecida dupla Andy Dalton e AJ Green: o feroz wide receiver agarrou três dos quatro passes para touchdown do camisa 14. Curiosamente, os Ravens tiveram mais first downs e jardas totais (425 a 373), mas os três turnovers colocaram tudo a perder: duas interceptações e um fumble de Joe Flacco. Não tem como vencer nessa liga com um saldo de -3 nas roubadas de bola. Festa em Cincinnati!

 

Cincinnati começa arrasador, mas Baltimore reage

A promessa de um jogo extremamente equilibrado foi para o espaço já nos primeiros minutos do primeiro quarto – o Cincinnati Bengals começou igual a um rolo compressor para cima do rival! Quando os Ravens piscaram, já estava 14 a 0. A defesa interceptou Joe Flacco e, em ótima posição de campo, Andy Dalton capitalizou o turnover com um lindo passe para touchdown de AJ Green. Com todo o momento a favor, a dupla voltou a se encontrar com a end zone minutos depois: conexão de 32 jardas e mais um touchdown na conta.

Acha que acabou? Nada disso, o atropelo seguiu pelo segundo quarto: a defesa dos Bengals dominava nas trincheiras e e o ataque explorava muito bem a ausência de CJ Mosley – que deixou o campo contundido. Não demorou para Dalton lançar o seu terceiro touchdown na noite… Adivinhe quem recebeu? Ele mesmo: AJ Green! Terceiro touchdown dele na noite! 21 a o Bengals no Paul Brown Stadium.

Quando tudo se encaminhava para uma surra gigantesca em Ohio, eis que o Baltimore Ravens finalmente resolveu entrar em campo. O ataque teve bom tempo de posse e, aos trancos e barrancos, foi avançando até um mergulho de Javorius Allen para a end zone. Minutos depois veio mais uma ducha de água fria para os Ravens: Andy Dalton continuou preciso e lançou o seu quarto TD da noite – dessa vez para Tyler Boyd.

Sem se entregar, Baltimore teve uma outra boa campanha nos últimos minutos e foi buscar mais um touchdown no estouro do cronômetro – em passe de Joe Flacco para o calouro Mark Andrews. No fim das contas, os Bengals foram para os vestiários vencendo por 28 a 14 – a maior quantidade de pontos no 1º tempo da franquia desde um duelo contra os Vikings em 2013.

Ravens encostam no placar, mas turnovers atrapalham

O jogo caiu bastante de intensidade no terceiro período – muito pela questão física desses jogos insanos às quintas-feiras. Ao todo, foram apenas oito first downs nos quinze minutos somando as duas equipes! Os Ravens até esboçavam uma reação, mas não conseguiam manter a bola no ataque. A única pontuação do quarto foi um field goal de 55 jardas do cavalo Justin Tucker – diminuindo a vantagem para 11 pontos.

Baltimore foi para o tudo ou nada e encostou de vez no início do último quarto: bom drive de 12 jogadas liderado por Flacco finalizado com uma conexão de 21 jardas para o touchdown de John Brown. 28 a 23 Bengals.

Início de uma virada épica? Nada disso. Longe de ser brilhante, os Bengals fizeram o suficiente para manter a vantagem no placar: Andy Dalton fez o básico e posicionou Randy Bullock para dois field goals que garantiram a vitória – o último deles se aproveitando de um fumble forçado em Joe Flacco. Quem diria que os Bengals liderariam a AFC North de forma isolada no fim da semana 2? Surpreendente!

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no dia 23 de setembro às 14h: enquanto os Ravens recebem o Denver Broncos de Von Miller e comanhia, os Bengals viajam até Charlotte para encarar o Carolina Panthers.

Comentários